Mais segurança

Governador Casagrande anuncia convocação de excedentes no concurso da Polícia Militar

O governador do Estado, Renato Casagrande, anunciou, nesta terça-feira (12), a autorização para a convocação de mais mil candidatos aprovados no último concurso público para soldados combatentes da Polícia Militar do Espírito Santo (PMES), realizado em 2022. A expectativa é que os futuros policiais militares iniciem o curso de formação no mês de agosto.

“Estamos formando mil policiais neste momento e agora vamos autorizar a contratação de mais mil policiais para atender à população capixaba. No mês de agosto, os policiais já convocados estarão em estágio operacional e em outubro estarão nas ruas como soldados combatentes. Para não deixar espaço vago, estamos autorizando essa nova convocação. Os novos policiais devem iniciar a formação entre agosto e setembro deste ano para que, ao final do primeiro semestre do ano que vem, estejam atuando nas ruas”, explicou o governador.

Casagrande enfatizou os bons resultados que vêm sendo obtidos na área da segurança pública nos últimos anos, que passam também pela recomposição do efetivo das forças de segurança – uma das ações do programa Estado Presente em Defesa da Vida. “Queremos conquistar melhores resultados ano a ano. Tivemos importantes prisões nos últimos dias e no ano passado tivemos o menor número de homicídios da série histórica. No primeiro bimestre de 2024, o Espírito Santo teve o menor número de casos dos últimos 28 anos”, afirmou.

“A sociedade capixaba agradece por este importante investimento e também os excedentes no concurso que agora passam a integrar os quadros da Corporação. Além destes mil convocados, os outros aprovados que já estão na academia iniciarão o estágio operacional em agosto e a formação será em outubro. Uma excelente notícia”, disse o secretário de Estado da Segurança Pública e Defesa Social, Eugênio Ricas.

O comandante geral da PMES, coronel Douglas Caus, enfatizou que esta medida é de extrema importância para a corporação. “A recomposição do efetivo vai tornar a Polícia Militar mais presente nas ruas, prevenindo os crimes contra o patrimônio, os homicídios e também enfrentando, de forma mais qualitativa, o crime organizado. Esta é uma medida imprescindível para que a Polícia Militar do Estado do Espírito Santo atenda da melhor maneira possível o cidadão capixaba”, declarou.

A recomposição do efetivo da Polícia Militar é um investimento estruturante do Governo do Estado, dentro do programa Estado Presente em Defesa da Vida, que tem por objetivo a implementação de ações e projetos voltados para o enfrentamento e a prevenção da violência, de acordo com o coordenador do Programa, o secretário de Estado de Economia e Planejamento, Álvaro Duboc.

Esta medida é importante para aumentar o efetivo policial militar nas ruas de todo o Estado do Espírito Santo, para execução do policiamento ostensivo nos seus diversos tipos e modalidades e reforçando as ações do programa Estado Presente principalmente nas áreas de vulnerabilidade social.

Confira mais Notícias

Futebol

Fluminense derrota Colo-Colo por 2 a 1 pela Copa Libertadores

Religião

Missa com 250 mil pessoas encerra Festa da Penha 2024

Em Consulta

TCE-ES esclarece que é possível a adesão a Atas que foram reguladas pela antiga Lei de Licitações 

A rodada

Vitória empata clássico e volta a ser campeão baiano após sete anos; veja outros campeões

Estaduais

Hepta gaúcho, Grêmio puxa fila de campeões estaduais do ano; confira outros títulos

Despedida

Criador do Menino Maluquinho, Ziraldo morre aos 91 anos

Ano que vem

Milton Nascimento será homenageado pela Portela no carnaval de 2025

Polícia

Fugitivos de penitenciária federal em Mossoró são recapturados no Pará