Ricardo Salles está na lista

Conselho de Ética abre processos contra sete deputados

O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar  da Câmara dos Deputados abriu nesta quarta-feira (30) processos contra sete deputados.

Os processos abertos vão apurar as condutas dos deputados Marcon (PT-RS), Glauber Braga (Psol-RJ), Abilio Brunini (PL-MT), André Fernandes (PL-CE), Ricardo Salles (PL-SP), Zucco (Republicanos-RS) e Sâmia Bomfim (Psol-SP). O presidente do Conselho de Ética, Leur Lomanto Júnior (União-BA), sorteou a lista tríplice para a escolha do relator de cada caso. 

O colegiado arquivou representação do PT contra o deputado José Medeiros (PL-MT), que havia sido acusado de intimidar a deputada Gleisi Hoffmann (PT-PR) durante sessão em comemoração ao Dia da Mulher.

Já o deputado Gabriel Mota (Republicanos-RR) apresentou parecer pelo arquivamento de representação do PP contra a deputada Juliana Cardoso (PT-SP). O partido a acusa de quebra de decoro por ter chamado de “assassinos” os parlamentares favoráveis à urgência para tramitação do projeto do marco temporal para demarcação de terras indígenas. Em defesa, Juliana Cardoso, que é indígena, disse que as deputadas têm sido alvo de violência de política de gênero. Foi pedido vista do processo por dois dias úteis.

Confira mais Notícias

Nesta segunda-feira (17)

Governo do Estado inicia remoção das cabines da Terceira Ponte

Desvio dos fundos partidário

Presidente do Solidariedade entrega-se à PF após três dias foragido

Eleições

Liderado por Ricardo Ferraço, MDB estadual realiza encontro com foco nas eleições municipais

Eleições

Diego Libardi lança sua pré-candidatura a prefeito de Cachoeiro dia 24

Governo Lula

Polícia Federal abre investigação sobre leilão de arroz

Eleições

Publicitário e marqueteiro político, Roberto Velasco anuncia solução digital para o processo eleitoral deste ano

Espírito Santo

Governo lança programa de capacitação profissional para juventudes, o EmpregaJUV

Na orla do Rio

Manifestantes protestam contra PEC das Praias