MINISTÉRIO PÚBLICO ES

São Gabriel da Palha chega aos 100% de tramitação digital dos procedimentos extrajudiciais

Publicados

em


.

A Promotoria de Justiça de São Gabriel da Palha passou para digital todos os procedimentos extrajudiciais físicos, transformando-os em autos eletrônicos. Além de trazer mais efetividade, trabalhar com autos digitalizados oferece mais facilidade e segurança para a atividade ministerial, sobretudo durante a atual pandemia do novo coronavírus. O uso de procedimentos na forma 100% digital reduz a possibilidade de transmissão da Covid-19, diante da inexistência de manuseio direto do papel ou contato presencial entre quem entrega e quem recebe os autos físicos.

O promotor de Justiça Hudson Colodetti Beiriz  elogiou o trabalho desenvolvido por todos, servidores e funcionários da Promotoria de Justiça, e a modernização da instituição. “Tendo a Promotoria de Justiça de São Gabriel da Palha uma elevada quantidade de procedimentos extrajudiciais em tramitação, foi necessário grande esforço por parte de todos, para que se chegasse ao patamar de 100% destes autos na forma eletrônica, o que certamente permitirá não só maior eficiência na consecução das atribuições da Promotoria de Justiça, mas também melhor acompanhamento e controle por parte dos interessados, o que é essencial num ambiente democrático”, disse.

Leia Também:  Após atuação do MPES empresa vai refazer serviços de recuperação de estradas de Apiacá

A evolução foi possível com os novos recursos disponíveis no Sistema de Gestão de Autos do Ministério Público Estadual (Gampes) e graças ao esforço de membros, servidores e colaboradores. A conversão para autos digitais está em sintonia com diretrizes evolutivas da Procuradoria-Geral de Justiça (PGJ), permitindo mais celeridade e transparência no trabalho desenvolvido pela instituição.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MINISTÉRIO PÚBLICO ES

MPES debate violência doméstica e familiar contra as mulheres e os impactos na saúde mental

Publicados

em


.

O Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES) realizará na sexta-feira (25/09), das 13h às 15 horas, um evento virtual com o tema “Violência Doméstica e Familiar contra as Mulheres e seus Impactos na Saúde Mental”. O objetivo do encontro é informar a respeito dos impactos à saúde mental decorrentes da violência doméstica e familiar contra as mulheres, bem como estimular a atuação integrada dos serviços da rede de atendimento às mulheres em situação de violência.

O evento será mediado pela coordenadora estadual do Núcleo de Enfrentamento à Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher (Nevid), promotora de Justiça Cristiane Esteves Soares; pela dirigente do Centro de Apoio Operacional de Implementação das Políticas de Saúde (Caops), promotora de Jusitça Inês Thomé Poldi Taddei; e pela dirigente do Centro de Apoio Operacional da Infância e Juventude (CAIJ), promotora de Justiça Valéria Barros Duarte de Morais.

As palestrantes serão as psicólogas Daniele Reis e Silva e Gláucia Rezende Tavares. Os temas abordados pelas convidadas serão “Promoção da saúde mental em mulheres vítimas de violência pela perspectiva do impacto do trauma” e “O luto do feminicídio – os reflexos do feminicídio no luto dos órfãos e ascendentes das vítimas e a importância das políticas públicas”, respectivamente.

Leia Também:  MPES e Governo pedem suspensão da lei de Colatina que reduz restrições sanitárias durante a pandemia

O evento é voltado para membros e servidores do MPES, gestores e técnicos da rede de atendimento às mulheres em situação de violência doméstica e familiar, agentes públicos do sistema de Justiça e da Segurança Pública.

Confira o cartaz

Clique aqui para se inscrever.

Clique aqui para acessar o curso na plataforma Teams (no dia do evento).

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA