Jurídico

Servidoras do TSE falam de igualdade para celebrar o mês da mulher

Publicados

em


No mês em que se celebra o Dia Internacional da Mulher, comemorado no dia 8 de março, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) relata histórias de servidoras e colaboradoras que ajudam a desenvolver a Justiça Eleitoral, além de apontar os desafios na igualdade de gênero no ambiente de trabalho institucional.

Igualdade é o tema da primeira entrevista da série Mulheres Debatem, ação promovida pelo TSE durante o mês da mulher. A cada sexta-feira, sempre às 15h, no canal do TSE no YouTube, o ministro Luís Roberto Barroso vai se encontrar com importantes personalidades femininas do Brasil para debater temas diversos.

Ana Karinne Siqueira, analista e coordenadora de Soluções Corporativas da Secretaria de Tecnologia da Informação do TSE (STI/TSE), lembra quando entrou em uma reunião externa representando o chefe, no ano passado, e os cerca de dez servidores homens de outros órgãos públicos não conseguiram esconder o espanto. “Pensei: eles devem estar se perguntando o que esta moça está fazendo aqui”, conta sorrindo.

A “moça” não titubeou. Posicionou-se de forma firme, mas delicada, mostrou todo o seu conhecimento sobre o tema tecnológico que estavam discutindo e, como sempre, o TSE foi muito bem representado.

“É pela postura e pelo conhecimento que a mulher ganha cada vez mais seu espaço”, diz a servidora, que chegou ao TSE há 25 anos.

Leia Também:  Partidos devem atualizar lista de filiados até a próxima segunda (12)

Ana Karinne convive em um universo ainda hoje muito masculino desde a década de 1990, quando se formou em Processamento de Dados. Na turma, dos cerca de 20 estudantes, somente quatro eram mulheres. No TSE, eles sempre foram a maioria dos colegas, e há seis anos no comando do setor, ela lidera uma equipe de 66 pessoas, das quais 52 são homens.

Para ela, o segredo de uma mulher liderar é o mesmo que ela usou para se posicionar na reunião contada acima, ou seja, ter conhecimento na área, saber se impor, ter atitudes firmes e saber enfrentar os desafios com tranquilidade.

Para ela, na questão da igualdade, não há diferença alguma entre lidar com servidor, servidora, colaborador ou colaboradora. “A turma é igualitária quanto à condução dos processos, pois todos tem um objetivo a cumprir”, diz a servidora que, além de coordenar trabalhos estratégicos no TSE, se dedica também à culinária e ao artesanato, nos finais de semana.

A STI conta ainda com mais uma mulher entre os cinco coordenadores: Grace Porto lidera a coordenadoria de Gestão de TI. O TSE conta com 884 servidores ativos, sendo a maioria (52%) formada por homens. Há 180 cargos de chefia no Tribunal e as mulheres ocupam 73 deles.

Leia Também:  Por meio de resoluções, TSE orienta serviços internos e regulamenta a legislação

Sororidade na busca por igualdade

Para a servidora Eliane Alves, falar de igualdade de gênero é muito importante, mas ela questiona como fica essa questão entre pessoas do mesmo gênero. “Algumas mulheres têm dificuldades de promover outras mulheres, só por pensar que aquela mulher pode um dia querer ter um filho e pode vir a ter que se ausentar do trabalho para cuidar da criança, por exemplo. Como podemos falar em igualdade com esse pensamento?”. Eliane cita esse fato para explicar que ainda falta sororidade entre as mulheres.

Sororidade é o termo usado para estimular o apoio entre as mulheres. A palavra vem do latim soror, que significa irmã ou irmandade. Na opinião de Eliane, a meta deve ser sempre a igualdade: “Precisamos dar passos mais largos para a igualdade nos ambientes coletivos e em especial no local de trabalho, onde as pessoas passam boa parte do seu dia”.

Eliane é lotada na Secretaria de Gestão de Pessoas e sempre participa de ações sociais do TSE que contribuem para o crescimento dos colaboradores, como o “Programa de Educação Solidária”, em que voluntários são responsáveis por ministrar aulas e oficinas sobre diversos temas.

GA/TP, DM

Fonte: TSE

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Jurídico

Justiça Eleitoral inicia atividades de Grupo de Trabalho para propor soluções de Inteligência Artificial

Publicados

em


O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) iniciou nesta segunda-feira (12) as atividades do Grupo de Trabalho que proporá soluções de Inteligência Artificial (IA) para utilização em toda Justiça Eleitoral (JE) do país.

O GT, instituído por meio da Portaria TSE nº 156/2021, é composto por 16 servidores da Justiça Eleitoral de diversas áreas, que vão realizar semanalmente pesquisas e debates para iniciativas de inovação tecnológica para auxiliar os serviços sobre o tema.

As atividades do GT estão em consonância com a Portaria nº 271/2020 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que propõe a utilização de Inteligência Artificial para potencializar os instrumentos e canais de atendimento à sociedade para acesso à Justiça brasileira.

Para o secretário Judiciário do TSE, Fernando Alencastro, os trabalhos do GT devem nortear as áreas da JE que necessitam de serviços de IA, desmistificando o uso dessas ferramentas. Para ele, é importante que as soluções apresentadas sejam variadas e que atendam o universo de toda a Justiça Eleitoral brasileira.

“Nesse grupo plural vamos buscar soluções de IA junto a vários parceiros da iniciativa pública, principalmente as já elaboradas pelos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs), sempre buscando adotar as que já vigoram em diversos órgãos da Justiça brasileira, que ajudam a desenvolver o acesso facilitado de informações ao cidadão”, ressaltou.

Leia Também:  Conheça o perfil do TSE no Flickr: são mais de 13 mil fotos, que podem ser baixadas gratuitamente

O uso de tecnologias de Inteligência Artificial no poder público tem como foco a automação de tarefas para o servidor e, consequentemente, a facilitação do acesso à informação por parte do usuário. Para a secretária de Gestão de Pessoas do TSE, Ana Cláudia Mendonça, a utilização dessas soluções de IA dialoga com o futuro do trabalho.

“A Justiça Eleitoral é uma atividade de conhecimento. A IA vem para otimizar as ações em que é o servidor/colaborador que detém a informação. A Inteligência Artificial vem para potencializar o conhecimento humano e ampliar a prestação do serviço público ao cidadão”, destacou.

Uso de IA na Justiça Eleitoral

A Inteligência Artificial, citada apenas como IA (ou AI, de Artificial Intelligence), é um avanço tecnológico que permite que sistemas simulem uma inteligência similar à humana – indo além da programação de ordens específicas para tomar decisões de forma autônoma, baseadas em padrões de enormes bancos de dados.

Desde 2018, o Tribunal promove discussões sobre a utilização de ferramentas de Inteligência Artificial para a otimização dos serviços ao eleitor, como o Fórum de Inteligência Artificial da Administração Pública. O TSE foi destaque como o primeiro órgão público federal a utilizar a plataforma Twitter Business Solutions (TBS), que ofereceu aos eleitores um assistente virtual para os serviços de consulta à situação eleitoral, emissão de certidão de quitação eleitoral e respostas a dúvidas frequentes.

Leia Também:  Transparência: TSE conta com vários canais para garantir acesso às informações da Corte

Nas Eleições de 2020, mais uma ferramenta de IA foi disponibilizada pelo TSE: o “Tira-Dúvidas Eleitoral no WhatsApp”. Um assistente virtual (chatbot) criado em parceria com o aplicativo de mensagens facilitou o acesso do eleitor a informações relevantes sobre as Eleições Municipais de 2020. Foi a primeira parceria do tipo entre o WhatsApp e uma autoridade eleitoral no mundo, resultado de um acordo de cooperação entre o órgão e a plataforma, que auxiliou efetivamente no combate à desinformação durante o período eleitoral.

Saiba mais sobre o Tira-Dúvidas Eleitoral.

TP/LC, DM

Leia mais:

03.08.2018 – TSE discute uso de Inteligência Artificial no âmbito do Poder Judiciário 

Fonte: TSE

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA