Estado

Secti doa 60 cestas básicas para alunos do CEET Vasco Coutinho

Publicados

em


.

A Secretaria da Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação Profissional (Secti), em parceria com a Secretaria de Direitos Humanos (SEDH), doou cestas básicas às famílias de alunos do Centro Estadual de Educação Técnica (CEET) Vasco Coutinho, em Vila Velha.

Ao todo, 60 cestas básicas foram entregues para alunos da escola técnica. Essa é a segunda vez que as doações acontecem desde que a necessidade de distanciamento social foi estabelecida como medida de contenção à pandemia do novo Coronavírus (Covid-19). A primeira distribuição contou com cerca de 40 cestas básicas e kits de higiene.

“Esse momento de pandemia tem nos levado a pensar no outro e ser mais solidários. Diante da situação dos alunos do CEET Vasco Coutinho, uma vez que a Secti, por administrar a escola técnica que oferece cursos na modalidade de educação profissional, não tem recursos para merenda escolar. Pensando nisso, entramos em contato com a SEDH e explicamos sobre a nossa realidade, visto que os nossos alunos são de cursos técnicos e muitos são trabalhadores autônomos, em áreas como audiovisual, multimídia e outros, que são áreas que estão afetadas pela pandemia”, pontuou a subsecretária de Estado da Ciência, Tecnologia, Inovação e Educação Profissional, Solange Maria Batista de Souza.

Leia Também:  Comitês de Bacias do Espírito Santo são autorizados a prorrogar mandatos e fazer reuniões por videoconferência

A subsecretária também comentou se sensibilizou com a situação de muitos alunos: “Nós estamos vivenciando uma situação em que muitos dos nossos alunos estão passando por dificuldades financeiras e isso nos sensibilizou muito, o que me fez buscar a parceria com a SEDH. Agora  a Secretaria vai buscar conseguir mais cestas básicas e realizar novas doações para mais alunos”.

A ideia da ação surgiu depois que professores relataram aos coordenadores dos cursos técnicos que alguns alunos estavam com dificuldades de manter as atividades acadêmicas de forma on-line devido a situações pessoais, como o desemprego.

Karla Cristina Gonçalves Caldeiras, de 18 anos, estuda Rádio e TV no CEET Vasco Coutinho e está no terceiro módulo. A aluna iria concluir o curso em julho, mas devido à pandemia sua formatura não tem data para acontecer. Karla é uma dos 60 estudantes que receberam uma cesta básica.

“Moro com meus pais e na minha casa a renda vem do trabalho do meu pai. Mas ele está sem trabalhar, ele é eletricista autônomo. Eu fico preocupada com toda essa situação da Covid-19, com o fato do meu pai estar sem trabalho e ainda em conseguir dar conta de todas as atividades do curso. Receber a cesta foi inesperado e muito bom! Será menos um custo para minha família. Um grande ajuda”, afirmou Karla Cristina.

Leia Também:  Mais 104 respiradores chegam ao Espírito Santo para reforçar o enfrentamento ao novo Coronavírus

O CEET Vasco Coutinho

O Centro Estadual de Educação Técnica (CEET) Vasco Coutinho foi inaugurado em 2005 como a primeira unidade estadual voltada para o ensino profissional com o foco de oferecer aos jovens e adultos uma formação profissional em nível técnico em diferentes áreas. O objetivo é possibilitar aos alunos melhores chances de inserção no mundo do trabalho.

A escola oferece, atualmente, 12 cursos técnicos presenciais gratuitos. São eles: Administração; Comércio Exterior; Estética; Eventos; Gastronomia; Informática; Modelagem do Vestuário; Multimídia; Produção de Moda; Programação de Jogos Digitais; Rádio e Televisão; e Redes de Computadores.

O CEET tem, hoje, cerca de 1.360 alunos e, desde o início da pandemia, os cursistas estudam de forma on-line por meio da plataforma de estudos disponível no site do Vasco Coutinho.

Texto: Samantha Nepomuceno 

Informações à imprensa:
Assessoria de Comunicação da Secti
Samantha Nepomuceno
(27) 3636-1822 / (27) 3636-1819
[email protected]
[email protected]

Fonte: Governo ES

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estado

Governo do Estado investe R$ 1,5 milhão em obras de infraestrutura em Atílio Vivácqua

Publicados

em


.

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano (Sedurb), autorizou, nesta quinta-feira (02), a execução das obras de pavimentação, drenagem e contenção das Ruas Projetadas 16, 17A, 19, 20, 21, 22, 23, 24 e da Rua Gercy de Oliveira, situadas no bairro Alto Niterói, em Atílio Vivácqua. No total, o investimento do Governo do Estado é de R$1.583.962,81.

A assinatura da Ordem de Serviço foi realizada pelo governador Renato Casagrande, em solenidade virtual, transmitida pelas redes sociais. “Alto Niterói é um lugar lindo e que necessita de investimentos. Em nosso primeiro mandato realizamos importantes investimentos na localidade. Estamos agora dando mais um passo para que aquela população tenha mais qualidade de vida. É uma alegria poder dar essa Ordem de Serviço que levará mais felicidade às pessoas”, disse o governador.

Casagrande lembrou que obras de drenagem e pavimentação trazem um sentimento maior de pertencimento ao morador, que passa a cuidar ainda mais do local. O governador reforçou o compromisso do Governo com a população atiliense. “Temos feitos investimentos fortes em Atílio Vivácqua e iremos continuar. Se Deus permitir estaremos na cidade na inauguração desta obra”, afirmou.

Leia Também:  Concurso de fotografia revela belezas de Afonso Cláudio

O evento virtual contou com a participação da vice-governadora do Estado, Jaqueline Moraes; dos secretários de Estado, Marcus Vicente (Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano) e Lenise Loureiro (Gestão e Recursos Humanos); do prefeito de Atílio Vivácqua, Josemar Machado Fernandes; dos deputados estaduais Alexandre Quintino e Marcos Mansur; além de vereadores do município.

Obras

As ruas contempladas pelo investimento do Governo do Estado estão em péssimo estado, causando transtornos para os moradores de Alto Niterói e também para aqueles que circulam no local. Juntas, elas têm 14.643,50 metros de extensão. O projeto das obras prevê 4.980,28 metros quadrados de pavimentação com blocos de concreto; 2.018,40 metros de meio-fio; 860 metros de drenagem; 1.397,70 metros quadrados de calçada cidadã, com 2,20 metros de largura e acabamento com ladrilho podotátil; 126 metros de rampa de acessibilidade e 360,34 metros cúbicos de muro de arrimo de concreto.

“Essa é uma obra muito aguardada pela comunidade. A pavimentação das ruas beneficiará diretamente 7.850 pessoas, proporcionando melhor qualidade de vida para os moradores e garantindo mais infraestrutura para o bairro”, destacou o secretário Marcus Vicente.

Leia Também:  Governo do Estado investe R$ 1,5 milhão em obras de infraestrutura em Atílio Vivácqua

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação do Governo
Giovani Pagotto
(27) 98895-0843

Assessoria de Comunicação da Sedurb
Vitor Possatti Rodrigues (Respondendo)
(27) 99997-4244
[email protected]

 

Fonte: Governo ES

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA