Estado

Sesa debate estratégias para Atenção Primária à Saúde no enfrentamento à Covid-19

Publicados

em


.

O secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, se reuniu com a subsecretária de Assistência em Saúde, Quelen Tanize, e o diretor do Instituto Capixaba de Ensino, Pesquisa e Inovação em Saúde (ICEPi), Fabiano Ribeiro, nessa quinta-feira (21), para tratar o contexto do novo Coronavírus na Atenção Primária à Saúde (APS) do Estado.

O secretário falou sobre a importância de se criar uma agenda de resposta rápida ao enfrentamento à Covid. “Precisamos pensar em estratégias de reposicionamento da APS no enfrentamento à pandemia, de maneira que consigamos melhorar o diagnóstico, o isolamento, a notificação e a informação de alta desses pacientes, e para aqueles com complicações que tenham o diagnóstico prévio e monitoramento adequado”, disse Nésio Fernandes.

Durante a reunião, foi apresentado um diagnóstico realizado pelo Núcleo Especial de Atenção Primária da Sesa e regionais de saúde com respostas de 76 dos 78 municípios capixabas em relação à assistência aos pacientes com Covid-19 e os cuidados às condições crônicas da população. “Esse diagnóstico nos permitiu entender a real situação dos municípios onde temos alguma questão a colaborar”, informou a chefe do Núcleo Especial de Atenção Primária, Tânia Mara Ribeiro dos Santos.

Leia Também:  Escola de Rio Novo do Sul reforça conteúdos para o Enem em canal do YouTube

Entre os dados apresentados, os municípios relataram 100% na assistência ao Pré-Natal nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e que 97% delas estão preparadas para o atendimento às pessoas com suspeitas ou confirmadas de Covid-19. Além disso, segundo diagnóstico, 91% dos municípios realizam a coleta do Swab nas populações de critérios classificados pela Sesa.

Resultados que, segundo Tânia Mara, propiciam a análise da organização da APS nos municípios, uma vez que a APS é a porta principal para a população pode ter acesso à saúde. “É a segurança do cuidado, por ter profissionais qualificados para o atendimento, assim como a organização do serviço”, afirmou.

Em sua fala, o diretor do ICEPi, Fabiano Ribeiro, destacou que a Sesa pretende reforçar o trabalho na APS. “No programa de provimento, o ICEPi tem em torno de 600 profissionais que atuam nos municípios e que poderão ajudar a qualificar essa ação”, explicou o diretor do ICEPi, que também conta com o apoio dos residentes do Instituto nos territórios. 

O secretário Nésio Fernandes informou também que é de “urgência a implantação da agenda” e que na próxima semana a Sesa irá apresentar um conjunto de estratégia para a APS e se reunir com os gestores municipais. A reunião dessa quinta-feira (21) contou com a participação de profissionais do ICEPi, da Assistência em Saúde e a gerência da Regulação e Ordenação do Sistema de Saúde.

Leia Também:  Estado solicita autorização do Legislativo para doação de imóveis públicos a municípios capixabas

 

Informações à imprensa:
Assessoria de Comunicação da Sesa
Syria Luppi / Kárita Iana / Paula Lima / Luciana Almeida / Thaísa Côrtes
[email protected]

Fonte: Governo ES

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estado

Sesport vai depositar quarta parcela do Bolsa Atleta nesta sexta-feira (29)

Publicados

em


.

A Secretaria de Esportes e Lazer (Sesport) vai realizar o pagamento da quarta parcela do Bolsa Atleta nesta sexta-feira (29). O programa tem beneficiado financeiramente 121 atletas e paratletas capixabas contemplados no edital deste ano.

Após o decreto de pandemia, feito pela Organização Mundial da Saúde (OMS), as competições e demais eventos esportivos foram suspensos ou cancelados, causando mudanças bruscas na rotinas de esportistas por todo mundo. 

Mesmo com a paralisação das competições, a Sesport segue realizando os pagamentos normalmente, visando a auxiliar os esportistas da melhor forma nesse período.

Contemplado na categoria nacional, o jogador de handebol Paulo Victor Lyrio comentou sobre como tem usufruído do benefício nessa quarentena e de como o programa lhe tem oferecido novas possibilidades.

“O Bolsa Atleta está sendo essencial para mim nesse período. Com o valor do benefício, ativei novamente meu plano de saúde, algo muito importante nesse período que estamos vivendo. Além disso, consigo comprar os suplementos que auxiliam na alimentação”, contou o jogador de handebol.

Leia Também:  ‘Desvios’: Live propõe debate sobre ações culturais no sistema carcerário

Já Eloísa Miranda, paratleta de tiro esportivo, falou da importância do Bolsa Atleta em sua vida. “Nesse período o Bolsa atleta tem sido extremamente importante, pois o começo da pandemia foi um momento de muitas incertezas, principalmente para mim que me encontro no grupo de risco e estou afastada do serviço”, disse a atleta, contemplada na categoria internacional, e que segue treinando de dentro de casa.

“Trouxe meu equipamento para casa e tenho treinado posições e tiro seco, que é o treino sem disparo e tenho feito alongamentos em casa para manter o corpo ativo”, completou.

Valores

Os valores do auxílio mensal variam de acordo com a categoria do atleta dentro do edital, sendo R$ 500 (estudantil), R$ 1.500 (nacional), R$ 2 mil (internacional) e R$ 4 mil (olímpico).

 

Informação à imprensa:
Assessoria de Comunicação da Sesport
Denys Lobo / Rodolfo Mageste
(27) 3636-7027 / (27) 99802-3645 / (27) 3636-7027 / (27) 99309-9053
[email protected]
Facebook: Sesport-ES
Instagram: @sesportesoficial

Fonte: Governo ES

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA