Mais uma

Palmeiras derrota Cerro Porteño de virada na Libertadores


O Palmeiras mostrou força e derrotou o Cerro Porteño (Paraguai) de virada por 2 a 1, na noite desta quinta-feira (20) no estádio do Morumbi, para somar os seus três primeiros pontos na edição 2023 da Copa Libertadores. Após este resultado o Verdão permanece na lanterna do Grupo C, mas empatado em número de pontos com todos os adversários da chave.

Mesmo jogando na condição de mandante a equipe comandada pelo português Abel Ferreira não encontrou facilidades, especialmente porque viu o time adversário abrir o placar cedo. Logo aos quatro minutos Morales se livrou de Gustavo Gómez e cruzou para Churín, que bateu para defesa parcial de Weverton. A bola sobrou então para Bobadilla, que empurrou para o fundo da meta de cabeça.

O gol claramente desestabilizou o Palmeiras, que só conseguiu chegar à virada na etapa final. O empate veio aos 18 minutos. Após Dudu levantar a bola na área, Arthur finalizou de carrinho para defesa parcial do goleiro Jean. Porém, o zagueiro Gustavo Gómez estava atento para aproveitar o rebote e bater de primeira.

O primeiro triunfo na competição do Verdão (que estreou com derrota para o Bolívar por 3 a 1) foi garantido apenas aos 30. Artur cruzou, Gustavo Gómez escorou de cabeça para o meio da área e Rafael Navarro só teve o trabalho de empurrar para o fundo do gol. Agora o Palmeiras volta a entrar em campo pela competição no dia três de maio, quando visita o Barcelona de Guayaquil (Equador).

Foto: Cesar Greco/Palmeiras

Confira mais Notícias

STF vai pacificar polêmica sobre vínculo de trabalho por aplicativo

Futebol

Vasco vira sobre Botafogo e entra no G4 do Cariocão

Cultura

Companhia argentina promove oficinas de dança gratuitas em Cachoeiro de Itapemirim

A rodada

Lelê marca e Flu derrota Madureira para voltar a liderar o Carioca

Futebol

Flamengo terá que indenizar família de vítima do incêndio no Ninho

Festa!

Nos 40 anos da Sapucaí, Viradouro é campeã do carnaval do Rio

Futebol

Buenos Aires receberá a final da edição 2024 da Copa Libertadores

Mundo empresarial

Morre a fundadora do Magazine Luiza aos 97 anos