Mercado

Setor de Rochas: Missão Comercial do Brasil no México soma 1 milhão de dólares em negócios imediatos

O setor de rochas ornamentais brasileiro viveu um marco em sua trajetória nos dias 09 e 10 de agosto, quando 12 empresas participaram de uma missão comercial no México e somaram 1 milhão de dólares em negócios imediatos e 3 milhões de dólares de expectativa em negócios nos 12 meses futuros durante os encontros realizados por meio do It’s Natural – Brazilian Natural Stone, programa de incentivo às exportações de rochas ornamentais brasileiras.

Iniciativa inédita no segmento, a ação foi promovida pelo Centro Brasileiro dos Exportadores de Rochas Ornamentais (Centrorochas) e pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil), e contemplou também a realização de um seminário na embaixada do Brasil no país. Os empresários foram recebidos pelo Ministro Luciano da Costa Pereira de Souza que, representando o Embaixador do Brasil no México, Fernando Estellita Lins de Salvo Coimbra, colocou a casa à disposição do setor de rochas brasileiro. O chefe do setor comercial (Secom), Pedro Luiz do Nascimento Filho, detalhou como a embaixada pode auxiliar as empresas brasileiras. O encontro foi encerrado com a apresentação do economista Alejando Olvera Moya que traçou o panorama econômico do país e as perspectivas futuras.

A rodada de negócio contou com mais de 130 reuniões e o modelo agradou as empresas brasileiras presentes na ação. Primeira vez participando de forma direta de um evento no exterior, a empresária Cristiani Minet, da Minete Pedras, aprovou a ação e já garantiu interesse para as próximas oportunidades.

O executivo de vendas da Granos Granitos, Lucas Mesquita, disse que está “ansioso para as próximas rodadas de negócios que virão!”. A compradora mexicana Gina Ponzanelli, da Ponzanelli Marmoles, saiu satisfeita com o resultado “O evento foi excelente, muito bem-organizado, tive a oportunidade de fazer vários contatos”, completou.

Heterogêneo, o grupo contou com empresas de grande e médio porte de estados brasileiros como Ceará, Espírito Santo e Rio Grande do Sul. São elas: Angramar, Basalto São Cristóvão, Brumagran, Cajugram, Comil Cotaxé, Decolores, Granos, Magban, Marbrasa, Mineração Borchardt, Minete Pedras e Nova Aurora.

Estudo de Mercado

O México foi tema de estudo de mercado realizado pelo Centrorochas e pela ApexBrasil. O acesso ao documento completo com o Estudo do México é exclusivo para as empresas apoiadas pelo It’s Natural – Brazilian Natural Stone. A solicitação deve ser feita por meio do e-mail centro@centrorochas.org.br. As empresas que ainda não são apoiadas pelo projeto setorial, podem solicitar sua adesão gratuita. Além de acesso a todas as oportunidades do programa, já na conclusão do processo de adesão, poderá receber o Estudo do México na íntegra! A trilha de inscrição é 100% online, basta preencher o link e a equipe do It’s Natural entrará em contato para finalização do pedido: https://podio.com/webforms/26378838/1995038

Confira mais Notícias

Seu dinheiro

Transações via DOC e TEC deixam de existir

Ideia Brasileira

Taxar super-ricos já tem apoio de alguns países europeus, diz Durigan

Medida Provisória

Lula revoga reoneração de 17 setores da economia

Negócios

Espírito Santo receberá R$ 100 milhões em investimentos na distribuição de gás natural

Mundo Agro

Primeira fábrica de azeite para uso coletivo na produção é inaugurada no Espírito Santo

Setor Elétrico

EDP anuncia mais de R$ 910 milhões em investimentos no Espírito Santo em 2024

Dívidas

Mais de 27,2 mil pessoas renegociam na Faixa 1 do Desenrola no Espírito Santo

Dívidas

Cerca de 8 milhões de empresas poderão usar o Desenrola, diz ministro