Educação

Videoaulas são disponibilizadas no site do EscoLAR e no canal da Sedu no Youtube

Publicados

em

 

Os alunos da Rede Pública Estadual passam a ter acesso às videoaulas do Programa EscoLAR no canal da Secretaria da Educação (Sedu) no YouTube (SeduES) – CLIQUE AQUI E ACESSE  – bem como pelo site do EscoLAR – CLIQUE AQUI. O conteúdo é gravado pelos professores da Rede e visam a incentivar e dar suporte às práticas de Atividades Pedagógicas Não Presenciais (APNP), que continuam sendo oferecidas para os alunos que optaram pelos estudos remotos.

A ação contempla o desenvolvimento de um conjunto de recursos capazes de apoiar as escolas e os professores para dar continuidade ao processo de ensino, por meio da complementação das aprendizagens já adquiridas e ao reforço escolar. As videoaulas são gravadas nos estúdios da TV Educativa do Espírito Santo (TVE).

As gravações seguem até dezembro, com a participação de 19 professores da Rede Estadual, discorrendo sobre “Habilidades Estruturantes” e “Temas Integradores”. “Poder contribuir para a educação capixaba e do Brasil como um todo, é muito gratificante como profissional e pessoa. Essa experiência está sendo bem interessante para nós. No mais, agradeço a oportunidade”, destacou o professor de Física, Pedro Henrique Santos Oliveira, que leciona na Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio (EEEFM) Nelson Vieira Pimentel, de Viana

Leia Também:  Marco do saneamento e Tribunal de Contas exigem cobrança de taxa do lixo, explica Prefeitura de Cachoeiro

Os professores que participam das gravações foram selecionados por meio dos Editais nº 12/2020 e nº 16/2020, e irão participar da gravação de 160 videoaulas. 

 

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação da Sedu
Mirela Marcarini / Geiza Ardiçon / Soraia Camata
(27) 3636-7705/ 7706 / 7707 / 7888 / 99956-2479 / 99802-9043
[email protected]/ [email protected]/ [email protected]

 

Fonte: Governo ES

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

Prazo para solicitar rematrícula nas escolas municipais termina nesta quinta (26)

Publicados

em

 

Foto: Montagem/PMCI

Termina nesta quinta-feira (26) o prazo para solicitação de rematrículas nas escolas municipais de Cachoeiro. Até o momento, cerca de 10.527 rematrículas já foram solicitadas.

Para assegurar a vaga na mesma unidade de ensino em que o aluno cursa o ano letivo de 2020, pais ou responsáveis devem, primeiramente, fazer a solicitação por meio do Portal do Aluno (prefeitura.cachoeiro.es.gov.br/educaci/portalaluno). Depois disso, em fevereiro do próximo ano, eles devem comparecer na unidade escolar, apresentando os documentos exigidos, para confirmação da rematrícula.

A documentação necessária é Cartão de Vacinação atualizado, acompanhado de declaração expedida pela Unidade de Saúde; CPF do responsável e do estudante e laudo médico atualizado (para alunos com deficiência).

Caso a rematrícula não seja efetuada, os pais ou o responsável legal precisarão, obrigatoriamente, declarar o não interesse de que o estudante permaneça na unidade de ensino, preenchendo formulário próprio, no local.

“Lembramos que, caso a família não tenha acesso à internet, pode contactar o gestor escolar ou ir à unidade de ensino, para ser orientado no processo de rematrícula”, ressalta a secretária de Educação, Cristina Lens.

Leia Também:  Black Friday: Procon de Cachoeiro realiza fiscalização contra propaganda enganosa

Matrículas novas

Já para os estudantes que estão em escolas privadas ou estaduais e desejam migrar para a rede municipal, as solicitações de matrículas deverão ser feitas de 04 a 08 de dezembro, também pelo Portal do Aluno.

Assim como nas rematrículas, a documentação para efetivação de matrículas, também será realizada em janeiro e fevereiro de 2021, nas respectivas escolas.

Portal do Aluno

Desenvolvido pela Companhia de Tecnologia da Informação de Cachoeiro (Dataci), o Portal do Aluno é utilizado desde 2019 para a solicitação de rematrículas e de matrículas novas. Neste ano, a ferramenta, que tornou o processo mais prático para os pais de alunos e para a rede municipal de ensino, ganha ainda mais importância por contribuir para evitar possíveis aglomerações nas escolas, reduzindo riscos de transmissão do novo coronavírus.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA