Oportunidades

Sejus já selecionou empresa organizadora do concurso para policial penal com 600 vagas no ES

Foto: divulgação

A Secretaria da Justiça (Sejus) selecionou a empresa responsável pela organização do concurso público que prevê a abertura de 600 vagas para o cargo de policial penal, além da formação de cadastro de reserva. Com a seleção da banca organizadora, a expectativa é lançar o edital do certame em junho deste ano.

O Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento Executivo (IBADE), que será responsável pela elaboração do edital e aplicação das provas, foi escolhido por meio de dispensa de licitação, conforme publicação feita no Diário Oficial do Estado desta terça-feira (18). O último concurso público para o cargo de inspetor penitenciário foi realizado em 2012.

 O secretário de Estado da Justiça, André Garcia, adiantou que a expectativa é dar celeridade ao processo para que, no próximo ano, os aprovados já possam dar início ao curso de formação para atuar no sistema prisional. O secretário enfatizou que, além da recomposição do quadro de servidores, o concurso é importante para a estruturação e organização da Polícia Penal.

Em novembro do ano passado, foi publicada no Diário Oficial a Emenda Constitucional (EC nº 115/2021), que altera dispositivos da Constituição do Estado do Espírito Santo para instituir a Polícia Penal. A EC precisa agora ser regulamentada.

“Com o concurso, vamos recompor os quadros de servidores que atuam no sistema prisional, uma medida importante para a estruturação da Polícia Penal do Estado. O Governo vai regulamentar a estrutura e a carreira ainda neste ano. O propósito é construir uma Polícia Penal profissional, melhor remunerada e organizada, seguindo o contexto das demais carreiras da segurança pública”, complementou o secretário André Garcia.

Para participar do concurso, é necessário ter no mínimo 18 anos de idade, Ensino Médio completo e CNH (categorias “B”, “C”, “D” ou “E”). O certame terá reserva de vagas para candidatos com deficiência, negros e indígenas. A remuneração para o cargo é R$ 3.741,06, mais auxílio-alimentação de R$ 300 para a jornada de trabalho de 40 horas semanais.

O concurso vai contar com prova objetiva, com as disciplinas de Conhecimentos Gerais, Língua Portuguesa, Informática, Raciocínio Lógico, Atualidades e Conhecimentos Específicos de Direitos Humanos, Direito Administrativo, Direito Penal e Processo Penal. Também fará parte do processo de seleção provas de condicionamento físico, exame de saúde e aptidão psicológica. 

Competências

Os inspetores penitenciários são responsáveis por promover o planejamento, a organização, o monitoramento, a execução e a avaliação de rotina inerentes à gestão penitenciária, além de executar as atividades necessárias à vigilância, segurança, ordem e disciplina nos estabelecimentos penais; atendimento de familiares e visitantes; a vigilância das unidades penitenciárias; a condução dos veículos de transporte de internos e escolta, entre outras atividades.

Confira mais Notícias

Entenda o golpe do Pix errado e saiba como não ser enganado

Brasil

Pesquisa mostra presença de álcool em pães de forma

No Gasômetro

Prefeitura do Rio marca leilão para construção de estádio do Flamengo

600 vagas

Governo do Estado autoriza novo concurso para Polícia Penal do Espírito Santo

Oportunidades

Saúde abre processo seletivo para cadastro reserva

A rodada

Cruzeiro, Fortaleza e Juventude mantêm Flu, Grêmio e Timão no Z-4

Festa

Com Ronaldinho Gaúcho, Jogo das Estrelas está confirmado no Kleber Andrade

A sorte

Três apostas acertam as seis dezenas da Mega-Sena no sorteio desta quinta (4)