Tecnologia

WhatsApp pode ser bloqueado apenas com número de celular; entenda a falha

Publicados

em


source
WhatsApp pode ser bloqueado apenas com o número de celular
Unsplash/Allie

WhatsApp pode ser bloqueado apenas com o número de celular

Uma falha de segurança impressionante que permite que seu WhatsApp seja bloqueado foi descoberta. Não é necessário nenhum acesso a mais, nem mesmo seu smartphone , apenas o número de seu celular pode ser usado pelos golpistas.

A tática foi revelada pela revista Forbes. O invasor baixar o WhatsApp e insere seu número para ativar o app em outro smartphone. A verificação de dois fatores impede que ele consiga acessar o serviço. No entanto, após várias tentativas de login malsucedidas, o app fica bloqueado por 12 horas.

Mas não para por aí. O invasor pode mandar uma mensagem para o suporte do serviço de seu próprio endereço de e-mail alegando que seu smartphone foi roubado ou perdido e ele precisa excluir a conta. Então, ao fornecer o número do WhatsApp da vítima como se fosse o seu, o serviço é imediatamente bloqueado e um e-mail de confirmação é enviado para o real dono da conta. No entanto, o processo pode ser feito várias vezes e causa um congelamento parcial do serviço.

Leia Também:  WhatsApp Web poderá funcionar sem depender do celular

Você viu?

WhatsApp bloqueado

O método foi descoberto pelos especialistas em segurança Luis Márquez Carpintero e Ernesto Canales Pereña e divulgado pela revista Forbes. Não foram encontrados relatos desse método sendo usado por outras pessoas se não os dois pesquisadores, mas o alerta serve para o Facebook , dono do WhatsApp , ficar ligado com esse tipo de falha.

Apesar de bloqueado, os dados do seu WhatsApp como conversas e contatos permanecem intactos. A verificação de dois fatores impede que outras pessoas, por mais que tentem forçar o login, consigam acessar essas informações.

A Forbes questionou a empresa sobre o problema, que disse apenas que o “uso dessa vulnerabilidade viola seus termos de serviço”. No entanto, isso não impede que a falha seja explorada, já que pode ser feita anonimamente.

Leia Também:  PS5 deve ter problemas de estoque até 2022, diz Sony

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tecnologia

123movies.la, um dos maiores sites de pirataria de filmes, é retirado do ar

Publicados

em


source

Tecnoblog

Pirataria é combatida por associação
Unsplash/Austin Neill

Pirataria é combatida por associação

O 123movies.la não está mais no ar. Na sexta-feira (7), a Aliança para a Criatividade e o Entretenimento (ACE) anunciou que passou a controlar o domínio de um dos maiores sites de pirataria de filmes. Ao acessá-lo, os visitantes são recepcionados por um aviso e redirecionados a uma página do grupo de empresas.

Surgido em 2017, o site alcançou uma marca de quase 30 milhões de visitas mensais. Mas, recentemente, a Alliance For Creativity and Entertainment (em inglês) tomou posse do domínio, retirando-o do ar. Segundo o grupo para combater a pirataria , que reúne nomes como Amazon , Apple , Disney e Netflix , esta é a sua primeira ação na Tunísia.

Você viu?

123movies.la: site de pirataria de filmes é retirado do ar

Ao acessar o site neste momento, o seguinte aviso é apresentado na tela: “Este site não está mais disponível devido à violação de direitos autorais”. Em seguida, os visitantes são levados a um página da associação com um lista de plataformas de streaming . Entre elas, estão o Amazon Prime Video, Disney+ e Google Play.

Leia Também:  Assinatura do PlayStation Plus fica mais cara no Brasil; veja os novos preços

A ACE não informou como descobriu a identidade dos donos da plataforma. Mas, conforme o TorrentFreak observou, em setembro, a Motion Picture Association (MPA) solicitou dados sobre os responsáveis por diversos sites, como o EZTV, Pirate Bay e YTS, em uma intimação à Cloudflare. O 123movies.la também estava na lista da associação.

“Essa é uma prova do trabalho implacável de nossa equipe da ACE global de que fomos capazes de encerrar o 123movies.la, uma das maiores operações de pirataria do mundo”, disse Jan van Voorn, vice-presidente executivo e chefe de proteção de conteúdo global da MPA. “Esta ação resume a missão da ACE e é um forte exemplo de como lutamos para proteger o mercado criativo em todos os cantos do globo”.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA