Política Nacional

TSE recebe R$ 2 bilhões em verbas de fundo eleitoal para eleições de 2020

Publicados

em


source
urna eleitoral
reprodução

Eleições municipais vão receber R$ 2 bilhões em fundo eleitoral

O Tribunal Superior Eleitoral recebeu os recursos do Fundo Especial de Financiamento de Campanha, mais conhecido como fundo eleitoral.

Os recursos destinados devem ser usados pelos partidos para financiar as campanhas eleitorais municipais de 2020. Vale lembrar que, no mínimo 30% do valor recebido por cada partido, deve ser destinado ao financiamento de candidaturas femininas.

Leia mais:  Eleições 2020: “Não pretendo apoiar prefeito em lugar nenhum”, diz Bolsonaro

O fundo eleitoral é constituido por valores do orçamento da União em todos os anos eleitorais.

Em até 15 dias, o TSE vai divulgar os valores que cada partido vai receber para financiar suas campanhas.

Após o TSE definir o valor que caberá a cada partido, será feita a transferência dos recursos para uma conta aberta pelo diretório nacional do respectivo partido para atender unicamente a essa finalidade.

Fundo eleitoral

Na Reforma Eleitoral de 2017, o Congresso Nacional criou o fundo eleitoal com o objetivo de destinar recursos do Tesouro Nacional para que os candidatos a posições públicas pudessem divulgar suas propostas aos eleitores.

Leia Também:  "Fora do jogo político": Moro diz que não será candidato à presidência em 2022

Saiba mais:  Congresso e TSE estudam adiar eleições para 15 de novembro ou 6 de dezembro

O dinheiro é dividido com base na representatividade dos parlamentares já eleitos. Quanto mais parlamentares, mais dinheiro o partido pode receber.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política Nacional

Avó de Michelle Bolsonaro testa positivo para a Covid-19

Publicados

em


source
Primeira-dama Michelle Bolsonaro
Carolina Antunes/PR

Primeira-dama Michelle Bolsonaro

A avó da primeira-dama Michelle Bolsonaro , mulher do presidente J air Bolsonaro (sem partido), testou positivo para a Covid-19 nesta sexta-feira (3). Com 80 anos, Maria Aparecida Firmo Ferreira faz parte do grupo de risco de contaminação pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2) e está com 78% dos pulmões comprometidos. As informações são do jornal Metrópoles .

Nesta quinta, Ferreira foi atendida já com suspeita de contaminação . Ela está internada em um box de pronto atendimento do Hospital Regional de Santa Maria (HRSM) e aguarda um leito na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Ainda de acordo com o Metrópoles , a idosa apresenta quadro de pneumonia e comorbidades, como problemas cardíacos e hipotiroidismo.

Apesar da situação preocupante, a avó da primeira-dama apresenta quadro estável e tem respondido bem às medicações. No entanto, ela ainda faz uso de máscara respiratória para ter mais conforto respiratório.

Leia Também:  Weintraub deseja sorte a Feder antes dele aceitar cargo de ministro oficialmente

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA