LAVOURA DE SOJA

Em visita técnica, Ricardo Ferraço reforça compromisso de investimentos do governo

O secretário de Estado de Desenvolvimento e vice-governador Ricardo Ferraço realizou, no último sábado (14), uma visita técnica a uma propriedade rural no município de Montanha, na microrregião Nordeste. A agenda contou com a presença do secretário de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca, Enio Bergoli; do subsecretário da pasta Michel Tesch; do deputado estadual Freitas; dos prefeitos André Sampaio (Montanha), Arnóbio Pinheiro (Pinheiros) e Fernanda Milanese (Boa Esperança); além de lideranças da região.

A lavoura de soja está localizada na Fazenda Esplanada e tem 1,5 mil hectares, gerando 67 postos de trabalho. O investimento na produção de soja no Espírito Santo tem o potencial para se somar a outras importantes cadeias produtivas do agro capixaba já existentes, como a cafeicultura, pecuária, avicultura e fruticultura, como destaca o secretário de Desenvolvimento e vice-governador.

“Sempre temos que valorizar e apoiar quem empreende e quem trabalha. Anteriormente, a propriedade tinha sete colaboradores e a implantação da lavoura [de soja] aumentou e muito as oportunidades na região. Estamos diante de uma experiência inovadora e importante, com tecnologia e conceitos relacionados à sustentabilidade que certamente nosso Governo estará apoiando”, afirmou Ricardo Ferraço.

Ele destaca ainda que o Espírito Santo é forte na avicultura e que, atualmente, a soja consumida para ração é importada da região Centro-Oeste. “A oportunidade de produzir o grão em solo capixaba reduz custos e aumenta a competitividade dos produtores, favorecendo a nossa economia. Em nome do governador Renato Casagrande, saudamos essa extraordinária iniciativa de um produtor empreendedor que certamente tem muito a contribuir com o desenvolvimento da região de Montanha e do Estado”, completou.

A visita foi coordenada pelo proprietário rural Vitor Alves, que apresentou o empreendimento, a área plantada e o mecanismo de colheita. “Agradeço em nome da minha família todo o apoio que recebemos para chegar até aqui. Nossa produtividade já ultrapassa 80 sacas por hectare. O sucesso é um subproduto de um trabalho bem feito. Agradeço aos nossos colaboradores e também ao poder público que está ao lado dos empreendedores, apoiando com a implantação de diversas estruturas para uso coletivo. Nossa meta é chegar a dezembro com o dobro da área plantada”, projetou.

Confira mais Notícias

Dívidas

Cerca de 8 milhões de empresas poderão usar o Desenrola, diz ministro

Royalties

Marataízes, Itapemirim e Presidente Kennedy são os grandes beneficiados em acordo com Petrobras

Seu dinheiro

Brasileiros ainda não sacaram R$ 7,59 bilhões de valores a receber

Publicada nesta terça-feira (6)

Governo aumenta limite de isenção do IR em 2 salários mínimos

Seu Dinheiro

Consulta ao valor do PIS/Pasep de 2024 é liberada

Seu dinheiro

Preço da gasolina e do diesel sobem nesta quinta com novo ICMS

Quinta vez seguida

Copom reduz juros básicos da economia para 11,25% ao ano

Brasil criou 1,48 milhão de empregos formais em 2023, aponta Caged