No Sesc Glória

17º Festival Sérgio Sampaio celebra 50 anos do LP “Eu quero é botar meu bloco na rua” nos dias 15 e 16 

Para celebrar meio século do lançamento de um dos álbuns mais emblemáticos da história fonográfica brasileira, “Eu quero é botar meu bloco na rua”, o Sesc Glória receberá a 17ª edição do Festival Sérgio Sampaio, nesta sexta-feira (15) e sábado (16). 

Os fãs do “Velho Bandido” terão duas noites para mergulhar nas obras do cachoeirense conhecido por ser o “poeta do riso e da dor”. A programação conta com o tradicional Bate-papo Musical de abertura, na sexta-feira (dia 15), a partir das 19h30. 

Desta vez, os convidados são o jornalista paulistano, pesquisador e cineasta Hugo Moura, que está realizando o filme “Sinceramente, Sérgio”, uma biografia contada e cantada do artista; e André Prando, cantor e compositor que tem forte ligação com a história do festival, do qual participa há exatos dez anos (desde 2013). 

Apresentação 

Moura anda imerso há alguns anos na busca de registros audiovisuais de Sampaio, espalhados por todo o país. Na fase final de produção e realização desse projeto, o cineasta paulista tem muitas histórias para contar para todo o público do festival. Já Prando é considerado um dos melhores intérpretes das canções de Sampaio. 

Para encerrar a programação, no sábado (dia 16), a partir das 19h30, sobe ao palco do Sesc Glória a Orquestra Pop&Jazz do Ifes, sob a regência de Célio Paula da Costa, fundador do grupo e regente há mais de 30 anos. O espetáculo fará um passeio por todo o cancioneiro sampaísta, com um repertório escolhido e arranjado, cuidadosamente, que será interpretado por solistas cantores do nosso Estado. 

História 

O dia 16 de setembro também é uma data marcante na carreira do artista cachoeirense. Foi neste dia, em 1972, que Sampaio lançava para todo o Brasil a emblemática “Eu Quero É Botar Meu Bloco Na Rua”, contra a repressão da Ditadura Militar, no VII Festival Internacional da Canção, exibido ao vivo para todo o país, direto do Maracanãzinho, no Rio de Janeiro. 

Mesmo louvado por crítica e público, Sérgio perdeu o festival para Jorge Ben, com “Fio Maravilha” (apresentada por Maria Alcina), que, na época, estava apenas se lançando no mercado fonográfico.  

Os ingressos para o festival já estão à venda na plataforma online e custam R$ 20,00 (inteira), R$ 12,00 (conveniado e empresário do comércio) e R$ 10,00 (meia-entrada, meia-entrada solidária + 1kg de alimento não perecível, comerciário e dependente). 

Festival Sérgio Sampaio/ Mostra de Música 

Bate-papo Musical com Hugo Moura e André Prando 

Data: sexta-feira, 15 de setembro 

Local: Teatro Glória, Sesc Glória 

Horário: 19h30 horas 

Classificação: livre 

Duração: 120 minutos 

Ingressos: disponíveis na plataforma online 

Festival Sérgio Sampaio/ Mostra de Música 

Sampaio Pop&Jazz 

Data: sábado, 16 de setembro 

Local: Teatro Glória, Sesc Glória

Horário: 19h30

Classificação: livre

Duração: 120 minutos

Ingressos: disponíveis na plataforma online 

Confira mais Notícias

Números do Estado

Espírito Santo tem 9ª população mais alfabetizada do Brasil

Futebol

Turma do STF forma maioria para negar ao Flamengo Taça das Bolinhas

Apolinho, Sílvio Luiz e Antero Greco: adeus aos craques do jornalismo

Morre Washington Rodrigues

Adeus Apolinho

A rodada

Athletico-PR faz 2 a 0 no Palmeiras e retoma liderança do Brasileirão; veja outros jogos

Sorte capixaba

Aposta do Espírito Santo leva R$ 46 milhões na mega sena deste sábado, 11 de maio

Ajuda

Marinha envia nesta terça hospital de campanha ao Rio Grande do Sul

Boa noticia

Brasil se torna livre de febre aftosa sem vacinação, informa governo