Turismo

Voo vazio x aglomerações do outro: o que vi ao viajar no meio da pandemia

Publicados

em


source

A recomendação é ficar em casa e evitar viagens durante a pandemia do novo coronavírus (Sars-Cov-2). Mas em alguns momentos não temos escolha. É preciso sair para trabalhar ou encarar um voo para outro estado. E o cenário encontrado por quem teve de fazer uma viagem é uma mistura de vazios com aglomerações e também um misto de sentimentos. 

Leia também: Preparado para viajar? 4 itens que você precisa checar após a pandemia

Israel de Souza Silva utilizando máscara durante a sua viagem.
Arquivo pessoal

Tanto no aeroporto, quanto nos destinos, Israel utilizou máscaras para se proteger da doença

Israel de Souza Silva, supervisor de montagem industrial de 40 anos, fez uma viagem a trabalho recentemente de São Paulo para Pernambuco. Apesar de não ter notado um clima de medo ou pânico nem no aeroporto ou no avião, tomou medidas para se preservar e ficou surpreso com alguns fatos que encontrou pelo caminho. 

Distância segura

Pessoas em um aeroporto utilizando máscaras
Agência Brasil/Fernando Frazão

Nos aeroportos, algumas medidas de segurança foram tomadas para a segurança dos passageiros

Segundo Israel, os funcionários do aeroporto da companhia área tomaram cuidado para que os passageiros respeitassem uma distância segura desde o embarque. “Estavam orientando a manter a distância, chamando por grupos e só poderiam formar filas dos grupos sendo chamados”. 

Leia Também:  Hopi Hari vai reabrir em julho com medidas anticovid-19

Ao entrar no avião , mais uma vez distância. Os assentos eram ocupados de maneira alternada, banco sim e banco não. Ainda assim, Israel preferiu se prevenir: “Paguei um valor a mais para que eu pudesse sentar ainda mais longe dos outros passageiros, para que eu pudesse melhor minha situação”. 

E com a pandemia e o turismo em pausa, o avião, no final, acabou decolando bem vazio, o que pode ajudar a aliviar um pouco o medo de ter alguém próximo contaminado. 

Leia também: Com ingressos esgotados em minutos, parque da Disney reabre na China

Uso de máscaras e outras medida de segurança

Israel de souza silva utlizando sua máscara no avião
Arquivo pessoal

Israel relata que alguns dos passageiros no voo de ida não usavam máscaras

Outro ponto que chamou a atenção foi o uso de máscaras – ou a falta delas. Mesmo com passageiros distantes um dos outros, a máscara seria algo indicado. Entretanto, de acordo com Israel, na ida para Pernambuco poucos estavam usando o item, seja no aeroporto quanto no avião. Já na volta, a companhia aérea informou que o uso era obrigatório. 

Leia Também:  5 destinos nacionais sem aglomeração para sua viagem pós-pandemia

Já outras atitudes, como medir a temperatura dos passageiros, não foram tomadas. Bastava entrar no avião e procurar o seu assento. 

Leia também: Comissário de bordo compartilha as piores gafes que já cometeu no trabalho

Pontos com aglomeração

Pessoas em um aeroporto utilizando máscaras
Fernando Frazão/Agência Brasil

De acordo com Israel, alguns pontos dos aeroportos ainda contam com aglomerações de passageiros

Nem tudo foi calmaria ou com respeito ao distanciamento. Israel viu vários lugares com aglomerações ao longo da viagem e diz ter feito o que pode para se proteger mais uma vez. 

”Na área onde as pessoas esperam as malas nas esteiras foi um ponto de grande aglomeração”, conta. ”Eu mesmo pedi cerca de três vezes para as pessoas respeitassem a distância segura para evitar contaminações”, completa. 

Mais riscos também na hora de voltar para casa. ”Na área de desembarque do aeroporto de Guarulhos havia um bom número de pessoas e motoristas esperando suas corridas, tinha bastante gente mesmo”, detalha. O avião estava vazio, mas o lado de fora do aeroporto, não. 

Fonte: IG Turismo

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Turismo

4 viagens internacionais para colocar no roteiro pós-pandemia

Publicados

em


source

Para os turistas de plantão, que já estão planejando as próximas viagens internacionais que vão fazer, o iG Turismo trouxe dicas da Gisella Depiné Poffo e do Fernando De Borthole, do canal Sonho e Destino no YouTube, sobre dicas de viagens tranquilas para fazer na Europa e no Canadá.

Eles indicaram alguns destinos sem muita aglomeração, com passeios ao ar livre tanto para o verão quanto pra o inverno.

Interior de Portugal – Lousã, Arouca, cidade de Ericeira

ericeira
Divulgação

Ericeira é uma cidade pequena e litorânea em Portugal, perfeita para recarregar as energias


As cidades do interior de Portugal são ideais para quem busca viagens tranquilas e com muitas opções de programas ao ar livre, como As Aldeias de Xisto em Lousã, os Passadiços de Paiva em Arouca e as praias de Ericeira.

Leia Também:  Hopi Hari vai reabrir em julho com medidas anticovid-19

Interior da República Tcheca – Brno, Valtice, Lednice

brno
Divulgação

Brno é uma das maiores cidades da República Tcheca, oferecendo diversos pontos turísticos como museus e matedrais

O interior da República Tcheca é repleto de cidades pequenas com pontos turísticos curiosos e são ótimos lugares para quem gosta de um friozinho. Em Brno, a segunda maior cidade do país os turistas podem visitar catedrais, mercados e castelos. Já Valtice é a cidade ideal para os apreciadores de um bom vinho, conhecida por seus diversos vinhedos. Lednice é onde está localizado os castelos mais famosos do país, diversos palácios enormes com jardins incríveis para conhecer.

Toronto, Canadá

toronto
Divulgação

Opte por conhecer Toronto no inverno, assim aproveitando para conhecer os principais pontos turísticos e também as atrações que só existem no inverno

Toronto é uma cidade muito visada no verão, mas no inverno, além de ficar mais tranquila oferece diversas opções de passeios únicos. Para os viajantes que curtem neve, tomar um chocolate quente e passear no gelo, ir para Toronto nos meses mais frios é uma ótima pedida.

Leia Também:  Não tem onde trabalhar em casa? Vá para um hotel

Montanhas Rochosas, Canadá

montanhas rochosas
Divulgação

Escolha entre um carro e um motorhome e passe dias descobrindo as vistas incríveis nos arredores das Montanhas Rochosas do Canadá

Uma viagem para ser feita dentro de um carro ou um motorhome, fazendo paradas para apreciar a vista e passar a noite. Existem diversas opções de campings pelo caminho, mas para quem preferir hotel, tem também. As cidades mais visitadas pelos turistas que vão conhecer as montanhas são Calgary, Banff, Field e Jasper. Viagem incrível para quem aprecia sossego, lagos, cachoeiras e paisagens paradisíacas.

Fonte: IG Turismo

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA