Saúde

Rio vacina contra gripe pessoas de grupos prioritários de 50 a 59 anos

Publicados

em

A cidade do Rio de Janeiro começou a vacinar nesta segunda-feira (9)

Imunização de grupos prioritários de 50 a 59 anos e trabalhadores da saúde contra a gripe vai até sábado na cidade do Rio. Secretaria diz que adesão à campanha é baixa.

. A vacinação desse grupo de pessoas vai até o próximo sábado (14). Também serão imunizadas pessoas de grupos incluídos nas semanas anteriores.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) divulgou nota em que chama a atenção para a baixa adesão à vacinação, mesmo com a proximidade do inverno. As infecções respiratórias, como a gripe, se disseminam com maior frequência em temperaturas mais baixas e ambientes menos ventilados.

De acordo com o observatório epidemiológico da cidade, apenas 39% dos idosos a partir de 60 anos e 17% das crianças entre 6 meses e 4 anos de idade foram vacinados até agora. A SMS reforça a gravidade da doença, que pode levar à morte.

A campanha contra a gripe termina no dia 3 de junho. Na próxima semana, serão imunizados os grupos prioritários com idade entre 40 e 49 anos. São considerados grupos prioritários quilombolas e comunidades indígenas, população privada de liberdade, pessoas com deficiência permanente, com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, além de trabalhadores da educação, do sistema prisional, das forças de segurança e salvamento, portuários, empregados no transporte rodoviário de passageiros urbano e de longo curso, caminhoneiros e integrantes das Forças Armadas.

Leia Também:  Ministério da Saúde inicia Pesquisa Nacional de Saúde Bucal

A SMS ressalta que não há necessidade de intervalo entre a vacina contra a gripe e a vacina contra a covid-19, a não ser para crianças de 5 a 11 anos com comorbidades. Nesses casos, será preciso aguardar um período de 14 dias entre as vacinas.

Pessoas que tiveram covid-19 devem aguardar pelo menos quatro semanas após o início dos sintomas ou do teste positivo, nos casos assintomáticos, para poder se vacinar. Caso a pessoa esteja com sintomas sugestivos de covid-19, a secretaria recomenda que procure uma unidade de saúde para fazer o teste e adie a vacinação contra a gripe até a recuperação clínica total.

*Sob supervisão de Vitor Abdala

Edição: Nádia Franco

Fonte: EBC Saúde

COMENTE ABAIXO:
Propaganda
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Saúde

DF anuncia quarta dose contra covid-19 para maiores de 35 anos

Publicados

em

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, anunciou, no início da noite de hoje (30), que a quarta dose da vacina contra a covid-19 estará disponível amanhã (1º) para a população maior de 35 anos. Além da idade mínima, é necessário ter tomado outra dose de reforço há pelo menos quatro meses. 

De acordo com a Secretaria de Saúde do DF, todas as regiões administrativas contam com postos de vacinação, totalizando 112 salas de vacinação, entre eles, 17 noturnos. A lista de unidades de Saúde pode ser consultada no site do órgão. 

Para conseguir vacinar, o cidadão deve apresentar documento de identidade com foto e o cartão de vacinação. O uso de máscara é obrigatório. 

Edição: Fábio Massalli

Fonte: EBC Saúde

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  OMS monitora nova variante que combina Ômicron e Delta
Continue lendo

BLOG DO ILAURO

POLÍTICA

POLÍTICA NACIONAL

ECONOMIA

CIDADES

BLOG DO ILAURO

MAIS LIDAS DA SEMANA