Publicada nesta terça-feira (6)

Governo aumenta limite de isenção do IR em 2 salários mínimos

O governo federal anunciou, na noite desta terça-feira (6), o aumento na faixa de isenção do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) para dois salários mínimos. É o segundo aumento na isenção desde o início deste governo.

O teto de isenção, que estava congelado em R$ 1.903,98 desde 2015, subiu em maio de 2023 para R$ 2.640,00 e agora vai para R$ 2.824,00. “A falta de atualização da tabela, ao longo de tantos anos, fez com que os brasileiros pagassem cada vez mais Imposto de Renda, retirando dinheiro das famílias”, afirmou o Ministério da Fazenda.

Conforme explicou a pasta, o contribuinte com rendimentos de até R$ 2.824,00 mensais será beneficiado com a isenção porque, dessa renda, subtrai-se o desconto simplificado, de R$ 564,80, resultando em uma base cálculo mensal de R$ 2.259,20, ou seja, exatamente o limite máximo da faixa de alíquota zero da nova tabela.

A Medida Provisória nº 1.206/24, com a alteração, foi encaminhada ao Congresso Nacional nesta terça-feira. A MP, no entanto, já está publicada no Diário Oficial e, portanto, já está valendo. No entanto, precisa ser ratificada pelo Congresso Nacional em até 120 dias.

Foto: Joédson Alves

Fonte: Agência Brasil

Confira mais Notícias

Dinheiro

Varejo cresce 1% em fevereiro e atinge patamar recorde, diz IBGE

Renda de até R$ 2.640

Caixa começa a oferecer financiamentos com FGTS Futuro em abril

Banco Central comunica vazamento de dados de 87 mil chaves Pix

Seu dinheiro

Copom reduz juros básicos da economia para 10,75% ao ano

Brasil

Banco Central comunica vazamento de dados cadastrais de 46 mil chaves Pix

Números do Caged

Espírito Santo tem saldo de 3,6 mil empregos com carteira assinada em janeiro de 2024

Seu bolso

Boletos pagos até 13h30 poderão ser compensados no mesmo dia

Após 11 anos

União assina acordo para pagar R$ 1 bi em royalties ao Espírito Santo