Política

Vermelho e Renato do Açougue vão disputar a Prefeitura de Castelo

Publicado em

Convenção do Solidariedade

A chapa puro sangue foi lançada na noite desta quinta-feira em convenção

Por Ilauro Oliveira | 20.09.2019

Como já antecipado por este site no início desta semana, o Solidariedade de Castelo lançou chapa puro sangue nesta quinta-feira (19). Em convenção, o partido definiu que Vermelho e Renato do Açougue irão disputar a prefeitura como prefeito e vice, respectivamente. A eleição acontece dia 27 de outubro.

Durante os trabalhos que definiram a composição, o candidato Vermelho reafirmou os compromissos da chapa com a população castelense.

“O lançamento dessa chapa reafirma o compromisso do Solidariedade com o povo de Castelo. Renato e eu já temos trabalhado na Câmara Municipal para melhorar a vida das pessoas, e se Deus e o povo permitirem a nossa chegada na prefeitura esse trabalho será multiplicado”, disse.

Vermelho lembrou também que o compromisso agora é trabalhar para agregar mais pessoas e partidos nesse projeto e que o esforço será para um projeto de governo que não deixe a cidade de Castelo parar nesses próximos 12 meses.

“Infelizmente o município vive essa turbulência política com a saída do prefeito, por isso nossa missão é não deixar Castelo parar nesses próximos 12 meses. Temos que trabalhar com otimismo e velocidade para chegar ao fim do ano que vem com o maior número de obras e serviços entregues ao povo. Agora vamos trabalhar para agregar outras lideranças e partidos nesse projeto em nome de Castelo”.

Leia Também:  Proposto reajuste para procuradores da Ales

 Warlen Bortoli, mais conhecido como Vermelho, é ex-presidente da Câmara Municipal e está em seu segundo mandato como vereador. Já seu colega de chapa, Renato do Açougue, é empresário na cidade e está em seu primeiro mandato na Câmara Municipal.

 

 

COMENTE ABAIXO:

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Política

Condutor de viatura pode ficar isento de pagar CNH

Published

on

Os servidores públicos que conduzem veículos oficiais das polícias Civil, Militar e Penal, do Corpo de Bombeiros Militar e do Instituto de Atendimento Socioeducativo do Espírito Santo (Iases) poderão ficar isentos do pagamento das taxas de renovação, adição ou alteração de categoria da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) cobradas pelo Detran/ES. É o que prevê o Projeto de Lei (PL) 306/2022.

Autor da proposta, o deputado Delegado Danilo Bahiense (PL) justifica a medida pelo fato de a CNH ser essencial a esses servidores na prestação de serviço ao Estado:

“Compete ao Estado, o empregador, fornecer aos seus empregados, no caso os servidores públicos responsáveis por dirigirem as viaturas, as devidas ferramentas de trabalho que vão desde equipamentos diversos como coletes à prova de balas, munições, armas de fogo, como também a isenção das taxas para renovação, adição ou alteração de categoria da CNH”, argumenta Bahiense.

O projeto estabelece que os exames médicos necessários à renovação da CNH, poderão ser realizados nas clínicas conveniadas ou por profissionais da rede pública oficial, acompanhados de laudo médico para comprovação junto ao Detran. Além disso, em caso de exigência do curso de direção defensiva deverão ser reconhecidos e aceitos os realizados e ministrados por órgãos oficiais do Estado. 

Leia Também:  Governador presta contas ao parlamento na terça-feira

O PL 306/2022 aguarda análise das comissões de Justiça, de Mobilidade Urbana, de Segurança e de Finanças, antes de ser votado em plenário pelos 30 deputados estaduais. 

Fonte: Assembléia Legislativa do ES

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA