Mundo rural

Banestes anuncia R$ 1 bi em recursos para o Plano Safra 2023/24

O Banco do Estado do Espírito Santo (Banestes) anunciou, na manhã dessa segunda-feira (24), a abertura do Plano Safra 2023/2024, com disponibilidade de R$ 1 bilhão para financiamentos de Crédito Rural no Estado. Os recursos são destinados para produtores e cooperativas rurais fortalecerem as atividades agrícolas e de pecuária já consolidadas, além de incentivar novas culturas e criações, e estarão vigentes até o dia 30 de junho de 2024.

O anúncio aconteceu durante o evento de Lançamento do Plano de Crédito Rural para o Espírito Santo, promovido pelo Governo do Estado, no Palácio Anchieta.

O crédito estará disponível para financiar a compra de insumos, tratos de cultivo e demais custos para a manutenção da atividade agrícola ou pecuária, bem como a aquisição de máquinas, equipamentos e implementos agrícolas, aquisição de animais, renovação e implantação de lavouras, construção e reformas, eletrificação e, inclusive, a implantação de sistemas para a geração e distribuição de energia produzida a partir de fontes renováveis, além de equipamento e demais itens relacionados a sistemas de conectividade no campo, entre outros.

Para as linhas de custeio, as taxas partem de 3,00% ao ano. As linhas de investimento têm possibilidade de parcelamento em até oito anos, a depender da cultura explorada.

O Banestes espera alcançar excelentes resultados com a nova Safra, conforme cita o diretor de Negócios e Recuperação de Ativos, Carlos Artur Hauschild. “Encerramos a Safra do ano anterior, 22/23, com um crescimento de 100% em relação à Safra de 21/22. Com isso, temos uma excelente expectativa para esta nova Safra, tendo em vista o montante de recurso disponibilizado pelo Governo, as taxas anunciadas e a diversidade de linhas para atender à crescente demanda do setor. Reforço que estamos à disposição do produtor rural capixaba”, enfatizou.

Hauschild prosseguiu: “O crédito rural está presente no DNA do Banestes, que nasceu como o banco de crédito agrícola do Estado. Essa trajetória de quase 86 anos demonstra o olhar atento que o banco tem para o produtor rural capixaba e estamos presentes em todos os 78 municípios do Estado com pelo menos uma agência física por localidade. Essa proximidade com o cliente, por meio de um atendimento individualizado, é um grande diferencial do Banestes”.

As linhas de Crédito Rural oferecidas pelo Banestes têm condições especiais, com taxas reduzidas e subsidiadas, que proporcionam aos produtores de todos os portes o custeio da produção e o investimento na atividade produtiva, aumentando a produtividade e a competitividade.

Para o café, o Banestes oferece tanto linhas de custeio quanto de investimento, e também linha de capital de giro para as indústrias de café solúvel e torrefação. Com isso, o banco financias a produção e a industrialização do café, incluindo a compra de insumos, aquisição de tratores, implementos e demais equipamentos para uso na atividade.

Para solicitar recursos, o agricultor deverá entrar em contato com a agência Banestes de sua região. O profissional estará apto a orientá-lo na escolha da linha de crédito que melhor atende à finalidade desejada. É importante que o produtor rural observe, além da taxa de juros da operação, se o valor e o prazo são adequados para a finalidade desejada. Todas as informações serão fornecidas no momento do atendimento.

Saiba mais:

Linhas de Crédito Rural Banestes
(condições vigentes até 30/06/2024):

Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura (Pronaf)

  • Finalidade: custeio agrícola e pecuário 
  • A quem se destina: pequenos produtores e agricultores familiares enquadrados no Pronaf
  • Taxa de juros: de 3%a.a. a 6%a.a., dependendo da cultura

Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural (Pronamp)

  • Finalidade: custeio agrícola e pecuário
  • A quem se destina: produtores de médio porte enquadrados no Pronamp
  • Taxa de juros: 8%a.a.

Linha de Crédito Demais Produtores

  • Finalidade: custeio agrícola e pecuário 
  • A quem se destina: demais produtores rurais
  • Taxa de juros: 12%a.a.

Linha de Crédito de Investimento

  • Finalidade: investimento agrícola e pecuário
  • A quem se destina: produtores rurais, independente do porte do produtor
  • Prazo: até 8 anos, dependendo do bem financiado e/ou projeto técnico presentado
  • Taxa de juros: a partir de 10,5% a.a.

Funcafé – Crédito de Comercialização

  • Finalidade: conceder ao produtor rural e as suas cooperativas recursos financeiros em valor equivalente à quantidade de produto armazenado para possibilitar a venda futura em melhores condições de mercado
  • A quem se destina: cafeicultores e suas cooperativas de produção agropecuária
  • Taxa de juros: 11%a.a
  • Prazo: até 12 meses

Funcafé – Financiamento para Aquisição de Café (FAC)

  • Finalidade: financiar a aquisição de café
  • A quem se destina: A quem se destina: indústria torrefadora de café, indústrias de café solúvel, beneficiadores de café, exportadores e cooperativas de cafeicultores que exerçam as atividades de beneficiamento, torrefação ou exportação de café
  • Taxa de juros: 11%a.a
  • Prazo: até 12 meses

Funcafé – Crédito para Capital de Giro para Indústrias de Café Solúvel e de Torrefação de Café e para Cooperativa de Produção

  • Finalidade: Capital de Giro
  • A quem se destina: indústrias de café solúvel e de torrefação de café e cooperativas de produção
  • Taxa de juros: 11%a.a
  • Prazo: até 24 meses

Confira mais Notícias

Dívidas

ES teve mais de 92 mil contratos negociados na Faixa 1 do Desenrola por meio do site do programa

3 de junho

INSS paga segunda parcela do 13º a quem recebe acima do mínimo

Negócios

ESPÍRITO SANTO EXPORTOU 636 MIL SACAS DE CAFÉ EM ABRIL

Brasil

Nova presidente da Petrobras defende políticas de preços em vigor

Seu Dinheiro

INSS começa a pagar nesta sexta décimo terceiro antecipado

Números do ES

Recorde nas exportações do agro capixaba no 1º quadrimestre de 2024

Investimentos

Siderúrgicas anunciam R$ 100,2 bi em investimentos no Brasil até 2028

Agro

Espírito Santo é o maior produtor e exportador de mamão do Brasil