Fundo Monetário

FMI prevê crescimento de 2,1% da economia brasileira neste ano


O Fundo Monetário Internacional (FMI) destacou, no relatório regular de supervisão da economia brasileira (2023 Article IV Consultation), a “ambiciosa agenda de crescimento inclusivo e sustentável” proposta pelo novo governo brasileiro. O FMI prevê crescimento de 2,1% neste ano e de 1,2% em 2024 no Brasil, convergindo ao longo dos anos seguintes para o potencial da economia brasileira no médio prazo, em torno de 2%. 

O relatório foi divulgado pelo FMI nesta segunda-feira (31). De acordo com o Artigo IV do Acordo Constitutivo do FMI, todos os 190 países-membros devem submeter-se regularmente a essa avaliação.

Segundo o Ministério da Fazenda, as estimativas do FMI são consideradas conservadoras pelo governo brasileiro e estão abaixo da mediana das estimativas de mercado. O FMI nota ainda que a inflação segue em uma forte trajetória de queda, embora o núcleo e as expectativas mostrem maior resistência.

O FMI ressalta que o Brasil precisará enfrentar desafios econômicos de curto e longo prazos para cumprir a agenda proposta pelo governo. Entre os desafios mencionados estão o crescimento potencial relativamente baixo, a inflação, o endividamento das famílias e a falta de espaço fiscal para gastos prioritários, incluindo investimentos públicos, além de riscos associados a mudanças climáticas.

A reforma tributária, o novo arcabouço fiscal, o fortalecimento de mecanismos de resolução de disputas tributárias e o Programa Desenrola do governo federal são mencionados de forma positiva no relatório.

Confira mais Notícias

Investimentos

Siderúrgicas anunciam R$ 100,2 bi em investimentos no Brasil até 2028

Agro

Espírito Santo é o maior produtor e exportador de mamão do Brasil

Tragedia Ambiental

ES e MG pedem à Samarco, Vale e BHP Billiton R$ 100 bi por rompimento da barragem de Fundão

Dinheiro

Com projeção de alta de 3,1% em 2024, economia capixaba é destaque internacional nesta segunda

Dinheiro

Políticos e entidades criticam corte de 0,25 ponto da Selic

Oportunidade

Feirão Zera Dívida Banestes renegocia débitos em mais 11 agências

Números capixaba

Espírito Santo registrou em 2023 menor taxa de desocupação da série histórica

Seu dinheiro

INSS começa a pagar 13º antecipado a quem recebe acima do mínimo