Números

Espírito Santo abre 1.811 novas vagas com carteira assinada em julho

O mercado de trabalho capixaba registrou a criação de 1.811 novas vagas de trabalho com carteira assinada no mês de julho. Os dados fazem parte do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), contabilizados pelo Ministério do Trabalho e Emprego, que foram divulgados nesta quarta-feira (30). Em 2023, o Estado já acumula um saldo de 31.518 novos vínculos formais.

O destaque no mês de julho foi para o setor de Serviços, com saldo positivo de 1.783 novos postos. Na sequência, aparecem os setores da Construção (+1.289), Comércio (+1.060) e Indústria (+784). Na Agropecuária, o saldo se mantém positivo ao longo do ano, mas houve registro de queda no mês de julho (-3.105).

No saldo acumulado do ano, o setor de Serviços também segue na liderança com a criação de quase 14 mil novos postos. Construção (+7.031), Indústria (+5.113), Comércio (+3.188) e Agropecuária (+2.211) também tiveram saldo positivo, revelando crescimento em todos os setores da economia.

O vice-governador e secretário de Estado de Desenvolvimento, Ricardo Ferraço, destaca que os números positivos com relação aos postos de trabalho no Estado estão em sintonia com a movimentação econômica capixaba.

“O ambiente econômico é pautado por uma série de indicadores que se somam também aos investimentos privados e públicos. O Governo do Estado trabalha intensamente pautado em promover o desenvolvimento regional de forma equilibrada. São inúmeros os investimentos nos 78 municípios. São entregas e melhorias em diversas áreas, com qualificação profissional, que estimulam a geração de empregos, oportunidades de trabalho. Vamos muito além de números, alcançamos pessoas, capixabas de todas as regiões do Estado”, disse Ricardo Ferraço.

Para o diretor-presidente do Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN), Pablo Lira, o Espírito Santo vem apresentando dados positivos no mercado de trabalho, tanto com aumento no saldo de empregos formais quanto na redução da taxa de desocupação, que atingiu o menor patamar dos últimos oitos anos.

“O Estado vem apresentando um excelente desempenho na geração de empregos nos últimos anos. Já são mais de 132 mil novos vínculos com carteira assinada criados em todos os setores pesquisados, de janeiro de 2020 até julho de 2023. Isso se reflete positivamente em toda a economia do Estado, gerando mais renda e oportunidades para os capixabas”, destacou Lira.

Confira mais Notícias

PIB

Economia brasileira cresce 2,9% em 2023

Números do Brasil

Mais de 650 mil empresas aderem ao Simples em 2024

Seu dinheiro

Transações via DOC e TEC deixam de existir

Ideia Brasileira

Taxar super-ricos já tem apoio de alguns países europeus, diz Durigan

Medida Provisória

Lula revoga reoneração de 17 setores da economia

Negócios

Espírito Santo receberá R$ 100 milhões em investimentos na distribuição de gás natural

Mundo Agro

Primeira fábrica de azeite para uso coletivo na produção é inaugurada no Espírito Santo

Setor Elétrico

EDP anuncia mais de R$ 910 milhões em investimentos no Espírito Santo em 2024