Entretenimento

Xuxa e Marlene Mattos se reencontram após 19 anos afastadas

Publicados

em


source
Xuxa e Marlene Mattos fizeram parceria de sucesso
Reprodução

Xuxa e Marlene Mattos fizeram parceria de sucesso


Xuxa Meneghel e a diretora Marlene Mattos reencontraram neste sábado (27) após 19 anos de rompimento de uma parceria de sucesso.

Segundo a colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S.Paulo, o encontro aconteceu durante a gravação do documentário de Xuxa produzido pela Endemol e co-produzida pela Globoplay, com direção é Pedro Bial e Cassia Dian. A jornalista recebeu uma foto das gravações do reencontro das duas.

Xuxa e Marlene, que formaram uma das parcerias mais bem sucedidas da história da televisão brasileira, foram à Cidade das Artes, no Rio de Janeiro, para a primeira gravação da série biográfica sobre a vida da Rainha dos Baixinhos.

Leia Também

Blad Meneghe, sobrinho de fotógrafo de Xuxa, registrou o encontro entre a apresentadora e Marlene Mattos
Reprodução/Instagram/Blad Meneghel

Blad Meneghe, sobrinho de fotógrafo de Xuxa, registrou o encontro entre a apresentadora e Marlene Mattos


Desde o início da produção, Xuxa concordou em ter Marlene no projeto e disse que não seria possível contar a história dela sem Marlene. Ainda segundo Bergamo, a reunião das duas foi emocionante e inicialmente tensa, e durou duas horas. Elas abriram o coração e falaram sobre tempos passados, mágoas, e ressentimentos.

Leia Também:  Poliana Moça: após ser adiada por 2 anos, nova temporada ganha teaser

Marlene Mattos é madrinha de Sasha, filha de Xuxa com Luciano zafir. As duas romperam em 2002 por divergências profissionais. Xuxa queria continuar apresentando programa infantil na época e a empresária não concordava.

Fonte: IG GENTE

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entretenimento

Aguinaldo Silva critica comportamento de advogado de Robinho: “Odioso”

Publicados

em


source
Robinho e Aguinaldo Silva
Reprodução/Instagram

Robinho e Aguinaldo Silva


Aguinaldo Silva  também foi às redes sociais repercurtir a  condenação de Robinho, a nove anos de prisão pelo crime de violência sexual coletiva, cometido numa boate de Milão, em 2013, quando atuava pelo Milan. A Corte de Cassação de Roma — última instância da Justiça italiana — confirmou a decisão na manhã desta quarta-feira (19).

“Não sou eu quem vai dizer se Robinho mereceu ser ou não condenado. Mas essa história de o advogado dele tentar desmerecer a vítima do suposto estupro divulgando fatos de sua conduta íntima é odioso. Então, os homens podem ter uma vida sexual e as mulheres, não?”, questionou o  ex-novelista da Globo por meio do microblog.


Para quem não está por dentro dos últimos desdobramentos do caso, o  dramaturgo estava se referindo ao fato de Franco Moretti, um dos representantes do atacante, que teve passagem por Santos, Real Madrid e seleção brasileira, afirmar que a relação entre a mulher albanesa e o seu cliente foi consensual e ainda citar um dossiê da vida privada da jovem, que foi rechaçado no julgamento. 

Leia Também:  'BBB': Diego Alemão diz que ganhou R$ 25 mil para sorrir


Fonte: IG GENTE

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA