Negócios

Vitória Stone Fair-Marmomacc Latin America 2015 apresenta grande diversidade de granitos exóticos

Publicados

em

Por | 15.12.2014

Espaço reconhecido internacionalmente para o lançamento de produtos e serviços para a indústria da pedra, a Vitória Stone Fair-Marmomacc Latin America 2015, considerada a principal feira do segmento da América Latina, irá reunir entre os dias 03 e 06 de fevereiro uma grande variedade em rochas ornamentais. Como destaque do evento, as tradicionais empresas brasileiras irão apresentar desde materiais clássicos, quartzitos até as mais cobiçadas rochas exóticas e translúcidas, atraindo visitantes interessados em conhecer as novidades do setor.

 

A diversidade e a beleza das rochas ornamentais do Brasil reforçam a importância da feira no calendário de eventos internacional e colocam o país numa posição de destaque no ranking dos principais exportadores de pedras do mundo, com mais de US$ 1 bilhão de vendas de janeiro a outubro deste ano. Com 420 expositores, sendo 120 internacionais, a Vitória Stone Fair-Marmomacc Latin America deverá atrair mais de 25 mil visitantes de 66 países (dados da última edição), que vão desde compradores, arquitetos até profissionais do setor.

 

As empresas costumam aguardar a semana da feira para apresentar ao mercado novos materiais, como os exóticos, que sempre chamam atenção dos visitantes. Consideradas obras primas da natureza, essas rochas possuem uma forte aceitação no mercado internacional, principalmente o norte-americano, o maior comprador dos produtos brasileiros. Os materiais exóticos são difíceis de serem encontrados, não têm similares e concentram mais tonalidades e movimentos, sendo muito usados em projetos mais requintados.

 

Além das novidades das empresas brasileiras, o evento contará com a presença de expositores da Turquia, Itália, Índia, Portugal, China, Egito, Omã, e outros. Essa internacionalização reforça a importância do Brasil no setor, consolidando a feira como referência em ditar tendências para o mercado da pedra, da construção civil, da arquitetura e design. Além da exposição das rochas ornamentais, os visitantes têm a oportunidade de conhecer novas formas de beneficiamento das pedras, insumos, maquinários e tecnologias.

Leia Também:  Custo médio da construção civil no Espírito Santo encerra dezembro de 2011 estável

 

A diretora da Milanez & Milaneze, Cecília Milanez, ressaltou que, para atrair um maior número de visitantes para a feira, foi realizada uma ampla divulgação em eventos e em publicações internacionais. “Intensificamos na América Latina, em mercados estratégicos para o setor e também fizemos um trabalho junto às câmaras de comércio para atrairmos a presença de compradores. Contamos ainda com o apoio da VeronaFiere na divulgação em mais de 50 países”, lembra.

 

No Brasil, o Espírito Santo, estado-sede da Vitória Stone Fair-Marmomacc Latin America 2015, é o principal exportador de rochas, somando US$ 866 milhões de janeiro a outubro deste ano, com uma participação de quase 90% das exportações brasileiras de produtos manufaturados. A isso se soma a presença de importantes parques industriais e pedreiras, que são chamarizes para a vinda de compradores de todos os lugares do mundo.

 

Responsável por 10% do Produto Interno Bruto (PIB) Estadual, o setor emprega hoje mais de 25 mil pessoas diretamente e 130 mil indiretamente e é considerado referência no processo de beneficiamento das rochas ornamentais. Dos 142 teares multi-fio instalados no Brasil, 90 estão no Espírito Santo. “As empresas se modernizaram, investiram pesado em equipamentos – como politriz e multi-fio – e estão competitivas. A feira é uma vitrine para o setor de rochas mundial e impulsiona os negócios”, disse o presidente do Sindicato das Indústrias de Rochas Ornamentais, Cal e Calcários do Estado (Sindirochas), Samuel Mendonça.

Leia Também:  Veículos automotores e outros equipamentos de transporte puxaram crescimento da indústria

 

Buyers club

 

Para ampliar a participação de um público internacional qualificado no evento e impulsionar as vendas do setor, a Milanez & Milaneze em parceria com as Câmaras de Comércio dos países consumidores de rochas ornamentais está organizando comitivas de compradores para a Vitória Stone Fair-Marmomacc Latin America 2015, no projeto denominado “buyers club”.

 

Após uma criteriosa identificação e seleção de potenciais compradores, eles são convidados a conhecer o evento e o parque industrial de mármore e granito no Espírito Santo. Os participantes vêm com uma agenda de visitas com os expositores previamente definida, com o intuito de promover networking e novos negócios.

 

O projeto tem o apoio do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Espírito Santo (Sebrae-ES), da Associação Brasileira da Indústria de Rochas Ornamentais (Abirochas) e do Marble Institute of America (MIA), nos Estados Unidos.

 

A Vitória Stone Fair-Marmomacc Latin America 2015 é realizada pela Milanez & Milaneze em cooperação com VeronaFiere e promovida pelo Sindicato das Indústrias de Rochas Ornamentais, Cal e Calcários do Estado (Sindirochas) e Centro Tecnológico do Mármore e do Granito (Cetemag).

 

 

COMENTE ABAIXO:

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Negócios

Economia forte faz Ford lançar no Brasil primeiro carro global

Publicados

em

Por

Por | 05.01.2012

 

BRASÍLIA – AGÊNCIA CONGRESSO – O ministro da Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante, falou da força da economia brasileira durante o lançamento do novo Ford EcoSport, o primeiro carro da Ford produzido no Brasil, que será exportado para mais de 100 países.

“Esse é um momento especial, vivemos um momento de crise mundial e ao mesmo tempo os investimentos no Brasil crescem. Isso mostra a força do nosso país que hoje é fundamental para a sustentação da economia global”, disse Mercadante, que representou a presidenta Dilma no evento.

 

Criado em Camaçari, na Bahia, o EcoSport de nova geração faz hoje sua pré-estreia mundial também na capital da Índia. Os eventos em Brasília e Nova Déli simbolizam a popularidade que a Ford espera alcançar nos grandes mercados emergentes globais e também o crescente papel que a área de desenvolvimento do produto da América do Sul.

Os investimentos do novo Ecosport fazem parte de um total de R$ 2,8 bilhões que a companhia pretende investir no Nordeste, até 2015

“O lançamento no Brasil e na Índia, dois países da BRICS, mostra a nossa força e importância na economia mundial. Em um momento de crise global continuamos crescendo e vamos investir cada vez mais em pesquisa, engenharia, crédito e incentivo fiscal”, acrescentou o ministro.

O governador da Bahia, Jaques Wagner, também participou do lançamento e falou da importância do investimento para a economia da país e do seu estado.

“O Brasil começou na Bahia e o primeiro carro global da Ford também foi criado lá. A criatividade do nosso povo está nesse projeto que foi liderado por mais de mil engenheiros brasileiros na Bahia. É um orgulho ter um carro vendido em todo mundo com o carimbo do Brasil”, disse o governador.

Leia Também:  Espírito Santo prevê safra histórica de café em 2012

Com mais de 700.000 unidades produzidas desde o lançamento em 2003, o EcoSport é um caso de sucesso da indústria automobilística latino-americana. Desde então, tem sido o modelo mais vendido da categoria na região. O Centro de Desenvolvimento do Produto da Ford América do Sul fica localizado no Complexo Industrial Ford Nordeste, em Camaçari, na Bahia. Único do gênero na região, ele conta com mais de 1.200 engenheiros e designers que utilizam o estado da arte da tecnologia, incluindo avançadas ferramentas de design e engenharia baseadas em computação (CAD/CAE), para o desenvolvimento de veículos.


Ele é um dos oito centros de excelência da Ford no mundo e opera conectado em tempo real com outros centros nos Estados Unidos, Europa e Ásia.O complexo foi inaugurado em 2001 e trabalha junto com o Campo de Provas de Tatuí, em São Paulo, onde os novos veículos são testados e certificados. Ele é um dos dois únicos campos de provas existentes na América do Sul e um dos mais modernos do mundo.

Leia Também:  Custo médio da construção civil no Espírito Santo encerra dezembro de 2011 estável

 

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA