Cidades

Servidor de Cachoeiro poderá escolher regime de vencimentos ou regime de subsídios

Publicados

em

Novo plano de cargos e salários

Os servidores terão todas as informações e poderão, democraticamente, escolher o regime de remuneração que querem

Por Ilauro Oliveira | 13.11.2019

Foto: Palácio Bernardino Monteiro, sede do governo municipal

Após ser publicado, na semana passada, com 13 vetos às emendas dos vereadores, o plano de cargos e salários voltou a debate nesta terça-feira (12) na Câmara de Cachoeiro. Desta vez o edis tentaram derrubar os vetos do prefeito Vitor Coelho. Tudo em vão.

Apesar de discussão acirrada, o bloco governista venceu e os vetos foram mantidos. Lembrando que os vetos foram justificados devido a sua inconstitucionalidade, já que, segundo o governo, geravam impacto financeiro.

Mas, apesar da aprovação, o prefeito Vitor Coelho permitirá ao servidor optar se migra para o novo plano de cargos e salários, ou se permanece recebendo sob as regras do modelo atual.

É que o Artigo 4° do Capítulo II que trata dos regimes de remuneração diz que a partir da vigência da lei, fica adotado o regime de subsídio como forma de retribuição pecuniária aos servidores e empregados públicos,  assegurando o direito de opção por permanecer no regime de vencimentos ou migrar para o regime de subsídios. Ou seja, ele pode optar.

Leia Também:  Cachoeiro receberá mais recursos para atendimento a pessoas em situação de rua

A Lei garante ainda que o servidor terá direito a todas as  informações necessárias antes de escolher o regime de vencimentos ou o regime de subsídios. Para isso, a administração municipal deverá em breve disponibilizar um canal junto aos servidores para as explicações necessárias.

No entanto, a administração municipal acredita que a ampla maioria vai seguir o novo plano, já que este dará em média um ganho real de 23% para todos os servidores. Mas várias categorias poderão até dobrar esse índice. 

 

 

COMENTE ABAIXO:

Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

Prefeitura de Venda Nova do Imigrante fará leilão de bens no fim de julho

Publicados

em

A Prefeitura de Venda Nova do Imigrante vai realizar no próximo dia 31 de julho leilão público de bens móveis, veículos e máquinas considerados inservíveis e de recuperação antieconômica para o Município. Todo o processo vai ocorrer eletronicamente e os interessados devem fazer cadastro para dar lances. A visita aos bens precisa ser agendada por telefone.

O certame será conduzido pelo leiloeiro público oficial Mauro Colodete. Dentre os lotes disponíveis estão motoniveladora, retroescavadeira, veículos de passeio e sucatas. A relação completa dos itens, bem como os valores iniciais, estão no edital, que será publicado ainda nesta semana no site da Prefeitura de Venda Nova do Imigrante (www.vendanova.es.gov.br).

 

Como participar e dar lances

Para participar do leilão, é preciso se cadastrar no site www.colodeteleiloes.com.br. Pessoas físicas e jurídicas poderão participar. O cadastramento deverá ser feito a partir da publicação do edital e o prazo para lances será 31 de julho.

Os interessados em vistoriar os lotes deverão agendar previamente a visita por meio do mesmo site. O prazo para visitar os bens vai de 27 a 31 de julho.

Leia Também:  Governador Casagrande entrega 60 leitos de internação em Cachoeiro e, finalmente, Hospital do Aquidabã sai do papel e começa funcionar
COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA