Estado

Sedu recebe cooperativas da Agricultura Familiar

Publicados

em


.

As cooperativas que fornecem gêneros alimentícios para as escolas, por meio do Programa Agricultura Familiar, estiveram na Secretaria da Educação (Sedu), em Vitória, nesta quinta-feira (24), para agradecer a parceria e expor seus produtos. Neste período de Atividades Pedagógicas Não Presenciais (APNPs), as famílias dos alunos receberam cestas básicas como um suporte neste momento de pandemia do novo Coronavírus (Covid-19). Com o investimento do Estado de quase R$ 12 milhões foram beneficiados 21.564 alunos, de 136 escolas.

Os representantes das cooperativas foram recebidos pelo o secretário de Estado da Educação, Vitor de Angelo, e pelo o subsecretário de Suporte à Educação, Aurélio Ribeiro. Na ocasião, Vitor de Angelo ressaltou a importância da entrega dos produtos às famílias dos estudantes, mesmo com a suspensão das aulas presenciais.

“Na posição em que estou, eu tenho a oportunidade de ver toda a cadeia, do início ao fim. Eu vejo tanto a alegria dos que produzem quanto dos que consomem. Uma mãe veio até mim para agradecer pessoalmente pelos alimentos que recebeu. Ouvi-la foi um momento muito emocionante, e eu disse que esse é um direito dela e de quem produz. O governador Renato Casagrande deu todo apoio a essa parceria. Os produtos da Agricultura Familiar têm a marca de um produtor que pessoalmente imprimiu ali, o seu sentimento, a sua história e seu tempo”, disse o secretário.

Os fornecimentos dos alimentos foram realizados por cinco associações e 12 cooperativas, de municípios como Alfredo Chaves, Santa Maria de Jetibá, Cariacica, São Mateus, Domingos Martins e outros.

O subsecretário Aurélio Ribeiro afirmou que tudo deu certo por causa da parceria, que foi muito dialogada. “O propósito é manter as famílias do campo, no campo, e com qualidade de vida, além de entregar aos alunos o melhor alimento possível. É muito prazeroso, enquanto servidor, presenciar essas contribuições. Vamos continuar com essa parceria e bastante diálogo para aumentar ainda mais as compras da Agricultura Familiar”, destacou.

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação da Sedu
Mirela Marcarini / Geiza Ardiçon
(27) 3636-7705 / 7706/ 7707/ 7888 / 99956-2479 / 99802-9043
[email protected] / [email protected]

Fonte: Governo ES

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Finados: Confira o que funciona e não funciona no feriado da próxima segunda-feira (02)
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estado

Governo do Espírito Santo divulga 29º Mapa de Risco Covid-19

Publicados

em


O Governo do Estado anunciou, nesta sexta-feira (30), o 29º Mapa de Risco Covid-19, que terá vigência entre a próxima segunda-feira (02) e o domingo (11). Dos 78 municípios capixabas, 77 estão classificados em Risco Baixo. Apenas o município de Ecoporanga segue em Risco Moderado. Não há nenhum município em Risco Alto.

A Matriz de Risco de Convivência considera no eixo de ameaça: o coeficiente de casos ativos por município dos últimos 28 dias, além da quantidade de testes realizados por grupo de mil habitantes e a média móvel de óbitos dos últimos 14 dias. Já o eixo de vulnerabilidade considera a taxa de ocupação de leitos potenciais de UTI exclusivos para tratamento da Covid-19, isto é, a disponibilidade máxima de leitos para tratamento da doença. A estratégia de mapeamento de risco teve início no dia 20 de abril.

O Mapa de Risco segue as orientações dos boletins epidemiológicos do Ministério da Saúde e recomendações da equipe de especialistas do Centro de Comando e Controle (CCC) Covid-19 no Espírito Santo, que é composto pelo Corpo de Bombeiros Militar, Defesa Civil, Secretaria da Saúde (Sesa), Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN), da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) e do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes). As decisões adotadas pelo Governo do Estado seguem parâmetros técnicos.

Confira a classificação de todos os municípios capixabas:

RISCO MODERADO: Ecoporanga.

RISCO BAIXO: Afonso Cláudio, Água Doce do Norte, Águia Branca, Alegre, Alfredo Chaves, Alto Rio Novo, Anchieta, Apiacá, Aracruz, Atílio Vivácqua, Baixo Guandu, Barra de São Francisco, Boa Esperança, Bom Jesus do Norte, Brejetuba, Cachoeiro de Itapemirim, Cariacica, Castelo, Colatina, Conceição da Barra Conceição do Castelo, Divino de São Lourenço, Domingos Martins, Dores do Rio Preto, Fundão, Guaçuí, Guarapari, Ibatiba, Ibiraçu, Ibitirama, Iconha, Irupi, Itaguaçu, Itapemirim, Itarana, Iúna, Jaguaré, Jerônimo Monteiro, João Neiva, Laranja da Terra, Linhares, Mantenópolis, Marataízes, Marechal Floriano, Marilândia, Mimoso do Sul, Montanha, Mucurici, Muniz Freire, Muqui, Nova Venécia, Pancas, Pedro Canário, Pinheiros, Piúma, Ponto Belo, Presidente Kennedy, Rio Bananal, Rio Novo do Sul, Santa Leopoldina, Santa Maria de Jetibá, Santa Teresa, São Domingos do Norte, São Gabriel da Palha, São José do Calçado, São Mateus, São Roque do Canaã, Serra, Sooretama, Vargem Alta, Venda Nova do Imigrante, Viana, Vila Pavão, Vila Valério, Vila Velha e Vitória.

Fonte: Governo ES

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Finados: Confira o que funciona e não funciona no feriado da próxima segunda-feira (02)
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA