Agronegócio

Senar Roraima entrega certificados de capacitação para produtores e trabalhadores rurais de três Municípios de Roraima

Publicados

em


A capacitação para o homem do campo é uma das principais metas do SENAR Roraima. A instituição segue realizando cursos de Formação Profissional Rural-FPR- pelo estado de Roraima. Na última semana, foram realizados três treinamentos nos municípios de Boa Vista, Cantá e Rorainópolis, totalizando 40 produtores e trabalhadores rurais capacitados.

Durante os treinamentos foram adotadas todas as recomendações de segurança dos órgãos de saúde para evitar o contágio pelo Coronavírus.  As turmas foram divididas com equipes de no máximo 15 pessoas e contou com apoio do da Universidade Federal de Roraima-UFRR-, Sindicato de Produtores Rurais e a Empresa Palma Plan.

A qualificação do Produtor Rural é uma das prioridades do Presidente Silvio de Carvalho, pois levar o conhecimento e treinamentos para o campo é deixar o Produtor com técnicas adequadas para o trabalho e manejo de suas propriedades rurais.

Assessoria de Comunicação SENAR Roraima

facebook.com/Sistemafaerrsenar

instagram.com/faerr_senar

Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Colheita motiva busca por capacitação em máquinas agrícolas
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Agronegócio

Colheita motiva busca por capacitação em máquinas agrícolas

Publicados

em


Com o início da colheita da soja e o aumento de oportunidades de trabalho no campo, trabalhadores do interior do estado procuram por capacitação. Até o início de fevereiro, uma turma do Sindicato Rural de Sinop realiza curso de mecânica de tratores, no Centro de Treinamento de Sorriso. No dia 22 de janeiro foi concluída a capacitação em manutenção e regulagem de colheitadeira de grãos.

Edson Cavalheiro de Abreu, 26, concluiu o quarto treinamento pelo Senar-MT e já saiu com uma oportunidade de trabalho garantida. “A vontade de trabalhar com máquinas agrícolas vem desde a época que meus pais trabalhavam em fazenda e depois que conheci o Senar-MT, tive a oportunidade de me qualificar”, explica.

Segundo o engenheiro mecânico e instrutor credenciado junto ao Senar-MT, Eduardo Alvim Cunha, a demanda por treinamento está cada dia mais acelerada. “No curso de mecânica, temos alguns operadores que querem aprender mais sobre o trator, mas a maioria dos alunos está pleiteando vaga em alguma fazenda”, destaca.

Somente no primeiro bimestre, o Senar-MT, em parceria com os 93 Sindicatos Rurais, prevê a realização de mais de 700 ações educacionais. A previsão é que mais de 6.500 pessoas sejam capacitadas até o final de fevereiro, nos mais diversos cursos ofertados no portfólio da instituição.

Leia Também:  Quebra de safra preocupa cafeicultores

Alta Floresta possui 24 atividades programadas. Segundo o presidente do Sindicato Rural, Walmir Naves Coco, a demanda por capacitação está em alta no município. “Já em dezembro tínhamos poucas vagas para os cursos do início do ano. A procura está grande”.

Além do Nortão, a região oeste também possui uma demanda alta de treinamentos neste primeiro bimestre. As cidades de Mirassol D’Oeste e Lambari D’Oeste juntas realizarão 50 treinamentos entre janeiro e fevereiro.

Dentre os cursos mais demandados estão: atendimento ao cliente, classificação de produtos de origem vegetal – soja e milho, confecção de vestuário, inclusão digital rural, produção de derivados, dentre outros. Para participar dos treinamentos basta entrar em contato com o Sindicato Rural do município de residência e conhecer a oferta da região.

Necessário – De acordo com o instrutor credenciado junto ao Senar-MT, Gilmar José da Silva, a capacitação aumenta a oportunidade de trabalhar na época de colheita. “Há pessoas contratadas somente neste período. Se o candidato já tiver a capacitação, terá mais chance”, afirma. 

Leia Também:  Inscrições para o Curso Técnico em Agronegócio estão abertas até quarta-feira
Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA