Cidades

Secretário de Cachoeiro diz que com o novo PDM, região de São Joaquim será, oficialmente, um distrito industrial

Publicados

em

O secretário municipal de Urbanismo, Mobilidade e Cidade Inteligente de Cachoeiro, Alexandro da Vitória, participou, na manhã desta segunda-feira (25), de uma reunião com representantes de diversos segmentos econômicos do município, para apresentar as alterações previstas no novo Plano Diretor Municipal (PDM) – mecanismo legal que visa orientar a correta ocupação do espaço urbano e rural do município.

Organizada pela Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes), para debate sobre as perspectivas de melhoria do ambiente de negócios da região sul capixaba, a reunião ocorreu, no auditório do Sesi de Cachoeiro, e contou, também, com as presenças de outros agentes da administração pública municipal e do deputado federal Evair de Melo.

De acordo com o secretário, com o novo PDM, a região de São Joaquim passará a ser, oficialmente, um distrito industrial, o que contribuirá para o desenvolvimento das indústrias instaladas na localidade e reduzirá os impactos negativos ao meio ambiente.

Outra mudança prevista está na forma de ocupação do solo, que deixará de ser orientada pela tabela de Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE) e passará a ser baseada na tabela de incomodidades. Essa alteração irá facilitar e flexibilizar a concessão de alvarás de funcionamento e construção.

Leia Também:  Marataízes vai ter escola com ensino fundamental em tempo integral

Alexandro da Vitória anunciou, também, que as mudanças de ocupação do solo serão acompanhadas pela criação do Estudo Urbanístico Prévio, que consiste em um instrumento de controle urbano que descreve o conjunto de impactos ambientais advindos da ampliação ou implantação de empreendimentos e construção em áreas urbanas ou rurais, com vistas a reduzir danos causados à organização urbana e ao meio ambiente.

“Cachoeiro está crescendo em um ritmo acelerado e estamos atentos às mudanças necessárias, para manter a cidade organizada e produtiva, com o objetivo de levar qualidade de vida para os munícipes e melhorar o ambiente de negócios na região”, afirmou o secretário municipal de Urbanismo, Mobilidade e Cidade Inteligente, Alexandro da Vitória.

Atualização do Plano Diretor Municipal

O trabalho de revisão do PDM, iniciado em 2019, contou com a realização de 35 reuniões entre a empresa contratada para fazer a atualização e a equipe da Semurb; 18 reuniões comunitárias; três reuniões temáticas; cinco workshops segmentados e quatro audiências públicas. Mais de 1 mil pessoas participaram das atividades.

A principal novidade do PDM é que ele abrangerá, pela primeira vez, 100% do território de Cachoeiro. Toda a área do município foi dividida em zonas, que indicam de que forma cada local poderá ser ocupado.

Leia Também:  Governo do Estado anuncia medidas para evitar majoração no preço do gás

Para isso, foram levados em conta as potencialidades de cada região e os anseios da população. Em alguns locais, por exemplo, a ocupação deverá ser restrita, por conta da presença de recursos naturais a serem preservados ou monumentos históricos. Já outros pontos serão direcionados para expansão urbana e instalação de empreendimentos.

Tanto a versão inicial, quanto a versão atualizada da proposta, aprovada pelo conselho diretor municipal, podem ser conferidas na página da Semurb, no site da Prefeitura de Cachoeiro, na aba “Revisão Plano Diretor Municipal”.

“As alterações presentes no novo PDM são muito positivas e irão impactar, diretamente, os setores econômicos de Cachoeiro. Estamos buscando, cada vez mais, tornar Cachoeiro de Itapemirim uma referência em desenvolvimento urbano”, completou o secretário.

Última audiência pública

A quinta audiência pública sobre o processo de revisão e atualização do Plano Diretor Municipal (PDM) de Cachoeiro de Itapemirim será realizada em 4 de novembro, às 19h, pela internet. Para participar, será preciso fazer um pré-cadastro, que poderá ser acessado por meio de um banner na página inicial do site da Prefeitura de Cachoeiro (www.cachoeiro.es.gov.br).

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

Unimed Sul Capixaba entre as melhores empresas para trabalhar no Espírito Santo

Publicados

em

Pelo segundo ano consecutivo, a Unimed Sul Capixaba integra o ranking Melhores Empresas para Trabalhar no Espírito Santo, reconhecimento da consultoria Great Place to Work (GPTW) em parceria com a ABRH-ES e o Instituto Euvaldo Lodi (IEL-ES). A cerimônia de premiação ocorreu nesta quinta-feira (02), em formato on-line, com a cooperativa conquistando o terceiro lugar na classificação.

Os critérios para a premiação compreenderam duas etapas: pesquisa quantitativa com os funcionários, com a participação de mais de 600 colaboradores da Unimed Sul, e análise das práticas desenvolvidas pela cooperativa (práticas culturais), especialmente, em aspectos relacionados à liderança e ao sentimento de pertencimento.

Em 2020, a Unimed Sul chegou a quarta colocação na premiação. Desta vez, a evolução na pontuação, que chegou a 91 pontos, foi a responsável pelo avanço da cooperativa, que subiu uma posição no ranking. “Quando você já faz um trabalho integrado, que leva em conta os aspectos do negócio e os fatores humanos, os resultados aparecem e se sustentam”, afirma o gerente de Gestão de Pessoas e Serviços da Unimed Sul Capixaba, Atílio Peixoto.

Leia Também:  Prefeitura de Cachoeiro disponibilizará ponto de vacinação contra Covid-19 na Exposul RaízES

O gestor destaca que, uma das premissas da cooperativa para evoluir no ranking é o “ser humano no centro”, considerando clientes, cooperados e colaboradores como  parte desse processo. “Ao mesmo tempo, temos trabalhado uma maior percepção da liderança para estar mais próxima ao colaborador”, acrescenta.

Outras iniciativas da Unimed Sul Capixaba que contribuíram para o ótimo resultado no ranking incluem projetos para promover o desenvolvimento profissional e pessoal dos colaboradores, como o CHAS Conexões – uma feira de empreendedorismo; o Programa Alavanca – para o desenvolvimento de carreiras e protagonismo profissional; o Programa Nossa História, de reconhecimento aos colaboradores com mais tempo de casa;  Programa de Educação Financeira, além do estímulo à formação continuada por meio de cursos de graduação e pós-graduação.

“Ser reconhecida como uma das melhores empresas para trabalhar no Espírito Santo reflete um grande trabalho desenvolvido desde a diretoria, superintendentes, gerentes, e demais lideranças, até cada um dos colaboradores, com o olhar voltado para o ser humano. Isso quer dizer que prezamos pelo cliente e também pelo cooperado e pelo colaborador, para que todos possam estar bem e felizes. Esse reconhecimento fortalece o olhar de que estamos no caminho certo”, finaliza Atílio Peixoto.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA