Desenvolvimento ES

Espírito Santo vai receber 15 mil carros elétricos e híbridos até dezembro

O Estado do Espírito Santo é porta de entrada para o desembarque de carros elétricos e híbridos no País. Um dos navios mais modernos do mundo e de menor capacidade de emissão de carbono, o MV Green Kemi, vindo do porto de Taicang, leste da China, atracou na terça-feira (29), no Terminal Portuário de Vila Velha (TVV), trazendo 2.800 automóveis híbridos e elétricos das montadoras chinesas GWM (Great Wall Motors) e BYD (Build Your Dreams).

A vocação do Estado para o comércio exterior, suas vantagens competitivas e o ambiente econômico têm atraído para o Espírito Santo grupos empresarias de vários segmentos e, entre eles, o automotivo. No mês de julho, o vice-governador e secretário de Estado de Desenvolvimento, Ricardo Ferraço, se reuniu com o CEO da BYD, Tyler Li. A empresa é a maior do mundo na produção de veículos elétricos e híbridos. Na ocasião, a empresa reafirmou o interesse pelo complexo portuário capixaba, não apenas para a logística de abastecimento do mercado nacional, mas para futuramente iniciar a operação de exportação.

Recentemente, o governador do Estado, Renato Casagrande, e o vice-governador e secretário de Estado de Desenvolvimento, Ricardo Ferraço, receberam no Palácio Anchieta o CEO Américas da GWM, James Yang, e o diretor de Assuntos Institucionais da empresa, Ricardo Bastos. A empresa chinesa sinalizou interesse pelos benefícios tributários regionais e pela possibilidade de utilização do Porto de Vitória para futura exportação dos automóveis da GWM. Atualmente, 100% dos veículos comercializados pela montadora chinesa no País são importados pelo Espírito Santo.

Com relação à operação de desembarque China x Vila Velha, a previsão é de que, até o mês de dezembro, o Estado receba 15 mil carros, de acordo com a empresa de transporte marítimo Cosco Shipping. No início desta semana, Ricardo Ferraço e o prefeito de Vila Velha, Arnaldinho Borgo, acompanharam a inauguração da atividade.

“Estamos inaugurando uma conexão direta entre a China e o Porto de Vila Velha. Esta é uma operação inovadora. O navio é moderno, o transporte é todo feito em hacks, que foram desenvolvidos especificamente para essa rota e que está trazendo desenvolvimento e prosperidade para o Espírito Santo e para Vila Velha. O navio retorna levando celulose e blocos de mármore e granito que são produzidos aqui. A atividade portuária no comércio exterior são alavancas fundamentais e estratégicas para o desenvolvimento do nosso Espírito Santo. Por isso, saudamos mais este passo dado, essa inovação que vai acelerar ainda mais o comércio exterior do nosso Estado”, pontuou Ricardo Ferraço.

Ferraço complementou dizendo que o Estado conta agora com uma Zona de Processamento de Exportação (ZPE), uma área de livre comércio com o exterior, em que a gestão é da iniciativa privada e oferece benefícios fiscais específicos do regime. “Esse é mais um atrativo que deve aquecer a economia capixaba, atraindo cada vez mais grandes grupos empresariais e gerando demanda por mão de obra regional”, salientou Ferraço.

O prefeito de Vila Velha, Arnaldinho Borgo, disse que o momento foi histórico para a cidade. “O Governo do Estado tem trabalhado com o município para trazer desenvolvimento econômico e é desse jeito que a gente quer aumentar o número de empregos e aumentar a arrecadação para ampliar os investimentos que melhore a vida das pessoas”, disse o prefeito.  

Os veículos elétricos e híbridos que chegaram no Estado vão abastecer os mercados capixaba e de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador e Brasília.

Confira mais Notícias

PIB

Economia brasileira cresce 2,9% em 2023

Números do Brasil

Mais de 650 mil empresas aderem ao Simples em 2024

Seu dinheiro

Transações via DOC e TEC deixam de existir

Ideia Brasileira

Taxar super-ricos já tem apoio de alguns países europeus, diz Durigan

Medida Provisória

Lula revoga reoneração de 17 setores da economia

Negócios

Espírito Santo receberá R$ 100 milhões em investimentos na distribuição de gás natural

Mundo Agro

Primeira fábrica de azeite para uso coletivo na produção é inaugurada no Espírito Santo

Setor Elétrico

EDP anuncia mais de R$ 910 milhões em investimentos no Espírito Santo em 2024