Estado

Sedu mapeia competências digitais de professores da Rede Estadual

Publicados

em


A Secretaria da Educação (Sedu) vai realizar um mapeamento de competências digitais dos docentes, utilizando a  Autoavaliação de Competências Digitais de Professores, de modo on-line. A ferramenta é desenvolvida pelo Centro de Inovação para a Educação Brasileira (CIEB) e os professores deverão responder ao questionário até o dia 07 de maio próximo.

O Objetivo da ação é formar professores capazes de estruturar e implementar práticas pedagógicas apoiadas nas tecnologias digitais de modo inovador e motivador e que resulte no engajamento e na aprendizagem dos estudantes.

A autoavaliação servirá para que a Sedu compreenda quais competências precisam ser trabalhadas nos docentes. A partir disso, será possível planejar capacitações ainda mais alinhadas com as expectativas e reais necessidades de desenvolvimento profissional.  Neste sentido, o questionário servirá para que a Secretaria possa conhecer a realidade, ou seja, como os professores da Rede Estadual de Ensino estão usando os recursos tecnológicos em seu dia a dia e em suas práticas pedagógicas.

Para isso, é necessário que todos os professores de cada escola respondam ao questionário, que leva cerca de 30 minutos para ser concluído e deverá ser respondido individualmente. Ao todo, são 23 perguntas objetivas, que analisam 12 competências digitais e os resultados dos questionários individuais não serão divulgados publicamente.  

Leia Também:  Espírito Santo recebe 23.400 doses da vacina Pfizer nesta segunda-feira (10)

Após responder ao questionário, cada docente receberá uma devolutiva sobre o nível de apropriação quanto aos conhecimentos e usos das tecnologias digitais, assim como orientações e direcionamentos que incentivam o protagonismo e o desenvolvimento profissional.  

Segundo a subsecretária de Estado de Planejamento e Avaliação da Sedu, Isaura Nobre, a devolutiva vai contribuir para o planejamento de programas e cursos de formação continuada, com a intenção de identificar as necessidades de formação e levar as competências digitais dos professores a um outro patamar. 

Confira o tutorial para acesso à ferramenta:  https://drive.google.com/file/ /1NGSzWquPblpG_NF8LwF_CL9TvtpeLxE3/view 

Link do questionário: https://guiaedutec.com.br/ 

Contatos para dúvidas: [email protected] ou (27) 3636-7656

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação da Sedu
Mirela Marcarini / Geiza Ardiçon 
[email protected]  / [email protected]

Fonte: Governo ES

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estado

Vacinação contra Influenza para idosos e professores tem início nesta terça-feira (11)

Publicados

em


A segunda etapa da 23ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza tem início, nesta terça-feira (11), no Espírito Santo. Para esta fase, idosos acima dos 60 anos e professores das Redes Estadual, municipais e privada poderão ser imunizados. Ao todo, a expectativa é que cerca de 650 mil capixabas da população-alvo sejam vacinados, com estimativa populacional, segundo o Ministério da Saúde, de 592.792 idosos acima de 60 anos e 51.171 professores.

Devido à concomitância das ações de vacinação de Influenza e de Covid-19, a orientação é que seja feita primeiramente à aplicação da vacina Covid-19. Além disso, ao público contemplado em ambas campanhas, como é o caso dos professores e idosos, é preciso se atentar ao intervalo de aplicação entre as doses: precisa-se respeitar o intervalo mínimo de 14 dias.

A previsão, segundo o Ministério da Saúde, é que a segunda etapa se encerre no dia 08 de junho. A terceira e última etapa terá início no dia 09 de junho e se estendendo até 09 de julho, e irá contemplar pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais; pessoas com deficiência permanente; forças de segurança e salvamento; forças armadas; caminhoneiros; trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso; trabalhadores portuários; funcionários do sistema prisional; adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade que cumprem medidas socioeducativas; e população privada de liberdade.

Leia Também:  Espírito Santo fica em 5° lugar no ranking nacional de Oferta de Serviços Públicos Digitais

Continuidade da primeira etapa Influenza

A 23ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza teve início no dia 12 de abril com a imunização, para a primeira etapa, do público de crianças de seis meses a cinco anos, gestantes e puérperas, indígenas e trabalhadores da saúde.

Devido à baixa cobertura dos públicos contemplados nesta fase, o Ministério da Saúde orientou aos estados que deem continuidade à aplicação até alcançarem a meta preconizada de 90% de cobertura vacinal.

Segundo dados do Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações, o Espírito Santo aplicou 184.800 doses da Influenza até a manhã desta segunda-feira (10). Além disso, de acordo com dados do LocalizaSUS, a cobertura vacinal para este público é de: 44% para crianças; 40,5% para gestantes; 48,3% para puérperas; 20,8% trabalhadores da saúde; e 84,1% indígenas.

Informações à imprensa:
Assessoria de Comunicação da Sesa
SyriaLuppi / Kárita Iana / Paula Lima / Luciana Almeida / Thaísa Côrtes
[email protected]

Fonte: Governo ES

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA