Política

Surge o nome de Armando Zanata para renovar a política de Alfredo Chaves

Publicados

em

Pré-candidato a prefeito

Em entrevista, o empresário fala sobre o momento político em Alfredo Chaves

Por Ilauro Oliveira | 31.10.2019

Em uma cidade onde há vários anos o nome do prefeito é o mesmo, e os demais pré-candidatos já são veteranos na política, surgem os ventos da mudança com o empresário Armando Zanata. Ele foi lançado por centenas de amigos, com o suporte do Partido Republicano Brasileiro (PRB), onde é filiado. Pré-candidato a prefeito, Zanata diz que, se for a vontade de Deus e do povo, aceita a missão, por amor a Alfredo Chaves.

Além da vontade de disputar, Zanata busca apoios em nível estadual, como o do governador Renato Casagrande (PSB); e dos correligionários Amaro Neto, deputado federal, Erick Musso e de Hudson Leal, deputados estaduais, entre outros.

 Esse expressivo grupo político se propõe a lançar o nome de Zanata, como um baluarte de renovação, no desgastado mercado político alfredense. O objetivo maior da pré-candidatura é renovar e levar os avanços sociais, culturais e empresariais a toda a população.

Mini entrevista com Zanata

Leia Também:  Senado vê com cautela abertura de CPI para investigar Carlinhos Cachoeira

Como foi o convite do PRB para você ser pre- candidato a prefeito?

Zanata – Recebi com humildade e confiança. Estou conversando com amigos. Se tiver o apoio dos alfredenses, posso aceitar.

Tem conversado com as lideranças locais?

Zanata – Sim, e vamos intensificar os encontros. Sinto uma vontade de mudar na Sede e no Interior. Me sinto preparado para governar.

Qual a lição que tirou de sua candidatura a deputado estadual?

Zanata – Foi um aprendizado. Hoje estou maduro. Em política se aprende todo dia. Conheci muitas lideranças na campanha e, com cada uma delas, senti a confiança em meu nome.

Chegou a hora da mudança na cidade?

Zanata – Sim, temos que respeitar a história de quem já fez por Alfredo Chaves, porém tudo tem início, meio e fim. A população quer novidades na política.

Quais os próximos passos da Armando Zanata?

Zanata – Vou seguir conversando com as comunidades, caminhando com as lideranças em seus anseios, me comunicando nas redes sociais, aceitando sugestões e colocando eu e minha família à disposição da população. Tenho pedido a orientação de DEUS, para que ele me direcione. Aí, tomaremos uma posição. Um abraço a todos.

Leia Também:  Janete cobra medidas para conter homicídios de mulheres

 

 

COMENTE ABAIXO:

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Política

Ales tem mutirão contra enfisema pulmonar

Publicados

em

Durante o inverno, aumentam os casos de doenças respiratórias, inclusive aquelas que atingem os pulmões, por causa do resfriamento da temperatura ambiente e da umidade do ar. A Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC), mais conhecida como enfisema pulmonar, é uma das mais perigosas e nesse período tende a registrar maior incidência entre a população. Para diagnosticar essa e outras doenças, foi realizado o Mutirão da Espirometria nesta quarta-feira (10), no andar térreo da Assembleia Legislativa (Ales). A iniciativa foi do deputado Doutor Hércules (Patri). 

A espirometria é um método de prova de função pulmonar. Um aparelho introduzido na boca avalia o fluxo e a quantidade de ar, medindo a capacidade respiratória dos pulmões da pessoa, através da inspiração profunda e sopro durante seis segundos. 

Para o deputado, esse tipo de mutirão deveria se estender para todo o estado. “A intenção de trazer essa cabine é pra fazer um rastreamento para atender a população que não tem acesso a esse tipo de equipamento”, explicou. 

Para o teste de sopro, foi utilizada uma cabine, o aparelho para medir o índice respiratório, um computador com programa próprio para definir o diagnóstico do paciente, além de profissional para realizar o exame. O paciente recebe um relatório com o diagnóstico e, caso esteja com deficiência respiratória, é orientado a procurar um especialista.

Leia Também:  Deputado capixaba quer regras para taxa de esgoto

O dispositivo foi criado pela farmacêutica Boehringer Ingelheim e tem aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).
 

Fonte: Assembléia Legislativa do ES

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA