Artigo

Superintendência de Saúde de Cachoeiro sob auditoria estadual

Publicado em

Por | 05.02.2012

 

 

Pouca gente sabe, mas a auditoria na Superintendência Estadual de Saúde, que tem sede em Cachoeiro, mas com compromisso de atender toda a população da região sul, já rola há mais de uma semana. 

 

O objetivo está claro, mas não esclarecido. Querem saber se há irregularidades nos serviços de remoção de pacientes. Resumindo: se tem gente ganhando muito, mas sem fazer o serviço.

 

Procurado por esse colunista, diplomaticamente e educadamente, até para não causar alarde, o superintendente Jair Ferraço disse com tranquilidade que o procedimento é de rotina.

 

Não é. Existem denúncias graves no colo da cúpula estadual de Saúde. A boa noticia é que parece que estão sendo verdadeiramente apuradas. Ate porque seriam fatos que não envolvem diretamente esta gestão e nem este governo.

 

Vamos ver no que dá.

 

*****************************************************************************

 

Se o governador Renato Casagrande (PSB) não se antecipar junto à PM, o Espírito Santo pode ser tornar uma Bahia de problemas na segurança pública do estado, a partir do dia 15.

Leia Também:  Injusta Sentença - Por José Dirceu

 

O colunista tem conversado informalmente com amigos que vestem a farda com dignidade e fica boquiaberto com o grau de insatisfação. É geral.

 

***************************************************************************

 

A grande imprensa do estado que não faz outra coisa a não ser paparicar o ex-governador Paulo Hartung (PMDB), faz maledicência com o fato de o ex-deputado e pré-candidato a prefeito de Vitória, Luiz Paulo Vellozo Lucas (PSDB) ter elogiado PH recentemente. Mas lá atrás também fazia quando o tucano resolveu desafiar a unanimidade bonapartista e lançar-se ao governo. Vai entender!

 

***************************************************************************

 

Pela primeira vez o governador Renato Casagrande esteve em Presidente Kennedy em um evento que teve a presença de ex-prefeitos locais, menos Aloísio Corrêa (PR). Inaugurou um Campo Bom de Bola e até bateu pênalti. O goleiro era o prefeito Reginaldo Quinta (PTB).  O chute foi feio (esperar o que de um botafoguense) mas o gol aconteceu, porque não se pode desagradar visitas. Depois, feliz da vida com a presença governamental, Quinta foi comer uma moqueca no restaurante do Ivo, em Praia de Neves.

Leia Também:  Cidadão de 4 em 4 anos

 

****************************************************************************

 

Empolgado com a administração de Reginaldo Quinta, que é quase uma unanimidade junto à população, o deputado Glauber Coelho (PR) encheu o prefeito de elogios em entrevista que deu à Rádio Cultura de Castelo. Acho até que esqueceu que o seu colega de partido, Aloísio Corrêa, é candidato à prefeitura municipal.

 

**************************************************************************

?Por Deus não posso entender como vamos chorando / Se os nossos cicerones são aves cantando/ Lateralmente as flores deitam aroma sorrindo / E ouço da natureza que sejam bem-vindos? ? Cartola (Que sejam bem-vindos)

     

 

 

COMENTE ABAIXO:

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Artigo

Eterna Aprendiz – Por Flávia Cysne*

Published

on

Que a vida é uma escola não é novidade né? E eu tenho constatado esse fato todos os dias. Especialmente em relação às mulheres, que têm a capacidade impressionante de se reinventar.

A constatação é realmente diária. Muitas histórias são parecidas com a minha, outras diferentes, mas todas se entrelaçam na resiliência e capacidade de seguir em frente, superando muitos desafios, sempre aliados à criação dos filhos, ao trabalho em casa e fora dela e à gestão da família, nem sempre com o apoio do companheiro, o que felizmente não é o meu caso.

Tenho convivido nos últimos meses com muitas mulheres que sempre foram empreendedoras, mas que não enxergavam o valor de sua atividade, o que felizmente mudou a partir do trabalho do conscientização e apoio como o realizado pela Aderes junto a mulheres de todo o Estado.

Numa das agendas que cumpri como representante do escritório regional sul do órgão ouvi algumas histórias que mostram a importância do nosso trabalho. Uma produtora rural contou que sempre trabalhou na roça ao lado do marido. Mas que o retorno financeiro do seu trabalho não passava pela sua mão. Era da família,  o que era enxergado até com certa naturalidade, já que com sua mãe era exatamente igual.

Leia Também:  Hartung se articula desde 2010

Ela falava da importância de encontros como o que estávamos promovendo porque foi participando de um deles que descobriu que poderia ter sua própria renda fazendo as geleias, bolos e outras delícias que eram tradição de família e agradavam a todos. A mulher me contou, feliz, que o trabalho continua intenso e que agora, como dona de uma agroindústria com produtos bastante requisitados no mercado.

A diferença é que tem dinheiro no fim do mês e já comprou muitas coisas para si e sua casa que eram sonhos da vida toda. Por que estou contando isso? Porque é gratificante perceber que o nosso trabalho é muito importante para valorizar o  de tantas outras mulheres que, como eu (que tenho uma produção de flores) estão sempre em atividade.

Trabalhando pelo bem-estar da família, mas também para alcançar sonhos e projetos pessoais nem sempre valorizados.

Neste trabalho é fundamental fortalecer e valorizar outras mulheres naquilo que fazem com excelência. Mas que nem sempre veem como uma atividade empreendedora e sustentável.  Estou realmente muito feliz porque aqui ninguém solta a mão de ninguém. Juntas somos mais fortes.

  • Flávia Cysne é ex-prefeita de Mimoso do Sul e atualmente gerente da Aderes no Sul do Espírito Santo
Leia Também:  O Papa Francisco, chamado a restaurar a Igreja - Por Leonardo Boff

 

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA