Economia

Secretário Nilton Borgato entrega mais de 2 mil cartões de auxílio financeiro do Programa Ser Família

Publicados

em


“Faz muita diferença para a minha família, pois estou desempregada e a renda do meu marido não é suficiente pra comprar comida pra toda família, estou muito feliz e grata”, disse emocionada a dona de casa Elizangela Augusta dos Santos, ao receber o cartão do Programa Ser Família Emergencial, pelas mãos do secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci), Nilton Borgato, no município de Curvelândia (297 KM à Oeste de Cuiabá).

O gestor, que representou o governador Mauro Mendes e a primeira-dama Virginia Mendes, realizou a entrega dos cartões para mais de 2.200 famílias de 10 cidades da região Oeste. Na ocasião ele reforçou a importância deste auxílio financeiro disponibilizado por cinco meses, para mais de 100 mil famílias em todo o Estado.

“Estes 150 reais ofertados pelo Estado vêm em um momento oportuno, onde muitas famílias realmente precisam de apoio, pois estão em situação de vulnerabilidade por conta da pandemia. Graças a esta iniciativa da primeira-dama, Virgínia Mendes, juntamente com a equipe da Secretaria de Assistência Social e Cidadania (Setasc), que este auxílio foi viabilizado e conquistado para as famílias, e, com certeza, vai fazer a diferença na vida de todos”, reforçou Borgato.

Leia Também:  Mega-Sena deste sábado (19) vai pagar R$ 7 milhões; veja como apostar

O projeto social idealizado pela primeira-dama Virginia Mendes, tornou-se um programa do Governo do Estado que conta com o apoio da Assembleia Legislativa para atender as famílias carentes, com renda per capita de até R$70, inclusas no Cadastro Único da Assistência Social, nos 141 municípios de Mato Grosso. Ao todo, serão investidos mais de R$ 75 milhões.

A senhora Vera Lúcia Veríssimo de Moura, diz que o cartão foi um presente de dia das mães, porque com este auxílio financeiro poderá garantir a compra de alimentos para a família. “Meu dia das mães será maravilhoso, porque vou poder comprar uma carne, um leite, servir um almoço digno para os meus filhos, que é o que toda mãe sonha, tem coisa melhor?!” disse a moradora de Jauru.

A prefeita de Glória D’Oeste Gheysa Borgato ressaltou a importância deste auxílio para as famílias carentes, “aqui mais de 200 famílias vão receber a transferência de renda pelo Ser Família Emergencial, o que vai garantir que a população mais carentes possa ter uma alimentação digna, principalmente, no momento de pandemia, em que as dificuldades financeiras ficaram ainda mais graves”, falou.

Leia Também:  Secom confirma repasse de R$ 120 mil a Sikêra Jr.

Nilton Borgato realizou a entrega dos cartões nas cidades de: Araputanga (com a entrega de 709 cartões), Lambari D’Oeste (355), Jauru (155), Figueirópolis D’Oeste (68), Indiavaí (19), Porto Espiridião (181), Curvelândia (226), Rio Branco (221), Salto do Céu (65) e Glória D’Oeste com a entrega de 217 cartões, somando um total de 2.216 cartões entregues para as famílias desta região.

Nesse momento de pandemia, o Governo do Estado também promoveu a entrega de mais de 400 mil cestas básicas para as famílias necessitadas, por meio do projeto Vem ser Mais Solidário, que também é coordenado, de forma voluntária, pela primeira-dama Virgínia Mendes e é uma parceria com associações, entidades, igrejas e prefeituras.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Mega-Sena deste sábado (19) vai pagar R$ 7 milhões; veja como apostar

Publicados

em


source
dinheiro notas cédulas real reais
pixbay

dinheiro notas cédulas real reais


Como ninguém acertou os seis números da Mega-Sena da última quarta-feira (16) , a Caixa Econômica Federal realizará, neste sábado (19), o concurso 2382 , com prêmio em R$ 7 milhões.

O sorteio acontece às 20h (horário de Brasília) no Espaço Loterias Caixa , que fica no Terminal Rodoviário do Tietê, na cidade de São Paulo. No último sorteio, o resultado foi:

07 – 23 – 32 – 41 – 42 – 47

As apostas são permitidas até as 19h (horário de Brasília), em qualquer casa lotérica credenciada pela Caixa do país. Também é possível apostar pela internet. O bilhete simples da Mega-Sena, com seis dezenas, custa R$ 4,50.

Como apostar online na Mega-Sena

Para aqueles que apostarem pela internet, não é possível optar pela aposta mínima, de R$ 4,50. No site da Caixa, o valor mínimo para apostar na Mega-Sena é de R$ 30, tanto com uma ou mais apostas. Veja o passo a passo de como apostar online aqui .

Leia Também:  Relator da Privatização da Eletrobras na Câmara dá sinal verde para aprovação

Você viu?


Para fazer uma aposta maior, com 7 números, e ter uma chance maior de ganhar, o preço sobe para R$ 31,50. Outra opção para atingir o preço mínimo é fazer sete apostas simples, que juntas têm o mesmo valor, R$ 31,50. Os bolões, disponíveis online, são outra opção viável.

Como funciona a Mega-Sena

O concurso é realizado pela Caixa Econômica Federal e o vencedor pode receber milhões de reais se acertar as seis dezenas. Os sorteios ocorrem pelo menos duas vezes por semana – geralmente, às quartas-feiras e aos sábados. O apostador também pode ganhar prêmios com valor mais baixo caso acerte quatro ou cinco números, conhecidas como Quadra e Quina , respectivamente.

Na hora de jogar, o apostador pode escolher os números ou tentar a sorte com a Surpresinha . Esse modelo consiste na escolha automática, realizada pelo sistema, das dezenas jogadas.

Leia Também:  Caixa vai tirar dúvidas sobre prova do vida do INSS pelo 0800; veja como fazer

Outra opção é manter a mesma aposta por dois, quatro ou até oito sorteios consecutivos, conhecida como Teimosinha.

Premiação

Os prêmios costumam iniciar em, aproximadamente, R$ 3 milhões para quem acertar as seis dezenas. Dessa forma, o valor vai acumulando a cada concurso sem vencedor. Também é possível ganhar prêmios ao acertar quatro ou cinco números dentre os 60 disponíveis no volante de apostas. Para isso, é preciso marcar de seis a 15 números do volante. O prêmio total da Mega corresponde a 43,35% da arrecadação. Deste valor:

  • 35% são distribuídos entre os acertadores dos seis números sorteados;
  • 19% entre os acertadores de cinco números (Quina);
  • 19% entre os acertadores de quatro números (Quadra);
  • 22% ficam acumulados e distribuídos aos acertadores dos seis números nos concursos terminados em zero ou cinco; e
  • 5% ficam acumulado para a primeira faixa (Sena) do último concurso do ano de final zero ou cinco.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA