Números do Caged

Espírito Santo tem saldo de 3,6 mil empregos com carteira assinada em janeiro de 2024

O Espírito Santo registrou em janeiro de 2024 o saldo positivo de 3.616 vagas com carteira assinada, resultado de 43.899 admissões e de 40.283 demissões. Os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged) foram divulgados nesta sexta-feira, 15 de março, pelo Ministério do Trabalho e Emprego. No estado, o resultado foi positivo em quatro dos cinco grandes setores avaliados.
 

O principal destaque capixaba foi a área de Serviços, que terminou o mês com um saldo de 2 mil vagas. A construção teve saldo positivo de 1,19 mil. Na sequência aparecem a indústria (+893) e a agropecuária (+48). O único setor que registrou saldo negativo em janeiro de 2024 no estado foi o comércio, com -560 vagas.
 

Na divisão por municípios, Vila Velha reuniu o maior saldo do período. Foram 1.001 novas vagas com carteira assinada, o que levou o estoque na cidade a um total de 112 mil pessoas formalizadas. Na sequência dos cinco municípios com maior saldo em janeiro de 2024 aparecem Vitória (618), Serra (563), Aracruz (340) e Linhares (275).


NACIONAL — O Brasil abriu 2024 com o terceiro melhor janeiro na geração de empregos formais da série histórica iniciada em 2002. O saldo positivo foi de 180.395 vagas com carteira assinada, resultado de 2.067.817 admissões e 1.887.422 desligamentos.
 

O resultado é 100% maior do que os 90 mil criados em janeiro de 2023. O saldo do mês só é inferior ao registrado em janeiro de 2021, na retomada da economia após o período mais crítico da pandemia de Covid-19, e praticamente empata com janeiro de 2010, quando houve saldo de 181,4 mil postos. O estoque, ou seja, o número total de pessoas trabalhando com carteira assinada no Brasil, chegou a 45,6 milhões.
 

O saldo de janeiro ficou positivo em 25 das 27 Unidades da Federação e em quatro dos cinco grandes grupamentos de atividades econômicas. O maior crescimento ocorreu no setor de Serviços, com saldo de 80.587 postos (+0,4%) e destaque para Informação, comunicação e atividades financeiras, imobiliárias, profissionais e administrativas, que apresentou saldo de 47.352 empregos no mês.
 

O segundo setor com maior geração de empregos com carteira assinada em janeiro foi a Indústria, com 67.029 (+0,8%), seguido da Construção Civil, 49.091 (+1,8%), e da Agropecuária, que gerou 21.900 postos (+1,2%). O Comércio foi o único setor com resultado negativo em janeiro, com perda de 38.212 empregos (-0,4%).
 

ESTADOS — Entre as Unidades da Federação, os maiores saldos ocorreram em São Paulo, com geração de 38.499 postos de saldo em janeiro de 2024, seguido por Santa Catarina, que gerou 26.210 vagas com carteira assinada, e pelo Rio Grande do Sul (20.810).
 

SALÁRIOS — O salário médio real de admissão no país foi de R$ 2.118,33 no mês, com um aumento de R$ 69,24 em comparação com o valor de dezembro de 2023 (R$ 2.049,09). Em comparação com janeiro de 2023, o ganho real foi de R$ 17,17 (0,82%).

Confira mais Notícias

Números do ES

Recorde nas exportações do agro capixaba no 1º quadrimestre de 2024

Investimentos

Siderúrgicas anunciam R$ 100,2 bi em investimentos no Brasil até 2028

Agro

Espírito Santo é o maior produtor e exportador de mamão do Brasil

Tragedia Ambiental

ES e MG pedem à Samarco, Vale e BHP Billiton R$ 100 bi por rompimento da barragem de Fundão

Dinheiro

Com projeção de alta de 3,1% em 2024, economia capixaba é destaque internacional nesta segunda

Dinheiro

Políticos e entidades criticam corte de 0,25 ponto da Selic

Oportunidade

Feirão Zera Dívida Banestes renegocia débitos em mais 11 agências

Números capixaba

Espírito Santo registrou em 2023 menor taxa de desocupação da série histórica