Macrodrenagem

Trecho da avenida Beira Rio com interdição total a partir de sábado (13), em Cachoeiro

A partir das 14h deste sábado (13), a avenida Beira Rio, Centro, será interditada para o tráfego de veículos, no trecho entre a ponte Carim Tanure e a rua Pedro Dias, devido a uma nova etapa das obras de macrodrenagem, que terá início na próxima segunda-feira (15).

Com previsão de durar 30 dias, o bloqueio é necessário para viabilizar o andamento dos serviços na região, que demandará o emprego de maquinário pesado e o deslocamento de trabalhadores nas imediações.

Para receber as galerias de concreto que serão assentadas no local, o trânsito, na região da Praça de Fátima, ao longo desta semana, está sendo convertido à meia-pista, em etapa que antecede o fechamento total de parte da via.

Para mitigar os efeitos no fluxo de veículo da cidade, a Secretaria Municipal de Segurança e Trânsito (Semseg) preparou uma série de intervenções temporárias, que envolverá a inversão de sentido em pontes e vias da região.

Para os condutores que seguirem pelas ruas Capitão Deslandes (popularmente, conhecida como “Rua dos Bancos”) e Rui Barbosa, a opção será seguir pela rua Costa Pereira e acessar a rua 25 de Março. Nesse ponto, será possível realizar o contorno pela Ponte Municipal Fernando de Abreu ou, mais adiante, pela ponte Carim Tanure, que terá seu sentido invertido para a margem contrária do Rio Itapemirim.

A seguir, os motoristas poderão virar à esquerda, pela rua Samuel Levi, também com sentido invertido, entre a avenida Pinheiro Junior e a ponte Juscelino Kubitschek – estrutura que terá mão única no sentido Centro -, conduzindo os veículos até a avenida Beira Rio, na altura da rua Joaquim Vieira, trecho que estará liberado para tráfego.

Em função da mudança de sentido da rua Samuel Levi e da ponte Carim Tanure, outras alterações provisórias serão implementadas na região, para permitir que os condutores acessem o Centro, sem dificuldades.

O segmento da avenida Dr. Ubaldo Caetano Gonçalves, situado entre o Tiro de Guerra e o antigo Detran, terá sua disposição viária ajustada para operar em sentido duplo, a fim de dar vazão ao fluxo de veículos provenientes das ruas Alziro Viana e João Mota, assim como da Ponte de Ferro. 

Esses veículos seguirão em direção à avenida Pinheiro Junior pela rua Eduardo Gomes (ladeira do Tiro de Guerra) que, por sua vez, também passará por uma inversão de sentido rumo à Ponte Municipal Fernando de Abreu.

“Trata-se de uma das últimas etapas dessa grande obra, que resolverá problemas históricos de alagamentos, melhorando a capacidade de drenagem em diversos pontos da cidade”, destaca Lorena Vasques, secretária municipal de Obras.

“Nossas equipes estão, sempre, atentas e preparadas para tomar ações que mitiguem os transtornos decorrentes de obras em vias públicas. Estaremos, durante todo o tempo de execução dos serviços, sinalizando e orientando os condutores nos trechos mais sensíveis e movimentados, para que as mudanças, temporárias, transcorram de maneira tranquila para viabilizar o andamento das obras de macrodrenagem”, destaca Athos Alves, secretário municipal de Segurança e Trânsito em exercício.

“Estamos entrando na reta final dessa importante obra, com mais de 80% dos serviços já concluídos. Sabemos que os transtornos são inevitáveis, mas os benefícios dessas intervenções serão logo sentidos, pelas gerações atuais e futuras, dando fim aos históricos problemas de alagamentos em Cachoeiro”, destaca Victor Coelho, prefeito de Cachoeiro.

Mudanças no transporte público

Em função das mudanças do trânsito, ocasionadas pela interdição de parte da avenida Beira Rio, o transporte coletivo do município também sofrerá alterações.

De acordo com a Agência Municipal de Regulação dos Serviços Públicos Delegados de Cachoeiro de itapemirim (Agersa), as linhas urbanas seguirão o seguinte trajeto em alternativa à Beira Rio: Rua Dona Joana, Rua Monte Castelo, Linha Vermelha, Rua Brahim Depes, Rua Bolívar de Abreu, Ilha da Luz, Rua Samuel Levy, trecho livre da avenida Beira Rio e, em seguida, partirão em direção aos seus respectivos destinos.

Já as linhas distritais sairão da Rodoviária, na avenida Francisco Lacerda de Aguiar, e seguirão seus itinerários pela avenida Aristides Campos. Desse modo, a Agersa recomenda que os moradores dos distritos se desloquem até o terminal rodoviário do município, para utilizar o transporte coletivo, uma vez que o trânsito dos ônibus distritais estará, temporariamente, suspenso em vias do Centro.

A Agersa explica que a diferenciação dos trajetos entre ônibus urbanos e distritais é necessária, uma vez que os veículos que viajam em direção ao interior são maiores, o que impossibilitaria seu tráfego em vias que servirão de alternativa à avenida Beira Rio, como a conexão entre as avenidas Monte Castelo e Ubaldo Caetano Gonçalves, em frente ao Fórum Municipal, que apresenta uma curva muito estreita.

Confira mais Notícias

Competição

Cachoeiro recebe 1º Torneio Interestadual de Muaythai neste fim de semana

Pós Chuva

Iema doa veículos para o município de Mimoso do Sul

Oportunidades

Cursos gratuitos de culinária estão com inscrições abertas em Cachoeiro

Confira

Concurso Cachoeiro: Edital nas áreas de saúde e educação divulga resultado das provas

Em Cachoeiro

Macrodrenagem: trecho da Linha Vermelha com interdição a partir de segunda (20)

Atenção!!

Idaf registra ocorrência de Encefalite Equina do Oeste (EEO), no município de Castelo

Localidade de Coutinho

Fiscalização coíbe transporte de mercadorias sem documentação em Cachoeiro

Cultura

Gravado em Burarama, filme “Marraia” tem pré-estreia nesta quarta (15) em Cachoeiro