Saúde

UTI do Hospital Unimed Sul recebe certificação por desempenho e qualidade no atendimento

Publicado em

Gestão eficiente

O desempenho do Hospital Unimed Sul foi medido a partir dos dados do Epimed Monitor

Por | 00.00.

A Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital Unimed Sul recebeu mais um reconhecimento pelo seu desempenho no ano 2018. A unidade conquistou, pela segunda vez, o Certificado de Gestão de Indicadores de Qualidade e Desempenho, concedido pela Associação de Medicina Intensiva Brasileira (AMIB).

A certificação atesta que a UTI do Hospital Unimed Sul Capixaba opera visando à redução de riscos aos pacientes, visitantes, profissionais e, também, ao meio ambiente. Além disso, demonstra o atendimento de alta qualidade prestado aos internados em estado crítico de saúde.

O desempenho do Hospital Unimed Sul foi medido a partir dos dados do Epimed Monitor – sistema para a gestão de informações clínicas e epidemiológicas utilizado pelo hospital. “O certificado assegura que fazemos a gestão de maneira eficiente, alimentamos o sistema de dados mensalmente e não deixamos de fornecer nenhum tipo de informação”, explica o diretor de Recursos Próprios da Unimed Sul, Dr. Gediel Teixeira Xavier.

Leia Também:  Ministro da Saúde diz que não vai decretar fim da pandemia "sozinho"

Além do Certificado de Gestão de Indicadores de Qualidade e Desempenho, a UTI Adulto do Hospital também recebeu o Selo Top Performer, pela atuação no ano de 2018. O reconhecimento é concedido às unidades de terapia intensiva que apresentaram os melhores e mais eficientes resultados, e foi conquistado pelo hospital pelo segundo ano consecutivo.

 

 

COMENTE ABAIXO:

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Saúde

Brasil registra 37 mortes por covid-19 em 24 horas

Published

on

Em 24 horas, foram registrados 4.429 novos casos de covid-19 no Brasil. No mesmo período, houve 37  mortes de vítimas do vírus. O Brasil soma desde o início da pandemia 681.437 mortes por covid-19, segundo o boletim epidemiológico divulgado neste domingo (14), pelo Ministério da Saúde. O número total de casos confirmados da doença é de 34.170.286.

Ainda segundo o boletim, 32.993.386 pessoas se recuperaram da doença e 495.463 casos estão em acompanhamento. No levantamento de hoje, não consta atualização dos dados de óbitos em Mato Grosso do Sul, do Distrito Federal, do Maranhão e de Minas Gerais. Já os estados de Mato Grosso, Rio de Janeiro, Roraima, Rio Grande do Norte e Tocantins não atualizaram nem o número de casos nem de morte.

Estados

Segundo os dados disponíveis, São Paulo lidera o número de casos, com 5,97 milhões, seguido por Minas Gerais (3,85 milhões) e Paraná (2,71 milhões). O menor número de casos é registrado no Acre (147,5 mil). Em seguida, aparecem Roraima (173,9 mil) e Amapá (177,7 mil).

Leia Também:  Ministro da Saúde diz que não vai decretar fim da pandemia "sozinho"

Em relação às mortes, de acordo com os dados mais recentes disponíveis, São Paulo apresenta o maior número (173.652), seguido de Rio de Janeiro (75.162) e Minas Gerais (63.257). O menor total de mortes situa-se no Acre (2.025), Amapá (2.155) e Roraima (2.165).

Boletim Epidemiológico Boletim Epidemiológico

Boletim Epidemiológico – 14/08/2022/Divulgação Ministério da Saúde

Vacinação

De acordo com os últimos dados divulgados, foram aplicadas 471,7 milhões de doses de vacinas contra a covid-19, sendo 178,7 milhões com a primeira dose e 159,8 milhões com a segunda dose. A dose única foi aplicada em 4,9 milhões de pessoas. Outras 104,4 milhões já receberam a primeira dose de reforço, e 18,9 milhões receberam a segunda dose de reforço.

Edição: Claudia Felczak

Fonte: EBC Saúde

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA