Planejamento

Rota Estratégica da Energia aponta caminhos para o desenvolvimento do setor no Espírito Santo

A Agência de Regulação de Serviços Públicos (ARSP) participou da construção da Rota Estratégica para o Futuro da Indústria no Espírito Santo – Energia 2035 realizada pela Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes), com a contribuição de mais de 120 especialistas. O planejamento foi lançado na última quarta-feira (22) e vai nortear o caminho para o desenvolvimento do setor de Energia no Estado.

Segundo a diretora de Gás Natural e Energia da ARSP, Débora Niero, a Agência, em suas atribuições, tem como premissa o desenvolvimento do setor energético estadual. “A equipe técnica da agência estuda o setor energético de forma a elaborar propostas com mecanismos que promovam o uso de energia limpa e sustentável”, destaca.

Constam na rota estratégica para o futuro da indústria no Espírito Santo ações a serem executadas especificamente pela ARSP que são de curto prazo. “As ações de futuro englobam proposições de aperfeiçoamento da regulação. Entre elas, constam a atualização periódica da agenda regulatória da ARSP e a criação de resolução que permita a distribuição do biometano pela malha de gasodutos do Espírito Santo”, explica Débora Niero.

Desenvolvimento

A Rota Estratégica de Energia é fundamental para potencializar a economia capixaba, uma vez que aponta os caminhos que o setor deverá percorrer nos próximos anos para se desenvolver em toda a sua potencialidade, tornando-se referência global em eficiência e segurança energética, considerando os recursos locais, geração de competitividade com responsabilidade socioambiental. A Rota Estratégica é a segunda fase do projeto Indústria 2035.

Confira mais Notícias

Costa do ES

Petrobras pagará R$ 830 milhões em royalties e PE atrasados pela produção no Campo de Jubarte

Notícia da semana

Toyota deve investir R$ 11 bilhões no Brasil

PIB

Economia brasileira cresce 2,9% em 2023

Números do Brasil

Mais de 650 mil empresas aderem ao Simples em 2024

Seu dinheiro

Transações via DOC e TEC deixam de existir

Ideia Brasileira

Taxar super-ricos já tem apoio de alguns países europeus, diz Durigan

Medida Provisória

Lula revoga reoneração de 17 setores da economia

Negócios

Espírito Santo receberá R$ 100 milhões em investimentos na distribuição de gás natural