Estado

Sedu abre cadastro para Carga Horária Especial a professores efetivos

Publicados

em


A Secretaria da Educação (Sedu) publicou no Diário Oficial do Estado, desta quinta-feira (14), o Edital nº 01/2021, que estabelece as normas para atribuição de Carga Horária Especial (CHE) a professores efetivos, para atuação em regência de classe, atendendo às necessidades de excepcional interesse público da Rede Estadual de Ensino para o ano letivo 2021.

Os professores interessados deverão efetivar seu cadastro no Sistema On-line de CHE, por meio do Portal do Servidor, no endereço eletrônico www.servidor.es.gov.br, a partir da próxima segunda-feira (18).

Para participar é necessário ser profissional efetivo do quadro do Magistério e estar em efetivo exercício nas unidades escolares. O professor poderá selecionar até duas unidades escolares, incluindo a que se encontra localizado e por até duas disciplinas.

O quantitativo da CHE semanal não excederá à diferença entre 44 horas e o número de horas previsto para a carga horária semanal de trabalho do professor. As horas prestadas a título de CHE são constituídas de horas-aula e horas-atividade e serão remuneradas de acordo com o estabelecido nos Artigos 40 a 42, da Lei Complementar nº 115/98.

Leia Também:  Governo amplia mais 30 leitos para atendimento à Covid-19 no sul do Estado

Leia atentamente o Edital nº 01/2021.

Mais informações pelo telefone (27) 3636-7670.

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação da Sedu
Mirela Marcarini / Geiza Ardiçon

Fonte: Governo ES

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estado

Operação de combate ao desmatamento ilegal continua em Santa Teresa

Publicados

em


Equipes do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf) e do Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA) realizaram, nos dias 13 e 20 de janeiro, a fiscalização em solo dos pontos mapeados em Santa Teresa, a partir do sobrevoo para identificar possíveis irregularidades ambientais.

O sobrevoo foi realizado em dezembro do ano passado, com o apoio do Núcleo de Operações e Transporte Aéreo da Secretaria da Casa Militar – Espírito Santo (NOTaer), tendo sido identificados 38 pontos para averiguação de infrações, como queimadas, supressão irregular de vegetação, terraplanagens em Áreas de Preservação Permanente (APPs) e fracionamento de imóveis rurais abaixo da parcela mínima permitida por lei.   

De acordo com o diretor-presidente do Idaf, Mário Louzada, o Instituto tem atuado de forma constante, de modo a minimizar os crimes ambientais. “É um trabalho desafiador e que requer atenção máxima. Com o sobrevoo e as imagens de satélites de alta resolução do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), temos a possibilidade de proceder as verificações. Mas também é importante o apoio da população, acionando o Disque-Denúncias 181, de modo que essas ações não fiquem impunes”, disse Louzada.

Leia Também:  Sesa divulga 2° boletim epidemiológico da dengue, zika e chikungunya

Operação 

Segundo o gerente de Licenciamento e Controle Florestal do Idaf, Fabricio Zanzarini, após o sobrevoo foi elaborado um relatório, com informações sobre os responsáveis pelas áreas. Foram verificados desmates em 14 pontos, sendo dois já com loteamentos e outros com terraplanagem. Em 11 pontos foram detectados terraplanagem, sendo quatro com loteamentos em implantação e outros com indícios. Em sete pontos, foi verificado o preparo do solo para cultivo agrícola, onde, provavelmente, não há infração. 

De acordo com o gerente do Escritório do Idaf em Santa Teresa, Fabrício Fardin, todos os proprietários das áreas já foram identificados.  “Vamos entregar um relatório à Prefeitura de Santa Teresa, que é responsável pelo ordenamento do uso e da ocupação do solo, e pelo licenciamento dos loteamentos, para tomar as devidas providências que cabem ao município. O Idaf, nos próximos dias, estará aplicando as penalidades cabíveis. As vistorias ocorridas nessas duas datas resultaram em 21 áreas embargadas para recuperação da vegetação”, conta Fardin.

Texto: Francine Castro e Rafaely Lyra

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação do Idaf
Francine Castro/ Rafaely Lyra Walter
(27) 3636-3774 / (27) 99237-5308
[email protected]

Leia Também:  Operação de combate ao desmatamento ilegal continua em Santa Teresa
Fonte: Governo ES

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA