Morre ex-senador Sérgio Rogerio de Castro da Findes; Casagrande decreta luto oficial de três dias

No dia em que se celebra a Indústria (31/10), com a posse da nova diretoria da Confederação Nacional da Indústria (CNI), recebe-se a triste notícia do falecimento do empresário e ex-senador, presidente emérito da Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes), Sergio Rogerio de Castro. ​O governador Renato Casagrande lamentou a morte e decretou luto oficial de três dias no Espírito Santo.

​A Federação manifesta profundo pesar, sentimento e admiração por um grande defensor da Indústria, que nos deixou aos 81 anos de idade. Esse mineiro, nascido em Muriaé, em 09 de agosto de 1942, inspirou gerações com o seu trabalho e dedicação ao associativismo.​

“Nosso querido Dr. Sergio, como carinhosamente o chamávamos, é responsável pela instalação da primeira indústria no bairro Civit I, na Serra: a Fibrasa – empresa familiar que atua há mais de 50 anos no Estado fabricando embalagens”, disse Cris Samorini, presidente da Findes. ​

Ele esteve à frente da Findes de 1989 a 1992, com uma administração voltada à modernidade. Promoveu a atuação de uma Diretoria mais presente das decisões do Sistema Indústria e deu início à integração das entidades Sesi, Senai, IEL, Ideies e Cindes. Implantou novos Conselhos Temáticos, iniciativa criada por Helcio Rezende, mas por sua sugestão. Fez planejamento estratégico, lançou o Programa Capixaba de Qualidade e Produtividade, avançou na relação com a universidade visando o desenvolvimento tecnológico e a inovação, e lançou o Guia de Fontes de Informações em Tecnologia de Controle Ambiental.​

Dr. Sergio também foi representante da Findes na Confederação Nacional das Indústrias (CNI). E, em 29 de julho de 1995, três anos após o fim do seu mandato, foi homenageado com a Medalha do Mérito Industrial da Findes. Essa honraria é destinada aos industriais que se destacaram na promoção e no fortalecimento do associativismo patronal da indústria capixaba. ​

Ele fez história e escola no Espírito Santo e no Brasil. Foi um dos grandes nomes do associativismo no país e idealizador de um dos projetos que temos muito carinho e admiração na Findes: a Escola de Associativismo, que nasceu em 2015 com o principal objetivo difundir o associativismo de alto nível. ​

“Obrigada, presidente Sergio… por tudo que representou para minha caminhada até aqui. Você sempre me inspirou imensamente e continuará me inspirando”, disse Cris Samorini, Presidente da Findes.

Confira mais Notícias

Eleições 2024

Diego Libardi anuncia Rafaela Donadeli como vice

Serviço de Inteligência

Polícia Federal tem áudio de conversa entre Bolsonaro e Ramagem no caso Abin

Parlamentares

Câmara aprova PEC que perdoa multas e cotas raciais de partidos

Aliados de Bolsonaro montaram operação para resgatar joias desviadas

Ex-presidente

Defesa diz que Bolsonaro não tinha ingerência sobre joias recebidas

Polícia Federal

PF liga Bolsonaro a esquema para desviar mais de R$ 6,8 milhões

Eleições

Eleições municipais: restrições entram em vigor a partir deste sábado

Nova Casa

Marcelo Santos aceita convite e se filia ao União Brasil