Política

Rita Zanúncio é a única mulher a compor chapa para disputar prefeitura na Região Serrana

Publicado em

Por | 00.00.

Rita Zanúncio é a única mulher a compor chapa na disputa pela executivo municipal nas eleições de outubro, na Região Serrana do Estado. Ela é candidata a vice-prefeita de Venda de Venda Nova do Imigrante ao lado de Fernando Altoé que disputa o cargo de prefeito. Juntos, eles compõem a coligação “Juntos por Venda Nova”, composta pelos partidos PDT, PMDB, PSD, SD, PRP, PT e PEN.

As chapas dos candidatos a prefeito e vice são, exclusivamente, formada por homens nos municípios de Marechal Floriano, Domingos Martins, Conceição do Castelo, Brejetuba, Vargem Alta, Afonso Cláudio, Laranja da Terra, Santa Maria de Jetibá e Santa Leopoldina.

Rita aponta que uma das justificativas para a ausência de mulheres na disputa pelos cargos executivos se deve aos fatores históricos. “A mulher precisa romper essa questão um pouco mais. Já avançamos muito, mas nesse ponto de assumir cargos, chefias, e principalmente, um pleito político a mulher se retrai”, conta Rita.

Ela explica que topou compor a chapa com Fernando Altoé, por seu nome ter sido apontado pela comunidade e pelas lideranças locais. “Com isso me senti responsável. É muito gratificante ver o seu nome apontado pela comunidade e também muita responsabilidade. Tive o apoio de minha família, em especial, de minhas cinco filhas”, frisa Zanúncio.

Leia Também:  Delegado defende identificação de placa de moto em capacetes

Sua coligação está valorizando os gêneros e com representantes de várias gerações. “Venho somar ao Fernando e nosso grupo não está pautado em competição, mas sim em um equilíbrio entre homem e mulher na gestão da cidade. Estamos pautados na diversidade, tendo candidatos e candidatas a vereadores de várias idades”.

Sobre uma possível gestão, Rita salienta a importância de ajudar na condução da cidade com uma boa administração dos recursos existentes. “Nossa prefeitura foi a mais transparente do Estado. Vamos continuar trabalhando com seriedade, planejamento e transparência. O objetivo é mostrar competência, contemplando todas as áreas essenciais para a população”.

Rita Zanúncio tem afinidade com projetos de captação de recursos. Exemplo disso que ela participou, junto com Tiago Altoé, da elaboração do projeto para a construção do atual prédio da Pastoral da Saúde. “Recursos existem, mas temos que saber onde e como captá-los”, completa Rita.

A ausência de mulheres no cenário político de Venda Nova se contrapõe a presençafeminina marcante em vários setores no município. Como por exemplo, o setor de Agroturismo, onde muitas mulheres estão à frente dos negócios e na Associação das Voluntárias Pró-Hospital Padre Máximo.

Leia Também:  Vereadores de Cachoeiro visitam Câmaras de cidades vizinhas

Venda Nova nunca teve uma mulher no comando da prefeitura municipal, nem ocupando a função de vice. No Legislativo vendanovense, apenas três mulheres foram vereadoras, em 28 anos de emancipação política do município. Para essas eleições, 20 mulheres são candidatas a ocupar uma das nove vagas da Câmara Municipal.

Presença ativa na comunidade

Rita Zanúncio é economista doméstica, especialista em plantas medicinais e mestre em Ciência dos Alimentos. Há 21 anos em Venda Nova, trabalhou como extensionista rural do Incaper. Na sociedade, assessorou o grupo de fitoterapia da Pastoral da Saúde. É atuante na Festa da Polenta, onde implantou o “puxadinho da nonna”, local de produção de receitas tradicionais durante os dias do evento.

Além disso, a candidata contribuiu na implantação de várias agroindústria, bem como com assessorias e cursos de capacitação.  Tem ligação com o artesanato local e já foi instrutora do Senar. Desde 2006, tem participação na rádio FMZ com o quadro “Receitas do Dia”.

fonte Aqui Notícias

 

 

COMENTE ABAIXO:

Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Cidades

Prefeito de Marataízes exonera quatro secretários municipais e mais 15 comissionados

Published

on

O prefeito em exercício de Marataízes, Jaiminho Machado, exonerou, em uma canetada só, quatro secretários municipais.

A lista foi publicada no diário oficial desta sexta-feira (12).

Além deles, consta na lista João Antonio Neto, o Joãozinho, gerente de gestão, que estava lotado no gabinete e também já exerceu cargo em primeiro escalão.

Em importância menor dentro da escala administrativa, também foram exoneradas outras 15 pessoas, entre diretores e outros.

Todos os nomes exonerados foram nomeados pelo então prefeito afastado Tininho Batista e eram colaboradores desde o seu primeiro mandato como prefeito.

Um dos secretários exonerados é Robson Abreu Silva que respondia por três secretarias.

Confira os secretários exonerados:

ANDERSON GOUVEIA DE OLIVEIRA – SECRETÁRIO MUNICIPAL DE DEFESA SOCIAL E SEGURANÇA PATRIMONIAL

ROBSON SEYR – SECRETÁRIO MUNICIPAL DE ESPORTE E LAZER

ANTÔNIO CARLOS SADER SANT’ANNA –  SECRETÁRIO MUNICIPAL DE MEIO AMBIENTE

ROBSON ABREU SILVA – SECRETÁRIO MUNICIPAL DE PESCA E AQUICULTURA

ROBSON ABREU SILVA – SECRETÁRIO MUNICIPAL DE INFRAESTRUTURA DE INTERIOR

Leia Também:  Deputado quer empreendedores beneficiados em taxa de cartão de crédito

ROBSON ABREU SILVA – SECRETÁRIO MUNICIPAL DE AGRICULTURA, AGROPECUÁRIA E ABASTECIMENTO

JOÃO ANTONIO NETO – GERENTE DE GESTÃO ADMINISTRATIVA

COMENTE ABAIXO:
Continue Reading

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA