Estado

Saúde do ES inicia migração de leitos exclusivos da Covid-19 para outras especialidades médicas

Publicados

em

 

.

A partir desta segunda-feira (27), a Secretaria da Saúde (Sesa) vai começar a reverter o perfil de alguns leitos hospitalares disponibilizados para paciente com a Covid-19, para atender pacientes de outras especialidades médicas. A medida vale para leitos de enfermaria e leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Inicialmente, 14 leitos de UTI do Hospital Estadual Dório Silva, na Serra, deixarão de ser utilizados exclusivamente por pacientes Covid-19. Com isso, a unidade passará a ter 16 leitos de UTI para pacientes Covid-19. Ainda esta semana, outro hospital que terá mudanças na oferta de leitos para Covid-19 será o Antônio Bezerra de Farias, em Vila Velha.

Atualmente, a ocupação de leitos de enfermaria está em 57,62% e a Sesa pretende deixar entre 70 e 75%. O mesmo vale para UTIs. A marca de 70% sempre será um indicador para a migração de leitos para outros perfis, conforme explica o secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes.

“Vamos ajustar o tamanho da rede hospitalar, de acordo com o comportamento da pandemia no Estado. Na medida em que migrarmos leitos para outros perfis clínicos, a ocupação obrigatoriamente subirá para entre 70 e 75%, que será a faixa de segurança para as decisões quanto à reversão do perfil dos hospitais. Na medida em que a ocupação for reduzindo de maneira sustentada, que consigamos voltar a reverter o perfil dos hospitais, somente uma nova onda de casos que possa elevar a pressão por serviços hospitalares será capaz de nos fazer rever novamente o perfil das unidades”, afirma o secretário.

Leia Também:  Bolsonaro na mira: "Placar do Impeachment" contabiliza posição de parlamentares

A contratação dos hospitais privados será poderá ser prorrogada por 30 dias. A contratualização com os hospitais filantrópicos não terá alteração.

Informações à imprensa:

Assessoria de Comunicação da Sesa
Syria Luppi / Kárita Iana / Paula Lima / Luciana Almeida / Thaísa Côrtes
(27) 3347-5642 / 3347-5643
[email protected]

Fonte: Governo ES

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estado

Nova remessa com mais de 16 mil doses da CoronaVac chega ao Espírito Santo

Publicados

em


O Espírito Santo está recebendo uma nova remessa com 16.200 doses da CoronaVac, do Instituto Butantan. O lote chega um dia após o Estado receber 35.500 doses da vacina da Oxford-AstraZeneca. A previsão é que o voo com as novas doses da vacina contra o novo Coronavírus (Covus-19) desembarque em Vitória no início da noite desta segunda-feira (25).

O novo lote da CoronaVac dará continuidade à vacinação dos grupos prioritários já definidos. As doses serão encaminhadas à Central Estadual de Rede de Frio da Secretaria da Saúde (Sesa), em Vitória, para serem distribuídas às Regionais da Saúde e municípios a partir desta terça-feira (26).

Assim como as primeiras doses encaminhadas na última segunda-feira (18), a vacina do Butantan será aplicada em um intervalo de quatro semanas, para isso, a Secretaria da Saúde realizará uma nova distribuição às Regionais, o que deve ocorrer na terceira semana do mês de fevereiro.

“Para este momento, as novas doses da CoronaVac serão disponibilizadas a uma quantidade de trabalhadores da saúde que estão na linha de frente do combate à Covid-19. A ampliação do população-alvo, como idosos acima de 75 anos não institucionalizados, acontecerá com o recebimento de mais doses e para isso, aguardamos a previsão do Ministério da Saúde”, explicou a coordenadora do Programa Estadual de Imunizações e Vigilância das Doenças Imunopreveníveis da Sesa, Danielle Grillo.

Leia Também:  Cachoeiro recebe mais doses da Coronavac para profissionais de saúde

Até às 15h desta segunda-feira, 10.656 mil pessoas do público-alvo foram vacinadas no Estado. Os dados são do Programa Estadual de Imunizações, da Secretaria da Saúde (Sesa). Os municípios da Região Metropolitana de Saúde realizaram, até o momento, a imunização de 3.393 mil pessoas; nos municípios da Região Sul foram 4.094; nos municípios da Região Central foram 2.102 vacinados; e os municípios da Região Norte totalizaram 1.067 pessoas imunizadas.

Vacina Oxford-AstraZeneca serão distribuídas a dez municípios

As 35.500 doses da vacina da Oxford-AstraZeneca recebidas pelo Espírito Santo começaram a ser distribuídas à regionais de saúde e aos municípios capixabas na tarde desta segunda. De acordo com a coordenadora do Programa Estadual de Imunizações e Vigilância das Doenças Imunopreveníveis da Sesa, a distribuição da Oxford-AstraZeneca faz parte da estratégia estadual para ter perda zero do imunizante.

“Trabalhamos com o ideal de perda zero por se tratar de um insumo escasso, por isso precisamos, estrategicamente falando, otimizar os imunizantes da Oxford-AstraZeneca em municípios maiores, devido ao tempo de validade de cada frasco. O objetivo é que quando a produção passar a ser feita pela Fiocruz, consigamos ampliar para os demais municípios, pois com a produção nacional, conseguiremos diminuir de 10 para 5 doses cada frasco, dando mais otimização ao produto”, explicou Danielle Grillo.

Leia Também:  Mesmo com vacina, máscaras e isolamento continuam essenciais 

Confira aqui a tabela com o quantitativo de doses distribuídas até o momento aos municípios.

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação da Sesa
Syria Luppi / Kárita Iana / Paula Lima / Luciana Almeida / Thaísa Côrtes / Danielly Schulthais
[email protected]

Fonte: Governo ES

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA