Saúde

Unimed Sul Capixaba integra Ranking das Melhores Empresas para Trabalhar 2020 no setor saúde

Publicados

em

A Unimed Sul Capixaba teve mais uma vez suas ações de gestão de pessoas e o bom ambiente de trabalho reconhecidos nacionalmente. A cooperativa integra o Ranking Melhores Empresas para Trabalhar de Saúde 2020, estando entre as 80 empresas de destaque na premiação concedida pelo Great Place to Work (GPTW), organização com presença mundial. O evento de divulgação do ranking, online, aconteceu na quinta-feira (19), tendo a Unimed conquistado a 11ª posição na categoria Planos de Saúde.

A cooperativa se destacou, a partir da percepção dos próprios colaboradores, por oferecer oportunidades de desenvolvimento e crescimento na carreira, além de reconhecer os talentos internos, promover o bem-estar, a colaboração, a autonomia e a inovação. Só concorrem ao ranking empresas que já foram avaliadas anteriormente e que possuem certificação GPTW. A metodologia considera a pesquisa de clima, ouvindo os colaboradores, e a avaliação das práticas de gestão de pessoas, por meio das dimensões credibilidade, respeito, orgulho, imparcialidade e camaradagem.

“Este reconhecimento é muito especial, sobretudo este ano, que está sendo extremamente complexo e desafiador. Foi especial também porque foi a primeira vez que a Unimed se inscreveu para participar, vencendo numa categoria que tem um mercado muito competitivo e disputado até mesmo por empresas multinacionais”, afirma o vice-presidente da Unimed Sul Capixaba, Gil Gonçalves Azeredo.

Leia Também:  Em Cachoeiro, repasses do estacionamento rotativo para Saúde são investidos no Samu 19

O prêmio, acrescenta o vice-presidente, reflete a satisfação dos colaboradores com a empresa e as ações contínuas desenvolvidas para manter o bom clima organizacional e elevar o engajamento. “Conquistar o ranking GPTW também mostra o quanto estamos alinhados com nossos colaboradores no propósito de cuidar de pessoas”, afirma.

Dentre as ações promovidas pela cooperativa estão apoio ao desenvolvimento pessoal e profissional dos colaboradores, práticas de incentivo aos cuidados com a saúde e a melhoria da qualidade de vida e horário de trabalho flexível. Há ainda benefícios além dos garantidos por lei e atividades voltadas para aproximar e integrar os colaboradores, entre outras.

“Neste ano, mesmo enfrentando a pandemia, tivemos novas iniciativas, como o projeto Alavanca, que busca promover o desenvolvimento de carreira e o protagonismo das pessoas. Fizemos o programa com 50 colaboradores, mostrando que eles podem alcançar alternativas de sucesso e felicidade como profissionais e como pessoas por meio deles mesmos”, comenta o gerente de Gestão de Pessoas e Serviços da Unimed Sul Capixaba, Atílio Peixoto. Outras iniciativas são o Programa CHAS Conexões, que incentiva o empreendedorismo, e o Você em Destaque, que é um reconhecimento para colaboradores que se destacam ao longo do ano.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

Quinze pacientes são transferidos do Amazonas para Goiás

Publicados

em


Mais 15 transferências de pacientes com covid-19 do Amazonas foram realizadas na tarde de hoje (18) para outros estados da Federação na tarde de hoje. Dessa vez, os internados foram encaminhados para a cidade de Góias (GO).

Hoje pela manhã, também foram transferidos de Parintins (AM) para Belém dois pacientes. A previsão é que mais cinco pacientes do município devem ser transportados amanhã (19) para o Hospital de Campanha de Belém.

Até o momento foram transferidos 94 pacientes para outros estados, segundo informou a Secretaria de Saúde estadual. A ação faz parte da força-tarefa, em conjunto com o governo federal, para diminuir a lotação dos hospitais públicos do estado diante do aumento do número de internações de pessoas infectadas pelo novo coronavírus.

Segundo a secretaria, o estado de saúde dos pacientes é estável e, portanto, permite a locomoção área dos internados. Os pacientes transferidos para Goiás estavam no Serviço de Pronto Atendimento (SPA) São Raimundo, SPA Alvorada, SPA Zona Sul, Hospital e Pronto Socorro (HPS) Dr Aristóteles Platão Bezerra de Araújo e HPS Dr. João Lúcio Pereira Machado, todos na capital Manaus.

Leia Também:  Covid-19: Rio de Janeiro prevê aplicação do primeiro lote até sábado

Segundo boletim divulgado há pouco, a Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas contabilizou 232.434 casos da doença no estado. Desde que a presença do novo coronavírus no país foi confirmada, no fim de fevereiro de 2020, 6.308 pessoas morreram em decorrência da doença.

Entre os casos confirmados, 1.766 pacientes estão internados, sendo 1.144 em leitos (475 na rede privada e 669 na rede pública), 598 em UTI (284 na rede privada e 314 na rede pública) e 24 em sala vermelha (estrutura voltada à assistência temporária para estabilização de pacientes críticos ou graves que, uma vez estabilizados, são encaminhados a outros pontos da rede de atenção à saúde).

Edição: Fábio Massalli

Fonte: EBC Saúde

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA