Números capixabas

Maiores empresas do ES renovam recorde de receita e superam R$ 183 bilhões 


O Anuário IEL 200 Maiores e Melhores Empresas no Espírito Santo chega em sua 27ª edição trazendo conteúdos sobre o desempenho financeiro das empresas e dos grupos empresariais com operações no Estado. Em 2022, a receita operacional líquida (ROL) das 200 maiores empresas ultrapassou os R$ 183 bilhões, 10% superior à registrada em 2021. 

A publicação, lançada nesta quarta-feira (29) durante o evento do Fórum IEL de Gestão, no Le Buffet Master, em Vitória, é uma importante fonte de registro de informações para a história do mercado capixaba. 

“Em 2023, a economia do Estado registrou um avanço de 4% no primeiro semestre do ano. Mesmo tendo que driblar os efeitos de um ambiente externo marcado por incertezas geradas por prolongamentos e novos conflitos geopolíticos, e por um enfrentamento ao nível elevado de preços, o Espírito Santo caminha para fechar o ano de crescimento econômico. E a edição deste Anuário IEL vai mostrar as empresas capixabas que tiveram resultados expressivos nos seus negócios”, avalia a presidente da Findes, Cris Samorini. 

A cada ano, o IEL-ES mobiliza-se em busca de referenciais, empresas e pessoas que são convidadas a contribuir com artigos, histórias, vivências e cases enriquecedores nos seus 10 eixos temáticos. 

“O Anuário, além de apresentar rankings empresariais que levam em consideração a receita operacional líquida e o balanço patrimonial, também está dedicado a explorar e analisar os desafios e oportunidades que permeiam a pauta do capital humano no cenário empresarial capixaba”, ressalta o superintendente do IEL-ES, Max Alves. 

Em 2022, a receita operacional líquida (ROL) das 200 maiores empresas no Espírito Santo ultrapassou os R$ 183 bilhões – 10% superior em relação à 2021. 

A indústria permanece em destaque entre os setores analisados, com uma ROL de R$ 103 bilhões e participação de 56,25% entre as 200 maiores. Em seguida, vêm comércio (R$ 50, bilhões, ou 27,3% em termos relativos), serviços (R$ 29 bilhões, ou 15,7%) e agronegócio (R$ 1,4 bilhões, ou 0,8%). Todos os segmentos apuraram crescimento significativo em relação ao ano anterior. 

Quanto à distribuição do número de empresas por setor, a categoria de serviços lidera, com 104 empresas (52% do somatório). O setor industrial traz para o ranking 50 empresas (25%), sendo a atividade de alimentos a mais representativa, com 15. O comércio, por sua vez, marca presença com 43 empresas (21%) – 31 atacadistas e 12 varejistas. 

Pela 10ª edição consecutiva, a Petrobras UN-ES é contemplada como a Maior Empresa e Maior Indústria no Anuário IEL 200 Maiores e Melhores Empresas no Espírito Santo. 

“Este resultado é um reconhecimento da nossa força de trabalho, composta por pessoas com diversas histórias, origens e formações. A diversidade das nossas equipes no Espírito Santo faz-nos inovadores, sendo fundamental para superarmos os desafios das muitas atividades que aqui desenvolvemos”, disse Eduarda Lacerda, gerente-geral da Unidade de Negócios de Exploração e Produção da Petrobras no ES. 

Em segundo lugar, destaque para ArcelorMittal Brasil; seguido da Vale, na terceira posição. As duas também ficaram posicionadas nas mesmas colocações como Maior Empresa e Maior Indústria. 

Para a elaboração dos rankings de melhores empresas foi levado em consideração seis indicadores de desempenho, que demonstram a performance das organizações participantes. São eles: ativo total, ativo circulante, passivo circulante, patrimônio líquido do ano atual e do ano anterior, lucro líquido do exercício, receita operacional líquida (ROL) atual e anterior e número de colaboradores no Espírito Santo. 

A Alcon – Companhia de Álcool de Conceição da Barra – ficou em primeiro lugar como Melhor Empresa e Melhor Indústria do Estado. Sua principal atividade é a fabricação de coque, de produtos derivados do petróleo e de biocombustível. 

“Agradeço profundamente a toda a nossa equipe pelo comprometimento e dedicação que nos levaram a ser reconhecidos como a melhor empresa e melhor indústria do Espírito Santo. Este prêmio é fruto do esforço de cada um de vocês. Juntos, continuaremos a construir um futuro mais doce e sustentável”, afirmou Nerzy Dalla Bernardina Junior, diretor-superintendente da Alcon.  

O Sicoob ES ficou em primeiro lugar no ranking dos 10 maiores grupos empresariais no Espírito Santo. 

“Recebemos com enorme felicidade a notícia de que fomos reconhecidos como o maior grupo empresarial no Espírito Santo. Gratidão às milhares de pessoas e empresas que constroem o Sicoob ES, maior empreendimento coletivo do Estado. Nos últimos nove anos, o Sicoob ES tem dobrado de tamanho a cada três anos, e isso mostra como o nosso modelo de negócio é saudável. Estruturados na cooperação, na credibilidade, na inovação e na transparência, estamos avançando na oferta de soluções financeiras de forma presencial e digital e fortalecendo os nossos investimentos sociais”, disse Nailson Dalla Bernadina, diretor executivo do Sicoob Central ES. 

Maiores e melhores em 10 segmentos 

Para composição dos rankings setoriais, foram utilizados dados informados pelas empresas para a pesquisa “200 Maiores e Melhores Empresas no Espírito Santo”. 

Os rankings são compostos pelas maiores e melhores empresas cujas atividades comuns são desenvolvidas, sendo possível que as empresas elencadas estejam ou não entre as 200 maiores. Ou seja, a participação nas tabelas independe de sua classificação no ranking geral das 200 maiores empresas, já que muitas delas não apresentam receita operacional bruta suficiente para a inclusão nessa listagem amplificada. 

As Maiores Empresas: 

1º lugar: 

– Agricultura e pecuária: Nater Coop 

– Alimentos e Bebidas: Frisa Frigorífico 

– Comércio Atacadista: Comexport Trading Com. Exterior 

– Comércio Varejista: Extrabom Supermercados 

– Construção: Pelicano Construções 

– Energia e Saneamento: EDP Espírito Santo 

– Extrativa: Petrobras – UN-ES 

– Metalurgia e produtos de metal: ArcelorMittal Brasil 

– Serviços logísticos e postais: Braspress 

– Tecnologia da Informação: ISH Tecnologia 

Acesse aqui a edição digital e confira o ranking completo! 

Confira mais Notícias

Investimentos

Siderúrgicas anunciam R$ 100,2 bi em investimentos no Brasil até 2028

Agro

Espírito Santo é o maior produtor e exportador de mamão do Brasil

Tragedia Ambiental

ES e MG pedem à Samarco, Vale e BHP Billiton R$ 100 bi por rompimento da barragem de Fundão

Dinheiro

Com projeção de alta de 3,1% em 2024, economia capixaba é destaque internacional nesta segunda

Dinheiro

Políticos e entidades criticam corte de 0,25 ponto da Selic

Oportunidade

Feirão Zera Dívida Banestes renegocia débitos em mais 11 agências

Números capixaba

Espírito Santo registrou em 2023 menor taxa de desocupação da série histórica

Seu dinheiro

INSS começa a pagar 13º antecipado a quem recebe acima do mínimo