Política

Solidariedade de Castelo marca convenção para quinta-feira e deve lançar candidato

Publicado em

Vermelho ou Wagner do Açougue

O presidente da sigla disse que o próximo prefeito precisa estar em harmonia com todos os vereadores

Por Ilauro Oliveira | 16.09.2019

Enquanto se aproxima a data para a eleição de Castelo, mais nomes começam a se interessar pela disputa. Desta vez o Solidariedade se coloca no centro do pleito e ensaia lançar um de seus dois vereadores.

O experiente Warlen Bortoli (Vermelho), ex-presidente da Câmara Municipal em seu segundo mandato, e o novato Renato do Açougue se colocaram a disposição do partido.

A convenção já tem data. Acontece na próxima quinta-feira, dia 19, na Câmara Municipal, das 17hs às 20hs. Na ocasião serão deliberados os nomes a prefeito, vice, e coligação.

O presidente da sigla, Vermelho, disse ao site Atenasnoticiais na tarde desta segunda-feira (16) que vem construindo o caminho para que o partido tenha um nome que represente da melhor maneira os anseios dos castelenses. Vermelho também não descartou compor com outras siglas.

“Eleição é grupo, é construção. Estamos conversando com muita gente. Apesar de termos dois nomes dispostos a disputar, tanto eu quanto o Renato, o Solidariedade quer construir um bom caminho para Castelo, por isso não descartamos alianças. Até quinta-feira esse quadro vai evoluir e vamos avançar”.

Leia Também:  TSE vai comprar 180 mil urnas eletrônicas para eleições de 2020

Vermelho também desenhou um cenário onde o próximo prefeito precisa estar em total harmonia com os vereadores, pois sem diálogo e sem trânsito na Câmara, o município pode ser penalizado.

 “Nesse momento, o futuro prefeito precisa estar bem sintonizado com os vereadores. Vai ser um mandato curto e que vai depender da união de todos, principalmente do novo prefeito com os vereadores. Senão existir essa sintonia, Castelo pode ficar vários meses sem avançar. Por isso, nosso partido se coloca no cenário. Já comandamos a Câmara por dois anos e temos um diálogo total com os nossos colegas. Quem assumir, terá poucos meses para organizar a casa e trabalhar por Castelo”, disse.

 

 

 

 

COMENTE ABAIXO:

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Cidades

Prefeito de Marataízes exonera quatro secretários municipais e mais 15 comissionados

Published

on

O prefeito em exercício de Marataízes, Jaiminho Machado, exonerou, em uma canetada só, quatro secretários municipais.

A lista foi publicada no diário oficial desta sexta-feira (12).

Além deles, consta na lista João Antonio Neto, o Joãozinho, gerente de gestão, que estava lotado no gabinete e também já exerceu cargo em primeiro escalão.

Em importância menor dentro da escala administrativa, também foram exoneradas outras 15 pessoas, entre diretores e outros.

Todos os nomes exonerados foram nomeados pelo então prefeito afastado Tininho Batista e eram colaboradores desde o seu primeiro mandato como prefeito.

Um dos secretários exonerados é Robson Abreu Silva que respondia por três secretarias.

Confira os secretários exonerados:

ANDERSON GOUVEIA DE OLIVEIRA – SECRETÁRIO MUNICIPAL DE DEFESA SOCIAL E SEGURANÇA PATRIMONIAL

ROBSON SEYR – SECRETÁRIO MUNICIPAL DE ESPORTE E LAZER

ANTÔNIO CARLOS SADER SANT’ANNA –  SECRETÁRIO MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE

ROBSON ABREU SILVA – SECRETÁRIO MUNICIPAL DE PESCA E AQUICULTURA

ROBSON ABREU SILVA – SECRETÁRIO MUNICIPAL DE INFRAESTRUTURA DE INTERIOR

Leia Também:  Fabiano Contarato propõe criação de fundo emergencial para tragédias

ROBSON ABREU SILVA – SECRETÁRIO MUNICIPAL DE AGRICULTURA, AGROPECUÁRIA E ABASTECIMENTO

JOÃO ANTONIO NETO – GERENTE DE GESTÃO ADMINISTRATIVA

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA