Entretenimento

Tim Maia, o artista que engrandeceu o soul e o funk no Brasil

Publicados

em


source
Tim Maia, o artista que engrandeceu o soul e o funk no Brasil
Thereza Blota

Tim Maia, o artista que engrandeceu o soul e o funk no Brasil

Como muitos já sabem, o título desta matéria faz alusão ao apelido dado por Jorge Benjor em sua música W/Brasil, ao seu amigo e gigante Sebastião Rodrigues Maia o nosso saudoso Tim Maia.

Carioca da Tijuca nascido em 29 de setembro de 1942 , Maia era cantor, compositor, empresário, multi-instrumentista, maestro e grande responsável por tornar o soul, o funk e o R&B mais conhecidos no Brasil.

Com tessitura vocal baixo-barítono , voz grave, potente, e inconfundível, Tim Maia deu seus primeiros passos na música aos 14 anos como percussionista, quando criou o Grupo Os Tijucanos do Ritmo , que duraria apenas 1 ano, mas que serviria de combustível para o trabalho seguinte.

Em 1957, fundou o grupo The Sputniks (nessa época ainda conhecido como Tião Maia ), em que um dos membros era seu parceiro e amigo, o Rei Roberto Carlos . Dois anos depois, foi para os EUA conhecer de perto a black music e o soul.

Leia Também:  Irmã de Whindersson Nunes se pronuncia após ser acusada de copiar Luísa Sonza

Já de volta ao Brasil em 1970, gravou seu primeiro LP, Tim Maia, que emplacou vários sucessos que dispensam apresentações, como Azul da Cor do Mar, Primavera e Eu amo você . Um ano depois, nos coroou com o hino Não Quero Dinheiro, Só Quero Amar, e outras pérolas como Não Vou Ficar e Preciso Aprender a Ser Só.

Cinco anos mais tarde, Tim se filiou à seita Universo em Desencanto , e lançou a mística Rational Culture.

Você viu?

Com um gênio forte e uma personalidade marcante regada ao uso de drogas, Tim Maia frequentemente criava polêmicas e atritos com empresários, produtores e gravadoras. Por esse motivo, fundou sua própria gravadora, a Seroma (amores ao contrário), que mais tarde se tornou a conhecida Vitória Régia. Vieram então mais tiros certeiros, como Descobridor dos Sete Mares, Que Beleza , e a clássica Me dê Motivo.

Por nunca ter largado o consumo de álcool e drogas, muitas vezes não comparecia à shows e entrevistas, o que passava a ser um problema para contratantes e produtoras musicais. Sem contar as reclamações constantes nos ensaios por parte de Tim, o que se tornou sua marca registrada. A frase Mais retorno , virou um clássico pedido antes dos shows e até durante as apresentações.

Leia Também:  Duda Reis rebate assessoria de Nego do Borel: 'Fatos destorcidos'

Tim Maia faleceu em 15 de março de 1998 , aos 55 anos , mas seus hits seguem atuais como nunca, e sua vida já virou musical, documentário e até filme. Nada mais merecido, para um talento e carisma dessa potência.

Saudades do nosso eterno Síndico do Brasil !

Fonte: IG GENTE

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entretenimento

‘A Fazenda 13’: Mc Gui repreende Rico após dinâmica

Publicados

em


source
'A Fazenda 13': Mc Gui repreende Rico após dinâmica
Reprodução/PlayPlus

‘A Fazenda 13’: Mc Gui repreende Rico após dinâmica


A tarde foi agitada neste sábado (18) no reality “A Fazenda 13” após a dinâmica patrocinada para os peões.


A atividiade consistia em fazer uma apresentação musical. Os peões foram divididos em cinco grupos com quatro pessoas.

Leia Também

Durante a dinâmica, o influenciador Rico se revoltou com o nota sete recebida pelo fazendeiro Gui Araújo. “É marmelada, ele vai dar nota para os amiguinhos dele”, reclamou.

Mc Gui se incodomou junto com o ex-De Férias com o Ex e disse que o comediante não saber perder.

Após volta para a casa, o funkeiro tentou conversar com o influenciador, mas não deu certo. “Rico, você precisa saber conversar. Se levantar a voz perde a razão. Não precisa faltar o respeito comigo. Tive maior carinho com você o tempo todo. Não vou aturar seu joguinho”, declarou.

Leia Também:  Covid-19: mutirão de vacinação em três locais de Cachoeiro neste sábado (18)

“Então não vem conversar comigo porque eu vou perder a razão, e não precisar aturar mesmo não”, rebateu de imediato. Logo em seguida, Rico se arrependeu e pediu desculpas: “Eu estava brincando, desculpa a minha ignorância”.

Recentemente, Mc Gui relembrou morte do Mc Daleste, em São Paulo, e revelou fazia shows com colete à prova de balas .

Fonte: IG GENTE

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA