COM 27 VOTOS

Marcelo Santos é o novo presidente da Assembleia Legislativa do Espírito Santo

O deputado Marcelo Santos (Podemos) é o novo presidente da Assembleia Legislativa (Ales). A chapa conduzida por ele recebeu 27 votos a favor na sessão preparatória realizada na tarde desta quarta-feira (1º). Ele vai comandar a Casa do Povo pelo biênio que se inicia hoje e vai até 31 de janeiro de 2025.

A sessão foi presidida pelo decano da Ales, o deputado Theodorico Ferraço (PP), 85 anos. Ele convidou os deputados Lucas Polese (PL) e Hudson Leal (Republicanos) para atuarem como 1º e 2º secretários, respectivamente. Contrariando as expectativas, apenas uma chapa foi protocolada. A votação foi aberta e nominal.

Fotos da sessão preparatória para eleição da Mesa Diretora

Por estar se recuperando de uma cirurgia, o deputado Sergio Meneguelli (Republicanos) abriu a votação. Em seguida, o processo foi feito de forma alfabética. A deputada Camila Valadão (Psol) e o deputado Polese (PL) foram os únicos a votar contra a chapa. Presidindo a sessão, Ferraço (PP) se absteve de votar.

Os demais integrantes da chapa são: 1° secretário João Coser (PT), 2ª secretária Janete de Sá (PSB), 1° vice-presidente Hudson Leal (Republicanos), 2° vice-presidente Delegado Danilo Bahiense (PL), 3° secretário Sergio Meneguelli (Republicanos) e 4° secretário Adilson Espindula (PDT).

Discurso de posse

Após a votação, Ferraço passou a presidência para Marcelo, que deu posse aos demais integrantes da nova Mesa Diretora. Em seu primeiro discurso como presidente, Marcelo Santos destacou a união dos parlamentares, que acabou culminando na eleição dele. Prometeu trabalhar para dar igualdade de condições para todos os deputados e atuar sempre em prol da população capixaba.

Ele começou citando uma frase de Tancredo Neves, político mineiro já falecido que ocupou diversos cargos em sua carreira política: “Fico mais feliz quando consigo um acordo entre partes contrárias do que quando venço um adversário nas urnas.” 

“Meu compromisso, como presidente desta Casa, é garantir uma Assembleia harmônica, participativa, acompanhando a tendência do mundo moderno, coesa e sempre voltada para os interesses do Estado e da nossa gente”, afirmou. O novo presidente deixou claro que vai trabalhar em conjunto com o governador Renato Casagrande (PSB) e que vai garantir que todos os deputados possam exercer os respectivos mandatos de forma constitucional.

Marcelo ressaltou o papel da Assembleia para destravar obras importantes para o Espírito Santo, como as BRs-447, 262 e 101. Além disso, lembrou que é o Poder Legislativo quem analisa o Orçamento anual do Estado. “É esse Orçamento que dita onde serão aplicados os recursos do Tesouro, que este ano superam a casa dos R$ 23 bilhões”, enfatizou.  

Recordou, ainda, que assumiu o primeiro mandato na Casa em 2003 e, naquela época, o Espírito Santo tinha pouca ou nenhuma capacidade de investimento, vivia nas páginas policiais e que o trabalho de reconstrução foi feito ao longo desses 20 anos. Ele salientou que o panorama atual é totalmente diferente, com o Estado mantendo há alguns anos a nota A do Tesouro Nacional, o que possibilita capacidade de investimento e endividamento.

Também citou algumas das ações que ajudou a realizar na Ales nos últimos seis anos, exercendo o papel de vice-presidente. Entre eles, o Posto de Identificação, a Delegacia do Consumidor, a Procuradoria Especial da Mulher e o Procon Ales. Todos voltados para o atendimento da sociedade capixaba. Ele ainda mencionou o trabalho de modernização do Legislativo estadual, com a implantação do Ales Digital, a Alesinha (ferramenta de inteligência artificial) e o Revisa Ales (revisão de leis estaduais). De acordo com o novo presidente, essas ações possibilitaram uma economia de R$ 12 milhões para os cofres públicos. 

Por fim, Marcelo lamentou o clima de divisão que vive o país e disse que é preciso superar esse período para nos tornarmos uma nação “coesa, soberana e consciente do seu potencial”. “Há o Espírito Santo. Um só Espírito Santo, onde todos buscam o mesmo objetivo: a segurança e a felicidade das famílias, o desenvolvimento do Estado e um futuro de paz e prosperidade para todo o Brasil”, concluiu.

Confira a chapa completa:

Presidente: Marcelo Santos (Podemos)
1° secretário: João Coser (PT)
2ª secretária: Janete de Sá (PSB)
1° vice-presidente: Hudson Leal (Republicanos)
2° vice-presidente: Delegado Danilo Bahiense (PL)
3° secretário: Sergio Meneguelli (Republicanos)
4° secretário: Adilson Espindula (PDT)

Confira mais Notícias

Notícia triste

Luto: Morre o ex-prefeito de Cachoeiro, Roberto Valadão

Justiça Eleitoral

TSE nega recursos do PL e do PT e rejeita cassação de mandato de Sergio Moro

Reunião é nesta terça

Aliados de Casagrande começam a definir rumo em Vitória

Comissão de Constituição e Justiça

CCJ debate nesta semana a liberação de jogos de azar, apostas e jogo do bicho, veja detalhes

Gilson Daniel

Relator da PEC das catástrofes naturais diz que vai analisar texto no menor tempo possível

Justiça Eleitoral

Ministro do STF André Mendonça é eleito para o TSE

Agenda Internacional

Governador do Espírito Santo faz visita técnica ao Departamento de Polícia de Nova Iorque

R$ 250 milhões

Veja os principais momentos da Audiência Pública que discutiu o empréstimo da Prefeitura de Cachoeiro