Em destaque

Presidente da Findes vai compor nova diretoria eleita da CNI

O empresário Ricardo Alban foi eleito nesta quarta-feira (3) para um mandato de quatro anos à frente da Confederação Nacional da Indústria (CNI). Atual presidente da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb), ele vai assumir a Presidência da CNI no dia 31 de outubro, quando se encerra o mandato do atual presidente, Robson Braga de Andrade. A chapa de Alban foi eleita por unanimidade e é composta por cinco vice-presidentes executivos e três diretores financeiros, sendo a presidente da Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes), Cris Samorini, a 1ª diretora financeira.

Os cinco eleitos para os cargos de vice-presidente executivo, na eleição realizada na sede da CNI, em Brasília, representam as indústrias de cada uma das regiões do país. São eles: Josué Gomes da Silva, presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp); Ricardo Cavalcante, presidente da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec); Jamal Bittar, presidente da Federação das Indústrias do Distrito Federal (Fibra); Antonio Carlos Silva, presidente da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fiem); e Gilberto Petry, presidente da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Fiergs).

Já os três diretores financeiros são: Cris Samorini (Findes – 1ª diretora financeira), Eduardo Prado de Oliveira (Fies – 2º diretor financeiro) e Francisco de Assis Benevides Gadelha (Fiepb – 3º diretor financeiro). Também representando o Espírito Santo, faz parte da chapa eleita, como vice-presidente da CNI, o presidente ermérito da Findes, Léo de Castro.

“Para mim é uma honra fazer parte desta nova gestão na diretoria executiva, que tem grande relevância nas federações. Sinto que em pouco tempo participando das agendas da Confederação, consegui ganhar a confiança junto aos industriais, e vai ser muito importante participar das agendas, estar próxima ao presidente nas análises estratégicas e decisórias, trabalhar com algo que é transformador para o Brasil, que é setor industrial. Quero estar na CNI para criar oportunidades de desenvolver o Espírito Santo e o Brasil”, afirma Cris Samorini, presidente da Findes e 1ª Diretora Financeira (eleita) da CNI.

Conheça os membros da Diretoria e do Conselho Fiscal 2023-2027

Diretoria:

Presidente

Antonio Ricardo Alvarez Alban

Vice-presidentes executivos

Josué Christiano Gomes da Silva

José Ricardo Montenegro Cavalcante

Jamal Jorge Bittar

Antonio Carlos da Silva

Gilberto Porcello Petry

Vice-presidentes

Eduardo Eugenio Gouvea Vieira

Mario Cezar de Aguiar

Carlos Valter Martins Pedro

Ricardo Essinger

Flavio Roscoe Nogueira

Silvio Cezar Pereira Rangel

Amaro Sales de Araújo

Marcelo Thomé da Silva de Almeida

José Carlos Lyra de Andrade

Sergio Marcolino Longen

José Conrado Azevedo Santos

Léo de Castro

1ª Diretora Financeira

Cris Samorini (Findes)

2º Diretor Financeiro

Eduardo Prado de Oliveira

3º Diretor Financeiro

Francisco de Assis Benevides Gadelha

1º Diretor Secretário

Sandro da Mabel Antonio Scodro

2º Diretor Secretário

Edilson Baldez das Neves

3º Diretor Secretário

Roberto Magno Martins Pires

Diretores

Antonio Jose de Moraes Souza Filho

Izabel Cristina Ferreira Itikawa

José Adriano Ribeiro da Silva

Luiz Cesio de Souza Caetano Alves

Jorge Alberto Vieira Studart Gomes

Roberto Pinto Serquiz Elias

José Henrique Nunes Barreto

Paulo Afonso Ferreira

Gilberto Ribeiro

Jandir Jose Milan

Gilberto Seleme

Alessandro Jose Rios De Carvalho

Jorge Wicks Corte Real

Alexandre Herculano Coelho de Souza Furlan

Edson Luiz Campagnolo

Conselho fiscal

Titulares

Hilton Morais Lima

Fernando Cirino Gurgel

José da Silva Nogueira Filho

Suplentes

Clerlanio Fernandes de Holanda

Francisco de Sales AlencarEdmilson Matos Cândido

Confira mais Notícias

Seu dinheiro

Transações via DOC e TEC deixam de existir

Ideia Brasileira

Taxar super-ricos já tem apoio de alguns países europeus, diz Durigan

Medida Provisória

Lula revoga reoneração de 17 setores da economia

Negócios

Espírito Santo receberá R$ 100 milhões em investimentos na distribuição de gás natural

Mundo Agro

Primeira fábrica de azeite para uso coletivo na produção é inaugurada no Espírito Santo

Setor Elétrico

EDP anuncia mais de R$ 910 milhões em investimentos no Espírito Santo em 2024

Dívidas

Mais de 27,2 mil pessoas renegociam na Faixa 1 do Desenrola no Espírito Santo

Dívidas

Cerca de 8 milhões de empresas poderão usar o Desenrola, diz ministro