Cidades

Sesa divulga primeiro boletim epidemiológico da dengue de 2012

Publicado em

Por | 13.01.2012

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) recebeu um total de 237 casos de dengue notificados no período entre 01 a 07 de janeiro. Não foram notificadas suspeitas da forma grave da doença (dengue com complicação e dengue hemorrágica) e óbitos.

Em 2011, houve 54.648 registros de dengue, com 3.328 notificações da forma grave da doença, incluindo 25 óbitos confirmados e cinco em investigação.

 

Semana

epidemiológica

Notificações

1

01/01 ? 07/01

237

Total

237


Municípios com maior incidência (janeiro)

Municípios

Incidência

Baixo Guandu

79,1

Nova Venécia

43,5

Viana

41,5

Linhares

31,9

Atílio Vivaqua

30,5

 


Neste caso, a incidência calcula a quantidade de notificações de dengue em relação ao número de habitantes. Em outras palavras, torna mais real a análise da situação da doença em uma determinada localidade.

Para o cálculo da incidência, divide-se o número de notificações pelo quantitativo populacional do município e multiplica-se este valor por 100 mil.

O Ministério da Saúde (MS) considera três níveis de incidência de dengue: baixa (menos de 100 casos/100 mil habitantes), média (de 100 a 300 casos/100 mil habitantes) e alta (mais de 300 casos/100 mil habitantes).

A incidência na prática

De acordo com a tabela de incidência acima, por exemplo, mesmo Baixo Guandu não abrigue 100 mil habitantes, o município teria 79,1 casos de dengue para cada grupo de 100 mil habitantes.

Ou seja, isto quer dizer também que, de acordo com a classificação do MS, a incidência da doença no município é baixa porque há menos de 100 casos para 100 mil habitantes.

 

 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Cachoeiro volta ao risco moderado para Covid-19; veja o que muda

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Cidades

Prefeito de Marataízes exonera quatro secretários municipais e mais 15 comissionados

Published

on

O prefeito em exercício de Marataízes, Jaiminho Machado, exonerou, em uma canetada só, quatro secretários municipais.

A lista foi publicada no diário oficial desta sexta-feira (12).

Além deles, consta na lista João Antonio Neto, o Joãozinho, gerente de gestão, que estava lotado no gabinete e também já exerceu cargo em primeiro escalão.

Em importância menor dentro da escala administrativa, também foram exoneradas outras 15 pessoas, entre diretores e outros.

Todos os nomes exonerados foram nomeados pelo então prefeito afastado Tininho Batista e eram colaboradores desde o seu primeiro mandato como prefeito.

Um dos secretários exonerados é Robson Abreu Silva que respondia por três secretarias.

Confira os secretários exonerados:

ANDERSON GOUVEIA DE OLIVEIRA – SECRETÁRIO MUNICIPAL DE DEFESA SOCIAL E SEGURANÇA PATRIMONIAL

ROBSON SEYR – SECRETÁRIO MUNICIPAL DE ESPORTE E LAZER

ANTÔNIO CARLOS SADER SANT’ANNA –  SECRETÁRIO MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE

ROBSON ABREU SILVA – SECRETÁRIO MUNICIPAL DE PESCA E AQUICULTURA

ROBSON ABREU SILVA – SECRETÁRIO MUNICIPAL DE INFRAESTRUTURA DE INTERIOR

Leia Também:  Grupo Moxuara abre comemorações de 200 anos de Itapemirim nessa sexta-feira

ROBSON ABREU SILVA – SECRETÁRIO MUNICIPAL DE AGRICULTURA, AGROPECUÁRIA E ABASTECIMENTO

JOÃO ANTONIO NETO – GERENTE DE GESTÃO ADMINISTRATIVA

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA