Nesta segunda-feira (17)

Governo do Estado inicia remoção das cabines da Terceira Ponte

O Governo do Estado inicia nesta segunda-feira (17) o processo de remoção das cabines da antiga praça de pedágio da Terceira Ponte. O anúncio foi feito pelo governador Renato Casagrande, por meio das redes sociais.

Após o encerramento do contrato com a antiga concessionária, em dezembro do ano passado, a gestão das vias (Terceira Ponte e Rodovia do Sol/ES-060) passou a ser de responsabilidade exclusiva do Estado, por meio da Companhia Estadual de Transportes Coletivos de Passageiros do Estado do Espírito Santo (Ceturb-ES).

“Vamos iniciar a semana com essa notícia maravilhosa. Para não restar qualquer dúvida sobre o fim da cobrança de pedágio. A retirada das cabines começará pela Terceira Ponte e daqui a alguns dias também serão removidas na Rodovia do Sol, em Guarapari. Esse é mais um passo desde que assumimos o contrato de gestão. Vamos seguir prestando todos os serviços necessários e sem cobrar nada a mais da população”, disse o governador.

O secretário de Estado de Mobilidade e Infraestrutura, Fábio Damasceno, reforçou que a remoção será realizada por trechos, minimizando impactos no trânsito .”A remoção das cabines faz parte de um projeto mais amplo de reorganização viária da área, conduzido pela Secretaria. Além das obras em Vitória, o mesmo serviço será realizado na antiga praça de pedágio na Rodovia do Sol”, completou.

Confira mais Notícias

Eleições 2024

Diego Libardi anuncia Rafaela Donadeli como vice

Serviço de Inteligência

Polícia Federal tem áudio de conversa entre Bolsonaro e Ramagem no caso Abin

Parlamentares

Câmara aprova PEC que perdoa multas e cotas raciais de partidos

Aliados de Bolsonaro montaram operação para resgatar joias desviadas

Ex-presidente

Defesa diz que Bolsonaro não tinha ingerência sobre joias recebidas

Polícia Federal

PF liga Bolsonaro a esquema para desviar mais de R$ 6,8 milhões

Eleições

Eleições municipais: restrições entram em vigor a partir deste sábado

Nova Casa

Marcelo Santos aceita convite e se filia ao União Brasil