Ex-jogador

Paulo Roberto Falcão é investigado em caso de importunação sexual


Foto: Raul Baretta/SantosFC

Fonte: Agência Brasil

O ex-jogador Paulo Roberto Falcão está sendo investigado em um caso de importunação sexual. A informação foi confirmada pela Delegacia de Defesa da Mulher de Santos (SP), que afirmou, em nota, que “a vítima, de 26 anos, compareceu na delegacia na tarde desta sexta-feira [4] e prestou depoimento”. Além disso a Polícia informou que “diligências estão em andamento para o esclarecimento dos fatos. Detalhes serão preservados dado a natureza do delito”.

Horas após o caso ser tornado público, o Santos publicou nota na qual informou a saída de Falcão do cargo de coordenador esportivo, posição que ocupava desde o dia 15 de novembro de 2022.

A saída do Santos foi confirmada pelo próprio ex-jogador em postagem em seu perfil em uma rede social. Na mensagem, Falcão nega que sejam verdadeiras as acusações feitas: “Em respeito à torcida do Santos Futebol Clube, pelos recentes protestos diante do desempenho do time em campo, decidi deixar o cargo de coordenador esportivo nesta data. Meu sentimento, em primeiro lugar, é defender a imagem da instituição. Sobre a acusação feita nesta sexta-feira, que recebi com surpresa pela mídia, afirmo que não aconteceu”.

Confira mais Notícias

Números do Estado

Espírito Santo tem 9ª população mais alfabetizada do Brasil

Futebol

Turma do STF forma maioria para negar ao Flamengo Taça das Bolinhas

Apolinho, Sílvio Luiz e Antero Greco: adeus aos craques do jornalismo

Morre Washington Rodrigues

Adeus Apolinho

A rodada

Athletico-PR faz 2 a 0 no Palmeiras e retoma liderança do Brasileirão; veja outros jogos

Sorte capixaba

Aposta do Espírito Santo leva R$ 46 milhões na mega sena deste sábado, 11 de maio

Ajuda

Marinha envia nesta terça hospital de campanha ao Rio Grande do Sul

Boa noticia

Brasil se torna livre de febre aftosa sem vacinação, informa governo