Esporte

Treinador do Palmeiras Abel Ferreira, afirma estar orgulhoso e exalta empenho do time

Publicados

em


O Palmeiras conquistou mais uma vitória pelo Campeonato Brasileiro. Jogando no Allianz Parque, o Verdão superou o Athletico-PR por 3 a 0, neste sábado (28), e chegou aos 37 pontos conquistados pelo Nacional. O técnico Abel Ferreira voltou a elogiar o comprometimento dos jogadores do time alviverde após o triunfo deste fim de semana.

“O mérito é inteiro dos jogadores. Eles correm, pressionam, jogam, fazem gols e sofrem também. A minha função, enquanto treinador, é indicar um caminho, dizer qual caminho eu acho o melhor, mas quem corre são eles. O mérito é dos jogadores por terem a mente aberta e pela dedicação, paixão e alegria que estão demonstrando dentro de campo. Com o talento deles, estamos muito mais próximos de ganhar. Não ganharemos sempre, mas a nossa obrigação é lutar sempre para ganhar”, afirmou o comandante, exaltando a força coletiva do elenco palestrino.

“Ninguém está acima da equipe, a nossa força está no jogo coletivo. Dependemos de todos os jogadores, não dependemos de um. O titular aqui é a equipe, a ideia de jogo, o clube… Eu não exijo nada mais e nada menos do que o melhor de cada um. Enquanto fizerem isso, eu os defenderei até a morte”, disse.

  Verdão fecha preparação para confronto com o Flamengo em treino tático no campo sintético

Leia Também:  Figueirense segue preparação para enfrentar CRB

Com três gols nos últimos dois jogos, Rony foi exaltado pelo treinador. “É um homem que está feliz e a serviço da equipe. Se eu pedir, ele joga de centroavante, de camisa 10, de ponta… Tudo que está acontecendo agora é mérito da vontade de nossos jogadores. Eu não faço milagres, não sou mágico e não tenho varinha. É fruto do trabalho deles. Achamos que o Rony tinha todas as características para ser um centroavante com as ausências que temos. Ele é baixinho, mas tremendamente impulsivo, salta muito. E, por mérito do trabalho dele, conseguiu fazer três gols nos últimos jogos. Isso é bom para ele e para a equipe”, destacando também o zagueiro Luan, que atuou em uma posição diferente no confronto com o Athletico-PR.

“O Luan e o (Gustavo) Gómez são dois grandes centrais, mas o Renan e o Emerson (Santos) têm jogado muito bem. Hoje, o Luan entrou na posição de 5 e deu uma resposta maravilhosa. Isso me enche de alegria e orgulho porque todos estão disponíveis para ajudar onde for. O que me enche de alegria é ver a forma como eles se dão bem no treino, a competitividade para estar na equipe não estraga o ambiente”, falou. “Procuramos uma solução para o meio, tentamos contratar um jogador, mas não foi possível. Temos de arranjar soluções aqui dentro. Assim como descobri o (Gustavo) Scarpa na lateral, fiz um exercício para ver quem está disponível para a posição. O Luan entrou bem, gostei do que fez. Pode ser uma hipótese para a posição no futuro”, concluiu Abel.

  Pela 4ª vez, Ceará e Palmeiras se enfrentaram pela do Copa do Brasil

Leia Também:  Luxemburgo faz análise do time e incentiva para próxima partida

O Palmeiras volta a campo na próxima quarta-feira (02), às 19h15, para enfrentar o Delfín-EQU, no Allianz Parque, pela partida de volta das oitavas de final da Conmebol Libertadores. Já no domingo (06), às 16h, o Verdão encara o Santos, na Vila Belmiro, no litoral paulista, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Foto: Palmeiras Oficial

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esporte

Luxemburgo faz análise do time e incentiva para próxima partida

Publicados

em


Apesar do resultado negativo, o Vasco permaneceu na mesma posição na tabela, com 32 pontos. Vanderlei declarou que a atuação da equipe durante os 90 minutos, não foi convincente. Disse ainda que o maior prejuízo foi ter perdido para um adversário que está lá embaixo na tabela e ressaltou que a equipe terá que buscar esse resultado negativo de alguma forma.

– Era um confronto direto. O prejuízo é que perdemos para um adversário que está lá embaixo na tabela. E com uma vitória hoje avançaríamos para 35 pontos e ficaríamos muito próximos do nosso objetivo inicial. Não tivemos uma atuação convincente. O segundo tempo, com um jogador a menos, a equipe se dedicou, correu bastante, mas não foi o suficiente para conseguirmos o resultado. Mas é uma situação que poderia acontecer. Vamos ter que buscar esse resultado negativo em casa de outra maneira – disse Vanderlei Luxemburgo.

Restando nove partidas para o fim do Campeonato Brasileiro, o Vasco ainda tem seus objetos a cumprir. Vanderlei Luxemburgo tranquilizou a todos dizendo que o resultado da partida não muda em nada a situação da equipe e que todos irão continuar correndo atrás dos seus objetivos.

  Após empate com Bragantino Vasco treina para próximos confrontos

Leia Também:  Palmeiras realiza últimos ajustes para clássico com o Corinthians

– Ainda temos nove jogos e essa conta que estamos fazendo é de 12 jogos. Se tivéssemos ganhado hoje, não terminaríamos a competição, nem teríamos ficado na Primeira Divisão. Perdemos hoje e também não muda nada. Nós continuamos correndo atrás da manutenção da equipe na Primeira Divisão.

Confira outros trechos da entrevista:

Expulsão do Henrique

– Eu ainda não vi o take. Preciso ver o take para fazer uma análise e não falar bobagem. Perder um jogador no primeiro tempo é sempre muito ruim. Mas gostaria de dar uma olhada para interpretar. Tem lances que você tem a intenção de dar a cotovelada e tem lances que você não tem, mas acontece, é algo do jogo. Por isso gostaria de dar uma olhada e falar sobre o que aconteceu.

Substituições na partida

– Eu tenho um lateral jogando no meio-campo, que já jogou algumas vezes de lateral-esquerdo. Por que eu vou trocar um jogador ainda no primeiro tempo? E como ele atuou bem na lateral, não teve nenhum problema ali, eu preferi deixar do que fazer a substituição. Depois eu fiz a substituição vendo o que o Coritiba ia fazer.

  Vasco trabalha forte com foco na partida contra o Sport

Leia Também:  Figueirense segue preparação para enfrentar CRB

Volta de Benítez

– Ficou claro que ele precisa de mais jogo. Você não tem como levar 15 dias preparando o jogador, porque não dá tempo. Você tem que usar o jogador, como usei. Vamos ver agora na representação para ver como vamos preparar o time para quarta-feira. Vamos ver o que podemos fazer.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA